Relator da matéria é o senador Paulo Davim (PV-RN)

Os cirurgiões dentistas, servidores federais, foram beneficiados com uma emenda do senador Paulo Davim (PV-RN)  sugerida e aprovada na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado Federal, que é o relator dessa matéria. Nela, os cirurgiões terão a mesma jornada de trabalho dos médicos servidores federais, ou seja, 4 horas diárias ou 20 horas semanais e, se optarem por oito horas diárias, poderão ter o salário dobrado. A matéria agora seguirá para a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), onde será avaliada sua constitucionalidade.
Para o autor, senador Gim (PTB-DF), hoje existe uma quebra de isonomia entre profissionais da área de saúde que detêm o mesmo grau de conhecimento e especialização. Os dentistas estão submetidos a jornada de 30 horas semanais de trabalho, enquanto os médicos só têm 20 horas. Enquanto relator, Davim enfatizou que não justifica haver diferença de jornada entre essas duas categorias da saúde, já que são profissionais com formação e responsabilidades muito semelhantes.

Deixar um comentário