Nova Cruz/RN -

Arquivo do Autor

MEC lança identidade estudantil digital

O diretor de Tecnologia e Informação do MEC, Daniel Rogério, durante o lançamento do aplicativo da ID Estudantil

José Cruz/Agência Brasil

Por Pedro Peduzzi – Repórter da Agência Brasil  Brasília

Para obter o documento é necessário, antes de tudo, que a instituição de ensino à qual o estudante está vinculado insira os dados dele no Sistema Educacional Brasileiro (SEB), do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Governo reduz para R$ 1.031 estimativa de salário mínimo para 2020

Valor consta de mensagem modificativa do Orçamento

Refis

Agencia Brasil

Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil  Brasília

O novo valor do mínimo consta de mensagem modificativa do Orçamento de 2020 enviada hoje (26) pelo governo ao Congresso Nacional. Segundo Rodrigues, a queda da projeção se justifica pela redução das estimativas da inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) para o próximo ano.

A mensagem modificativa reduziu para 3,5% a estimativa para o INPC em 2020, meio ponto percentual a menos que a projeção de 4% que constava no projeto de lei do Orçamento. A previsão do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), usado como índice oficial de inflação, caiu de 3,9% para 3,5%.

A estimativa de crescimento para a economia, em contrapartida, aumentou de 2,17% para 2,32%. A estimativa para a cotação média do dólar no próximo ano aumentou de R$ 3,80 para R$ 4.

Ao anunciar a revisão das estimativas, Rodrigues destacou que a nova política para o salário mínimo só será decidida nas próximas semanas pelo presidente Jair Bolsonaro. O secretário de Fazenda, no entanto, diz que o valor servirá de referência para o Palácio do Planalto.

Eudiane Macedo assina ficha de filiação em grande evento do Republicanos

O Diretório Municipal do Republicanos Natal realiza no próximo sábado (30), a partir das 9h, no Espaço América, o lançamento da campanha #Filia10. O momento, marca o início de um conjunto de eventos e ações de filiações do Republicanos nos municípios potiguares. Na oportunidade, a deputada estadual Eudiane Macedo assinará ficha de filiação.

O evento contará com as presenças do presidente nacional Marcos Pereira, do presidente estadual Benes Leocádio e demais membros do partido.

“Estou muito feliz em estar chegando ao Republicanos, um partido onde fui muito bem acolhida. Chegamos pra somar e buscar, cada vez mais, a ampliação da participação das mulheres no partido e na vida pública”, afirmou a deputada Eudiane Macedo.

Governo forma mais 252 sargentos da Polícia Militar em Natal

Visualização da imagem

O Governo do Estado realizou nesta terça-feira, 26,a solenidade de formatura de 253 alunos do Curso Formação de Sargentos (CFS) da Polícia Militar. No total, a diretoria de ensino da Polícia Militar do RN está formando 413 sargentos que irão atuar na capital e em todo o interior do Estado.Com a conclusão do curso, os formandos ficam aptos para promoções a sargentos.

O CFS tem carga horária de 720 horas/aula e é condição básica para o cabo da Polícia Militar ingressar no quadro de acesso para a promoção à graduação de sargento. O curso contempla disciplinas como tiro policial, gerenciamento de crises, abordagem policial, capacitação em policiamento comunitário e direitos humanos.

Visualização da imagem

O governador em exercício, Antenor Roberto, participou da solenidade e parabenizou os concluintes. “Vocês estarão nas ruas para garantir a segurança da população. Estão todos de parabéns e preparados para exercerem as novas funções”, afirmou o governador que destacou o empenho da administração na valorização da segurança pública e dos seus profissionais. Ele citou a nova Lei que reestruturou as carreiras na Polícia Militar, o início, em janeiro próximo, do curso de formação de mil novos soldados para a PM e o lançamento de programa habitacional para os policiais, através da Companhia Estadual de Habitação (Cehab).

Antenor destacou também a iniciativa do Estado em integrar o Hospital Pedro Germano, da Polícia Militar, ao Sistema Único de Saúde. “É um grande reforço para o atendimento público de saúde. O Hospital vai realizar 400 cirurgias por mês melhorando o atendimento a toda a população”, afirmou.

Visualização da imagem

O governador ainda se referiu ao trabalho integrado entre todos os órgãos estaduais de segurança. “O Governo faz segurança de forma integrada e se relaciona com toda a sociedade através do Conselho Estadual de Segurança Pública que tem representantes da administração estadual, dos órgãos de segurança, poderes judiciário e legislativo, ministérios público estadual e federal, representações civis. E temos conseguido reduzir os índices de violência”, registrou.

O comandante da Polícia Militar, coronel Alarico Azevedo, disse que os sargentos assumem funções de comando e gestão. “A sociedade confia em cada um de nós da PM.Temos que retribuir isso. Vocês estão prontos, treinados e capacitados para intervir na resolução de conflitos.”

A solenidade no auditório da Escola de Governo em Natal contou também com a presença do deputado estadual coronel Azevedo; do secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesed), Francisco Araújo; secretário adjunto da Sesed, Osmir Monte; ex-comandante da PM, coronel Angelo Mário; tenente coronel Arthur Emílio, sub-diretor de Ensino da PM; tenente coronel Vilela, comandante do CFAPM; coronel Demócrito, sub-diretor de Saúde da PM; coronel Spinolla, diretor de finanças da PM e o subtenente Eliabe Marques, padrinho da turma.

Fotos: Sandro Menezes

Fies: termina dia 30 prazo de renovação para contratos feitos até 2017

Inscrição, Fies, educação

Marcello Casal Jr/ Agência Brasil

Por Mariana Tokarnia – Repórter da Agência Brasil  Rio de Janeiro

Os contratos do Fies devem ser renovados a cada semestre. O prazo, que terminaria no dia 31 de outubro foi prorrogado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que é responsável por esses contratos.

No caso dos chamados aditamentos simplificados, sem alterações no contrato, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema. Quando há, no entanto, mudanças nas cláusulas do contrato, como mudança de fiador, por exemplo, o aluno precisa levar a documentação comprobatória ao agente financeiro, que é o Banco do Brasil ou a Caixa Econômica Federal, para finalizar a renovação.

Novo Fies

Em 2018, o Fies foi reformulado e passou a vigorar o chamado Novo Fies. Os contratos firmados a partir desse ano têm prazos definidos pela Caixa. O Novo Fies tem modalidades que variam de acordo com a renda familiar. A modalidade Fies juro zero é voltada para os candidatos com renda mensal familiar per capita de até três salários mínimos. Nesse caso, o financiamento mínimo é de 50% do curso, enquanto o limite máximo semestral é de R$ 42 mil e é bancado pelo governo.

Além do juro zero, o Novo Fies oferece a modalidade P-Fies para candidatos com renda familiar per capita entre 3 e 5 salários mínimos. Nesse caso, o financiamento é feito por condições definidas pelo agente financeiro operador de crédito, que pode ser um banco privado ou fundos constitucionais e de desenvolvimento.

Inadimplência de alunos é de 5,9% no 1º semestre, revela pesquisa

No ensino superior, índice é menor: 4,9%

economia ilustração 2

Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Por Ludmilla Souza – Repórter da Agência Brasil  São Paulo

É o que revela pesquisa da empresa Serasa Experian. No acumulado entre janeiro de 2014 e junho de 2019, o total de negativações nos três níveis escolares é 20,8% maior de quando o indicador foi iniciado. Universitários têm maior porcentagem de dívidas não pagas: 47,2%.

Segundo o economista da Serasa Luiz Rabi, a queda dos últimos dois anos pode ser explicada porque o país começou a sair da recessão, mas o aumento durante o primeiro semestre tem relação direta com inflação dos quatro meses de 2019.

“Esse fator fez com que os índices de inadimplência aumentassem, batendo recordes durante todo o primeiro semestre. O aumento afeta todos os segmentos, e não seria diferente com as escolas particulares”, afirmou.

PARNAMIRIM:Câmara Municipal homenageia doadores de sangue

No dia nacional do Doador de Sangue – celebrado nessa segunda-feira(25) – a Câmara Municipal de Parnamirim realizou sessão solene para homenagear 25 doadores de sangue. A ação, de propositura da vereadora Ana Michele, reuniu membros da Associação dos Doadores de Sangue e Medula Óssea de Natal e Região Metropolitana (ADOSAN).

Ana Michele presidiu a solenidade. Ela ressaltou a importância da casa legislativa realizar a homenagem. “É o nosso segundo ano que estamos aqui reverenciando quem salva e doa vidas todos os dias. Pois, sangue é vida”, enfatizou a vereadora propositora da solenidade.

O presidente da ADOSAN, Paulo Néris, foi um dos homenageados. Ele agradeceu a homenagem feita pela Câmara de Parnamirim e cobrou a vinda de uma coleta fixa de sangue no município. “Desde 2004 a ADOSAN vem desempenhando um papel de conscientização sobre a importância de ser doador de sangue, possuindo mais de 21 mil doadores cadastrados em todo o estado. Se faz necessário que Parnamirim receba um ponto de coleta para que os doadores daqui não precisem se deslocar e possa ajudar a quem esteja precisando”, disse.

Na oportunidade, os doadores com destaque no número de doações no Rio Grande do Norte foram homenageados com certificados em reconhecimento aos relevantes atos de solidariedade ao próximo.

Confira os homenageados:

Adriana Márcia Duarte

Adriano Henrique de Araújo

Almir César Costa

Cledson Clélio da Silva

Damiana Bezerra Miguel

Elenildo de Lima da Silva

Fagner do Nascimento Alves

Francisco Canindé França

Gerson Farias da Rocha Filho

Joás da Costa Lima

José Fabiano Costa

José Lima de Azevedo

Joyce de Carvalho

Liliane Lira Raposo

Marconi Ribeiro do Nascimento

Marcos Rogério Dias Pereira

Maria Auxiliadora Siqueira

Marlos Felipe Ferreira

Pablo Cosme Oliveira

Paulo Luiz de Lima Neris

Fonte:Blog do BG

REGIÃO CENTRAL: EZEQUIEL QUER RECURSOS PARA SEGURANÇA, EDUCAÇÃO E INFRAESTRUTURA

A região Central do Rio Grande do Norte foi alvo de uma série de requerimentos apresentados pelo deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa. O parlamentar quer investimentos em segurança, educação e infraestrutura.

Ezequiel solicitou as reformas das escolas estaduais Francisco de Oliveira Cabral, Olímpio de Moura e Pedro II, todas localizadas no município de Lajes. “As instituições estão em insatisfatórios estados de conservação, com rachaduras nas paredes, goteiras no telhado e com a parte elétrica e hidráulica deterioradas”, argumenta o deputado.

Outro requerimento pede o aumento do efetivo militar e melhorias na estrutura da Polícia Civil para Lajes. O presidente da Assembleia Legislativa afirma que a “sociedade está atormentada por uma verdadeira sequência de assaltos. A população sofre com o número baixo de policiais”.

O deputado ainda apresentou requerimento com o objetivo de sugerir a realização de um convênio entre o município de Lajes e o Governo do Rio Grande do Norte para a pavimentação e drenagem de ruas. “Ações para valorização dos imóveis e para a integração da comunidade”, completou.

Secretário admite atrasar o 13º salário no RN

O Governo do Rio Grande do Norte vai pagar o salário de dezembro de 2019 dentro do mês, mas ainda faz um “esforço” para que o 13º salário entre na conta dos servidores ainda neste ano. Caso não consiga, o valor estará disponível já no início de janeiro, segundo afirmou o secretário de Planejamento, Aldemir Freire, nesta segunda-feira (25) em entrevista ao Bom Dia RN, da InterTV Cabugi.

O problema, de acordo com Aldemir, é que o governo federal informou aos estados e municípios que enviará os recursos da cessão onerosa no dia 30 de dezembro – último dia de funcionamento dos bancos no ano. A depender do horário de entrada do recurso, é possível que parte dos servidores só recebam o valor do dia 2 de janeiro em diante.

“Nós estamos fazendo todo o esforço para pagar integralmente o 13º de 2019 ainda dentro de 2019. Vamos fazer um esforço para que a gente consiga repassar na própria segunda-feira (30). É óbvio que não depende exatamente da gente, porque tem toda uma burocracia de transferência para o estado e depois o próprio processo de pagamento dos servidores, que leva um pouco de tempo, pelo processamento bancário. Mas a nossa intenção é efetuar todo o pagamento em 2019. caso não, uma parte pode ser logo no início de janeiro. Uma parte. Tudo depende do horário que esse recurso vai entrar”, reforçou.

G 1 (RN)

DIRETOR DE GESTÃO TECNOLÓGICA DA AL É O NOVO MEMBRO DA UNALE

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte conta com mais um representante em instituição de âmbito nacional. O servidor Mário Sergio Gurgel, diretor de Gestão Tecnológica da Casa, foi eleito diretor-assistente da Rede Legislativa de Governança e Gestão (Regov), ligada à União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale). O pleito aconteceu durante a 23ª Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (CNLE), que aconteceu de 20 a 22 de novembro, em Salvador/BA.

“A Regov possui cinco diretores, com mandatos de dois anos. Um diretor-executivo, do Senado Federal, e quatro diretores-assistentes, advindos das Assembleias Legislativas. Nessa eleição fomos eleitos eu, um colega de Minas Gerais, um de Goiás e uma diretora de Rondônia”, detalhou Mário Sergio.

De acordo com o novo diretor-assistente, a função principal do órgão é definir, implantar e disponibilizar modelos de governança e gestão para todas as Assembleias e Câmaras Legislativas do Brasil. “Para atingir seus objetivos, a Rede promove dois ou três encontros anuais dos seus integrantes, a depender das demandas, para os quais são convidados representantes de cada Assembleia Legislativa, a fim de contribuir com as discussões”, explicou.

O diretor de Gestão Tecnológica da ALRN atribuiu sua eleição a um trabalho em equipe de longa data. “A gente já vem, há algum tempo, contribuindo com o Governo Federal em algumas inciativas. Além disso, a Assembleia Legislativa do RN vem desenvolvendo trabalhos que lhe credenciam a ter representantes em diversas instituições ligadas à Unale, não apenas na Regov. E isso é excelente para nós. É muito importante ter essa representatividade a nível nacional”, destacou o diretor.

Mário Sergio frisou que, ao assumir o cargo, espera colaborar com melhorias para a Assembleia Legislativa do Estado. “Pretendo trazer para a Casa tudo que for discutido pela Regov, desde que os projetos tenham o apoio de todos e que sejam possíveis de implantar aqui”, concluiu ele.

A mesma eleição que elegeu o servidor como membro da Rede, automaticamente colocou o diretor geral da Casa, Augusto Viveiros, como Conselheiro da Regov.

Inclusão social agrega valor aos cafés especiais

Rede produtiva pode ter também sustentabilidade ambiental e econômica

Café é apresentado durante feira em Belo Horizonte

Nitro Historias Visuais/Divulgação

Por Gilberto Costa – Enviado especial a Belo Horizonte  Brasília

A produção do café tem diferenciais que tornam a bebida especial. O fruto é orgânico. Os pés de café são cultivados na floresta junto a bananeiras e castanheiras, e não recebem nenhum defensivo agrícola ou aditivo químico. A colheita é feita pelas mãos dos indígenas. Também não há uso de máquinas para a lavagem dos grãos, secagem e seleção.

“Tem muito preconceito contra os povos indígenas nesse mercado, mas nós produzimos e tratamos esse café como se fosse a floresta”, defende Henrique Suruí, cacique geral do povo da reserva sete de setembro.

O cacique esteve em Belo Horizonte, durante a Semana Internacional do Café, a principal feira do produto na América Latina, para acompanhar produtores indígenas entre eles, Wilson Nakodah Surui, da aldeia Kabaney, premiado durante o evento.

Etnia de Roraima vai produzir café em parceria com maior marca brasileira
Etnia de Rondônia vai produzir café em parceria com maior marca brasileira – Funai/Divulgação/Direitos Reservados

O modo dos indígenas cuidam do café tem reconhecimento no mercado em honrarias e em dinheiro. Em Cacoal (RO), cidade mais próxima da terra indígena, a saca do café do grão do tipo canéfora (plantado no estado) foi negociada este ano a R$ 300. As 1.500 sacas dos Suruí de Rondônia foram vendidas por R$ 600, o dobro do preço.

Flamengo rico, enfim, colhe frutos de reestruturação financeira

Deu no Blog do BG

Campeão do Brasileiro e da Copa Libertadores, o Flamengo finalmente colheu os primeiros frutos polpudos da reestruturação financeira pela qual passou nesta década. Após um período de contenção de gastos, o clube ganhou um poder de investimentos bem superior ao da maioria dos concorrentes, mas não vinha transformando essa capacidade em conquistas expressivas.

Com o elogiado elenco montado para a temporada 2019 e o também aclamado trabalho do treinador português Jorge Jesus, vieram as primeiras grandes taças. A principal delas foi erguida pelo presidente Rodolfo Landim, no Peru, mas a mudança começou com seu antecessor, Eduardo Bandeira de Mello.

Símbolo do Flamengo de saúde financeira e de decepções na busca pelos principais objetivos esportivos, Bandeira de Mello assumiu o clube em 2013 e encontrou situação complicada. Acumulou frustrações em campo e foi criticado pela condução do departamento de futebol, mas, ao fim de seu segundo mandato, no final de 2018, entregou a agremiação a Landim em outro estado.

No início do primeiro mandato, o último presidente rubro-negro teve de lidar com uma dívida de R$ 741 milhões (R$ 1 bilhão, em valores atuais, corrigidos pelo IPCA). Embora a equipe tenha vencido a Copa do Brasil naquele ano, ficou claro que a prioridade era equacionar as dívidas e começar a pagá-las, o que limitou bastante os investimentos no futebol.

O faturamento começou a escalar ainda em 2013, porém foi só em 2015 que uma parcela maior do dinheiro passou a ser destinada ao carro-chefe do clube –foi nessa temporada que chegou o centroavante peruano Paolo Guerrero. O primeiro momento foi de contenção de gastos, o que acabou sendo produtivo no longo prazo.

“Outros clubes tiveram crescimento de receitas, com venda de atletas, mas optaram por gastar na atividade [futebol]. Essa é a grande diferença do Flamengo. Enquanto o clube se organizou pensando no futuro, outros pensaram no presente”, disse o economista Cesar Grafietti, consultor do Itaú BBA, que analisou as finanças dos 20 times da Série A do Brasileiro.

No fim do exercício de 2018, a dívida do Flamengo já havia caído para R$ 469 milhões. Embora o valor possa ser considerado alto, é bem menor, por exemplo, do que o apresentado pelo rival Botafogo (R$ 730 milhões). Em 2018, para cada R$ 1 de receita gerada, houve endividamento de R$ 0,87. O superavit foi de R$ 45,8 milhões, o que mostra a situação sob controle.

Outro fator importante é a composição da dívida. Dos R$ 469 milhões, são R$ 305 milhões em dívidas tributárias, e elas estão equacionadas por meio do Profut (Programa de Modernização da Gestão de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro), implementado pelo governo federal em 2015. Com a dívida com a União parcelada em 20 anos, o clube pôde sanar dívidas bancárias e trabalhistas.

“O endividamento de hoje não é nocivo ao caixa, como empréstimos a curto prazo”, afirmou Pedro Daniel, diretor executivo da empresa de auditoria EY.

Foi essa saúde que permitiu ao Flamengo fazer GRANDES investimentos para o elenco nesta temporada. Nas chegadas de Rodrigo Caio, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol, de acordo com balancete do primeiro semestre, foram gastos R$ 135,8 milhões. Depois, ainda chegariam os laterais Rafinha e Filipe Luís e o meio-campista Gerson.

A folha salarial, incluindo os gastos com a comissão técnica de Jorge Jesus, é de R$ 8 milhões, valor que não inclui os direitos de imagem. E todo o investimento desta vez teve retorno esportivo, o que não vinha ocorrendo nos anos anteriores.

Na última década, a única conquista que havia superado o nível estadual tinha sido a Copa do Brasil de 2013. Na Copa Libertadores, multiplicaram-se os fracassos precoces. No Brasileiro, o máximo foi o vice-campeonato de 2018, oito pontos atrás do campeão Palmeiras.

Eduardo Bandeira de Mello só pôde colher como torcedor os frutos que plantou como presidente, algo que ele fez sorridentemente no triunfo sobre o River Plate (ARG), em Lima. Pagou do próprio bolso a viagem e o ingresso, já que o atual presidente, que já foi de seu grupo político, tornou-se seu desafeto.

FOLHAPRESS

Petrobras aumenta preço do gás de cozinha em 4% a partir de segunda-feira

A Petrobras informa que o preço do gás de cozinha (GLP) residencial e empresarial será elevado na próxima segunda-feira (25). De acordo com nota da estatal, o GLP P-13, para botijão de até 13 quilos, o aumento médio nas distribuidoras será 4%.

Já a alta média do preço do GLP industrial/comercial será de 0,6%. Desta forma, explica, os preços para ambos segmentos serão igualados.

Trata-se do segundo aumento consecutivo em um mês. No dia 21 de outubro, o aumento anunciado do preço do GLP residencial ficara entre 4,8% e 5,3%, enquanto a elevação no valor do GLP empresarial fora de 2,9% a 3,2%. O gás de cozinha tem alta acumulada de quase 5% este ano.

Agência Estado

PROFESSOR DE EXTREMOZ DESENVOLVE PROJETO “REAPROVEITANDO O LIXO ELETRÔNICO E TRANSFORMANDO EM ARTES”

O Lixo Eletrônico ou Lixo Tecnológico nada mais é do que todo resíduo material presente em aparelhos eletrônicos que são qualificados como sem utilidade e que são descartados, podendo gerar danos ao meio ambiente, assim como a saúde dos seres vivos, devido a presença de alguns metais pesados como: chumbo, mercúrio, cádmio. Estes são uns dos principais danos ambientais causados pelo lixo eletrônico ao meio ambiente, pois tratam-se de substâncias altamente poluentes e que afetam tanto a qualidade do solo quanto da água, dos rios e dos lençóis freáticos.

Danos à saúde pública

Embora não seja uma consequência ambiental propriamente dita, este problema está diretamente relacionado ao descarte incorreto do lixo eletrônico, porque a poluição causada pelo descarte errado desse tipo de lixo pode causar danos à saúde da população que vive no entorno dos aterros sanitários ou que vivem da seleção dos resíduos destinados aos mesmos.

Então, com o objetivo de despertar a importância do descarte correto desse tipo de lixo e ainda no intuito de reaproveitar e transformar o lixo em artes. O professor Lindemberg Caridade conterrâneo da cidade mais precisamente do distrito de Estivas junto com alunos do Centro Estadual de Educação Profissional Prof. Hélio Xavier de Vasconcelos – CEEP de Extremoz, tocaram esse projeto semanalmente e foram expostos no dia 20/11/2019 todas as criatividades desenvolvidas com o uso do lixo eletrônico e que teve a cobertura da TV PONTA NEGRA e noticiado no Programa Notícias da Manhã RN do dia 21/11/2019.

A importância do descarte correto

No intuito de evitar os danos causados pelo lixo eletrônico, na minha opinião não há outro caminho que não seja investir no descarte correto e em projetos e/ou programas de reciclagem que induzam todas as pessoas e instituições/órgãos envolvidos na vida útil dos equipamentos. Diz o Professor Lindemberg Caridade. Precisamos ajudar a  evitar os danos causados pelo lixo eletrônico ao meio ambiente, pois se trata de um método difícil, em específico porque muitas empresas fornecedoras desses tipos de equipamentos eletrônicos ainda não têm programas de logística reversa verdadeiramente ativas.

            Dessa forma, quero agradecer aos colegas profissionais que fazem parte do CEEP de Extremoz, aos queridos alunos e as pessoas de um modo geral que direta e indiretamente contribuíram, para com o projeto RESET, pois jamais conseguiria sozinho. Sempre penso: é melhor uma esperança tardia do que um desengano sempre!

Fonte:Tribuna de Notícias

É CAMPEÃO!!!! Flamengo vira com dois gols no fim e conquista a Libertadores

Foto: Reuters

Com um gol de Borré, aos 14 minutos de jogo, e dois  de Gabigol, aos 43 e 46 do segundo tempo, o Flamengo vai vencendo o River Plate na grande final da Libertadores , no Estádio Monumental , em Lima, no Peru. A partida está no segundo tempo. Enquanto os rubro-negros buscam o segundo título no torneio (o primeiro foi em 1981), os argentinos tentam erguer a taça pela quinta vez. A mais recente foi em 2018. As outras, em 1985, 1996 e 2015.

O Flamengo por muito pouco não empatou aos 11 da etapa final. Bruno Henrique fez ótima jogada pela esquerda e tocou para trás. Gabigol chutou, a bola explodiu na defesa e, na volta, Armani pegou finalização de Everton Ribeiro. Os jogadores do Fla chegaram a pedir pênalti na finalização de Gabigol, mas o árbitro mandou o jogo seguir.

Fonte:Blog do BG

Libertadores: Flamengo e River protagonizam final inédita e histórica

Competição tem sua primeira decisão em jogo único

Por Fábio Aguiar Lisboa – Jornalista da TV Brasil  Rio de Janeiro

Flamengo e River Plate, Libertadores

Neste sábado (23), a partir das 17h (horário de Brasília), Flamengo e River Plate, da Argentina, escreverão mais uma página da longa história de conquistas e glórias do futebol sul-americano, pois protagonizam uma final inédita de Copa Libertadores da América no Estádio Monumental de Lima (Peru).

O ineditismo do jogo está no fato de as duas equipes se enfrentarem pela primeira vez na decisão da competição. E a importância histórica se dá porque esta é a final de número 60 da Libertadores, torneio que pela primeira vez terá uma final em partida única.

Finais entre Brasil e Argentina

Uma decisão de Libertadores entre um time do Brasil e outro da Argentina não é uma novidade na história da competição. Elas já aconteceram em 14 oportunidades, com cinco vitórias brasileiras e nove argentinas. O Flamengo nunca esteve nesta situação, enquanto o River já encontrou um time brasileiro em confrontos decisivos, foi no ano de 1976, quando o Cruzeiro acabou campeão.

Soccer Football - Brasileiro Championship - Flamengo v Bahia - Maracana Stadium, Rio de Janeiro, Brazil - November 10, 2019 Flamengo's Gabriel celebrates scoring their third goal REUTERS/Sergio Moraes
Atacante Gabriel Barbosa é uma das esperanças de gol do Flamengo – Reuters/Sergio Moraes/Direitos Reservados

Na única final que alcançou até então, no ano de 1981, o Flamengo teve como adversário o Cobreloa (Chile). Naquela ocasião o título ficou com os rubro-negros.

Já o atual campeão River chega a sua sétima decisão. Além da final deste ano e da derrota para o Cruzeiro em 1976, os millonarios (alcunha pela qual a equipe argentina é conhecida) já conquistaram quatro Libertadores: 1986 e 1996 sobre America de Cali (Colômbia), 2015 sobre o Tigres (México) e 2018 sobre o Boca Juniors (Argentina). Em 1966 estiveram na sua primeira decisão, na qual acabaram derrotados pelo Peñarol (Uruguai).

Flamengo x River

O rubro-negro carioca e os millonarios já se enfrentaram em quatro oportunidades na história da Libertadores. No ano de 1982, em uma semifinal em formato triangular que também contava com o Peñarol, o Flamengo derrotou o River Plate em duas oportunidades, por 3 a 0 jogando em Buenos Aires, e por 4 a 2 atuando no Rio de Janeiro.

As duas outras partidas aconteceram em 2018 pela fase de grupos da competição. Elas terminaram empatadas, 2 a 2 no Rio de Janeiro e 0 a 0 em Buenos Aires.

60 decisões de Libertadores

A Libertadores teve sua primeira edição em 1960, com título ficando com o Peñarol. Em 59 decisões já realizadas a Argentina tem o maior número de títulos, com 25. O segundo país com mais conquistas é o Brasil, com 18. E a terceira posição no ranking é do Uruguai, com 8 vitórias.

Entre os brasileiros os maiores vencedores são: São Paulo, Grêmio e Santos (com 3 conquistas cada). Internacional e Cruzeiro aparecem com 2 títulos cada um, enquanto Flamengo, Palmeiras, Vasco da Gama, Atlético Mineiro e Corinthians conseguiram vencer uma final cada.

Soccer Football - Copa Libertadores - Quarter Final - Second Leg - Cerro Porteno v River Plate - General Pablo Rojas Stadium, Asuncion, Paraguay - August 29, 2019 River Plate players applaud fans after the match REUTERS/Jorge Adorno
River Plate busca o seu quinto título da Copa Libertadores – JORGE ADORNO

Jogo único

Pela primeira vez na história a final será disputada em um jogo único realizado em sede escolhida de forma antecipada pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol).

Esta mudança causou muita polêmica, em especial após o anúncio da troca do local do jogo por causa de protestos que tomam conta da cidade de Santiago do Chile, sede escolhida inicialmente para receber a final.

Agora, Lima recebe a final entre Flamengo e River com a expectativa de um jogo que entre para o panteão de grandes momentos da história do futebol sul-americano.

Você acompanha Flamengo e River Plate, na Rádio Nacional (1330 AM), no próximo sábado a partir das 15h30 (horário de Brasília).

TVs e celebridades prestam homenagem a Gugu Liberato

A trágica notícia da morte de Gugu Liberato comoveu amigos e celebridades, que prestaram sua homenagem ao apresentador e relembraram momentos marcantes ao lado dele. “Um talento que vai deixar saudades nos apaixonados pela televisão”, escreveu o perfil da Rede Globo no Instagram.

Em comunicado oficial à imprensa, a Record TV, onde Gugu atuava, relembrou a trajetória dele na emissora e ressaltou: “A Record TV teve a honra de contar com o talento de Gugu Liberato na sua programação ao longo de dez anos.

Na tela da emissora, ele levou ao público diversão, humor, grandes entrevistas e muita emoção. Profissional versátil, transitou em diversos gêneros com uma desenvoltura ímpar, realmente única na televisão brasileira”

Confira a aqui: GloboSBTRecord e celebridades prestam homenagem a …

Fonte:Blog Robson Pires

MEC anuncia 54 escolas selecionadas para o programa cívico-militar

Por Pedro Peduzzi – Repórter da Agência Brasil  Brasília

O Ministério da Educação anunciou hoje (21) a localização das 54 escolas públicas selecionadas para o Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares em 2020. Destas, 38 são escolas estaduais e 16 municipais, localizadas em 23 estados e no Distrito Federal.De acordo com a pasta, cerca de 1.000 militares, tanto da reserva como da ativa, vão participar do projeto-piloto, atuando na gestão educacional das instituições. Segundo o ministro da Educação, Abraham Weintraub, a escolha das escolas levou em conta a localidade, a partir de “uma equação com variáveis com base em critério absolutamente técnico”.Ouça na Rádio Nacional:“São as primeiras 54 escolas cívico-militares. Começam a funcionar já na volta às aulas. É um modelo que a gente acredita que vai ter amplo sucesso no Brasil. Nossa meta é ambiciosa e vamos ajustar esse método”, disse o ministro.Os critérios foram detalhados pelo secretário de Educação Básica do MEC, Jânio Carlos Macedo. Segundo ele, foram priorizadas escolas em capitais e regiões metropolitanas em função do acesso a um número maior de estudantes.“É fundamental que qualquer modelo educacional possa trazer a possibilidade de atender a maior quantidade possível de estudantes para reduzir cada vez mais a distorção que existe entre regiões. Quando você faz a escolha por um município que tem uma grande população, obviamente você pode beneficiar uma quantidade maior de alunos”, disse o secretário.Entre as escolas escolhidas, 19 estão localizadas na Região Norte; 12 na Região Sul; 10 na Centro-Oeste; 8 no Nordeste; e 5 no Sudeste. Piauí, Sergipe e Espírito Santo ficaram de fora. Cada escola receberá R$ 1 milhão do governo, o que totaliza R$ 54 milhões em recursos.

Parte dos recursos (R$28 milhões) terá como destino o Ministério da Defesa, a quem caberá arcar com os pagamentos dos militares da reserva das Forças Armadas. O restante (R$ 26 milhões) vão para o governo local, para serem aplicados nas infraestruturas das unidades, materiais escolares e reformas.

Disciplina

A questão da disciplina foi destacada pelo subsecretário de Fomento às Escolas Cívico-Militares, coronel Aroldo Ribeiro Cursino, como forma de melhor aproveitar o tempo dedicado às aulas. “Se você verificar, há pesquisas que apontam que cerca de 30% do tempo em sala de aula não é utilizado por falta de silêncio ou controle da turma. Então, a disciplina será uma ferramenta, mas não será a essência principal. Ela é um meio. O principal objetivo é o aluno e a gestão, para que possamos formar de maneira integral esse jovem”, disse o subsecretário.

“O que se espera é um comportamento que preze um melhor tratamento do professor, dos colegas, e de respeito aos símbolos nacionais. Na nossa época, tínhamos [a disciplina de] Educação Moral e Cívica. A gente aprendia esses respeitos. A gente assiste filmes de outros países e vê respeito da população aos símbolos nacionais. Uma das coisas que a escola cívico-militar tenta ressuscitar e trazer à tona é essa questão”, complementou Macedo.

Confira a lista

Acre: Cruzeiro do Sul e Senador Guiomard

Amapá: duas escolas em Macapá

Amazonas: duas escolas em Manaus e outra indicação do estado

Pará: Ananindeua, Santarém e duas escolas em Belém

Rondônia: Alta Floresta d’Oeste, Ouro Preto do Oeste e Porto Velho

Roraima: Caracaraí e Boa Vista

Tocantins: Gurupi, Palmas e Paraíso

Alagoas: Maceió

Bahia: Feira de Santana

Ceará: Sobral e Maracanaú

Maranhão: São Luís

Paraíba: João Pessoa

Pernambuco: Jaboatão dos Guararapes

Rio Grande do Norte: Natal

Distrito Federal: Santa Maria e Gama

Goiás: Águas Lindas de Goiás, Novo Gama e Valparaíso

Mato Grosso: duas escolas em Cuiabá

Mato Grosso do Sul: Corumbá e duas escolas em Campo Grande

Minas Gerais: Belo Horizonte, Ibirité e Barbacena

Rio de Janeiro: Rio de Janeiro

São Paulo: Campinas

Paraná: Curitiba, Colombo, Foz do Iguaçu e outra indicação do estado

Rio Grande do Sul: Alvorada, Caxias do Sul, Alegrete e Uruguaiana

Santa Catarina: Biguaçu, Palhoça, Chapecó e Itajaí

 

LEGISLATIVO POTIGUAR HOMENAGEIA DOADORES E PARCEIROS DA CAMPANHA LENÇO SOLIDÁRIO

A Assembleia Legislativa do RN promoveu sessão solene, na tarde desta quarta-feira (20), para homenagear as pessoas e instituições que contribuíram com a campanha Lenço Solidário. O evento, proposto pelos deputados Kelps Lima (SDD) e Cristiane Dantas (SDD), teve por objetivo celebrar a dedicação e solidariedade dos participantes que, por mais um ano, tornaram a campanha realidade.

“Abraçar campanhas de prevenção contra o câncer, como o estímulo à realização de mamografias, é de suma importância. Da mesma forma, é relevante estender a mão e apoiar as mulheres que vivenciam a estatística de luta contra uma doença que afeta especialmente a essência feminina, já que muitas passam a conviver sem as mamas e, necessariamente, perdem os cabelos ao longo do tratamento quimioterápico. Daí vem a nobreza da campanha Lenço Solidário, pela qual parabenizo o nosso Solidariedade Mulher”, destacou Cristiane Dantas.

Falando especificamente sobre as doações, a parlamentar disse que “é preciso, sim, falar da grandeza do ato”. “Para alguns pode ser apenas a doação de um pedaço de tecido, mas esta simples medida faz a diferença para a autoestima de muitas mulheres em tratamento contra o câncer de mama, assim como das crianças que também lutam contra essa cruel doença e irão ganhar perucas temáticas para iluminar os rostos e sorrisos. O lenço enfeita e dá esperança a todas elas”, enfatizou Cristiane.


Leia Mais

Com agendas nos ministérios da Economia e Educação da Alemanha, governadores encerram missão na Europa

Visualização da imagem

A primeira missão internacional dos governadores do Nordeste foi encerrada nesta sexta-feira (22), em Berlim. Como último compromisso na Europa, eles estiveram nas sedes dos Ministérios da Economia, Educação e Cooperação e Desenvolvimento da Alemanha, onde explicaram o funcionamento do Consórcio Nordeste. Ampliar o fluxo de negócios com investidores europeus e fortalecer as relações de cooperação foram os principais objetivos da viagem.

Visualização da imagem

Visualização da imagem

Na passagem por Paris, Roma e Berlim, o consórcio destacou o potencial de consumo e de desenvolvimento do Nordeste, que reúne 57,1 milhões de habitantes e tem um Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 898,1 bilhões, equivalente a 14% do PIB brasileiro.

Tanto no Ministério da Economia como no da Cooperação e desenvolvimento Econômico, em Berlim, nesta sexta-feira, a questão ambiental foi destacada pelos gestores alemães.

“Temos muitas empresas com experiências nos setores de saneamento e energias limpas que podem se interessar por projetos no Nordeste. Queremos fazer uma parceria com vocês nessas áreas. Para nós é importante a preservação da Floresta Amazônica para aceitação desses projetos com o Brasil”, explicou o secretário de Estado do Ministério da Economia, Ulrich Nussbaum.

O diretor para a América Latina do Ministério de Cooperação Econômica e Desenvolvimento, Volker Oel, ouviu dos governadores os projetos que gostariam de contar com apoio e também falou sobre questões ambientais. “Sabemos que a proteção do clima e das florestas tropicais é uma das temáticas mais importantes. Temos muito interesse em cooperar com o consórcio, em ações como a proteção ambiental. Sabemos do grande potencial que seus estados têm na área de energia renovável”.

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, informou que o Estado trabalha com mapa eólico e solar que identifica novas áreas favoráveis à instalação de novos campos de produção de energia. “Isso abre caminhos para atrair novos investimentos, estreitar laços e ampliar a integração econômica e cultural”, afirmou.

A gestora potiguar considerou como muito importante a pauta da missão do Consórcio Nordeste ter incluído a educação. Ela, que é professora da rede estadual, destacou o foco no ensino profissionalizante visando a formação, capacitação, troca de tecnologias e inovação como alicerce para o desenvolvimento econômico e social sustentável.

EDUCAÇÃO

Finalizando a agenda da viagem, os governadores se encontraram com o diretor para Cooperação Internacional em Educação e Pesquisa, Frithjof Maennel. Os membros do Consórcio solicitaram apoio em especial para área de Educação Profissional e para promover com a Alemanha intercâmbio de alunos do ensino médio dos nove estados nordestinos.

De acordo com o diretor alemão, o Ministério poderá fomentar o segmento de pesquisa no Nordeste com liberação de financiamento. “Esses pontos de apoio solicitados pelos senhores são muito importantes para nós. Vamos desenvolver nos próximos meses propostas de cooperação”.

Participaram da missão os governadores Fátima Bezerra (Rio Grande do Norte), Rui Costa (Bahia), Renan Filho (Alagoas), Camilo Santana (Ceará), João Azevêdo (Paraíba), Paulo Câmara (Pernambuco), Wellington Dias (Piauí) e Belivaldo Chagas (Sergipe), assim como o vice-governador Carlos Brandão (Maranhão). O governador de Sergipe foi representado pelo superintendente de PPPs, Oliveira Junior.

Fotos: Elisa Elsie