Nova Cruz/RN -

COSERN RETIRA 3.200 METROS DE CABOS DE TELECOMUNICAÇÃO IRREGURALES EM NATAL E REGIÃO METROPOLITANA

Visualização da imagem

Visualização da imagem

A Cosern, empresa da Neoenergia, retirou 3.200 metros de cabos irregulares pertencentes a empresas de telecomunicações das ruas de Natal e cidades da Região Metropolitana nas três primeiras semanas de fevereiro.

A ação aconteceu despois de uma inspeção em 16.600 metros de cabos e faz parte do programa de fiscalização do uso compartilhado dos postes da Cosern por empresas de telefonia, TV a cabo e internet em todo o estado. Após o carnaval, as inspeções voltarão a acontecer na capital.

Os principais benefícios da ação realização pela Cosern são:

  • Reforçar a segurança da rede elétrica;
  • Prevenir acidentes com a população;
  • Evitar danos às estruturas e ao sistema elétrico da Cosern;
  • Reduzir a poluição visual provocada pelo desordenamento dos fios e cabos; e
  • Combater a prática de ligações clandestinas de energia (o popular “gato”), que coloca em risco a vida de quem faz e de quem está perto, além de ser crime.

Entre julho e novembro de 2019, a Cosern realizou a mesma ação em Mossoró e regularizou seis quilômetros de fios e retirou dois mil metros de cabos irregulares das ruas da capital do Oeste.

Em dezembro, a distribuidora retirou 500 metros de cabos irregulares de empresas de telecomunicações das ruas de Arez, na região Agreste.

Para realizar a ação, a distribuidora envia um comunicado às empresas que fazem uso compartilhado dos seus postes informando sobre o início da fiscalização e solicitando a retirada imediata dos cabos que apresentam risco iminente à segurança da população ou que estão instalados à revelia da Cosern.

Fotos: Cosern/Divulgação

Governo reforça segurança para o Carnaval

Visualização da imagem

Visualização da imagem

A governadora Fátima Bezerra participou, na noite desta quinta-feira (20), no Largo do Atheneu, da abertura do Carnaval de Natal. Acompanhada do vice-governador, Antenor Roberto, e de secretários de Estado, a chefe do Executivo estadual cumprimentou a população no evento que marca o início das festividades carnavalescas na capital potiguar.

“O Carnaval é uma das principais festas populares do ano. É uma alegria ter de volta os tradicionais carnavais de rua em Natal, e principalmente no clima de tranquilidade e segurança”, disse a governadora. Ela lembrou que o Governo do RN está investindo mais de R$ 3 milhões em diárias operacionais para a Operação Carnaval 2020.

Além disso, Fátima destacou que o Governo já comemora os números no Turismo durante o período carnavalesco, que estima ocupar 92% do setor hoteleiro. Somado a isso está o aumento em 28% no número de chegadas de voos em fevereiro, quando comparado ao mesmo mês do ano passado. De acordo com os dados da Agência Nacional de Avião Civil (ANAC), o RN receberá 84 voos extras, oriundos principalmente das cidades de São Paulo (Congonhas e Guarulhos), Rio de Janeiro, Brasília e Buenos Aires, na Argentina.

“O Carnaval é uma festa democrática que atende a todas as classes sociais e é também um momento de valorização da cultura popular e dos artistas da nossa terra. Os eventos espalhados por todo o Rio Grande do Norte movimentam a produção cultural do estado, fomentam diversos setores da economia e fazem a alegria do povo potiguar e dos turistas que nos visitam”, enfatizou o diretor-geral da Fundação José Augusto (FJA), Crispiniano Neto.

A abertura do Carnaval de Natal, promovida pela Prefeitura de Natal, foi realizada durante o tradicional Baile de Máscaras com a entrega das chaves para o Rei Momo e a Rainha do Carnaval, além de uma série de apresentações de artistas potiguares e nacionais, como Jaina Elne, Lia de Itamaracá, Carlinhos Zens e a cantora pop Iza, que pela primeira vez se apresentou no estado.

Também registraram presença, além dos já citados, os secretários e gestores do Estado: Jaime Calado (Desenvolvimento Econômico), Íris Oliveira (Sethas), Gustavo Coelho (Infraestrutura) e Teresa Freire (Coordenadora do RN Mais Vida).

PREFEITURA DE LAGOA D’ANTA SAÚDE TAMBÉM É PRIORIDADE

SAÚDE

Na área da saúde, foram realizadas reformas em todas as unidades de saúde, onde foi totalmente climatizado o maior posto do município. Foi implantado prontuário eletrônico ficando assim, toda a rede de saúde municipal interligada. Os agentes de saúde passaram a fazer as visitas de forma online após aquisição de tablets. Atendimento com médicos, além da manutenção do calendário e programação das campanhas de vacinas.

GINECOLOGIA

Atendimento com acompanhamento de um médico especialista em ginecologia é fundamental para proporcionar uma vida saudável e de qualidade para as mulheres do município de Lagoa D’anta. Isso também faz parte da gestão Trabalhando e Servindo.

Tempo limite de espera em filas de banco se torna Lei no RN

Tempo limite de espera em filas de banco se torna Lei no RN

O deputado estadual Hermano Morais (PSB) destacou, na manhã desta quinta-feira (20), o projeto de lei de sua autoria que trata da obrigatoriedade das agências bancárias, correspondentes bancários, casas lotéricas, bancos postais e outros do gênero, colocarem à disposição dos usuários pessoal suficiente em todos os seus setores, para que o atendimento seja efetivado em tempo de no máximo 30 minutos.

“Venho com alegria tratar desse assunto que me interessa na condição de bancário. E sei que apesar da tecnologia disponível, existe um número insuficiente de pessoas para atender os consumidores. Essa lei disciplina essa questão para garantir ao consumidor um atendimento digno, a altura do que ele paga para esse serviço”, disse.

De acordo com a Lei Nº 10.699, promulgada nesta quinta-feira (20) pelo Diário Oficial da Assembleia Legislativa, as agências bancárias e seus correspondentes (casas lotéricas, bancos postais) ficam obrigados a fornecer aos seus usuários o comprovante com o horário em que os mesmos tiverem acesso às filas, como também o tempo previsto durante o atendimento.

A fiscalização do cumprimento desta Lei e as aplicações das penalidades competem ao órgão Estadual de defesa do Consumidor  (Procon/RN) ou a entidade municipal e/ou legislativo assemelhada formalmente conveniada. A Lei entrará em vigor em no máximo 60 dias contados a partir da publicação.

Reforma da Previdência
Ainda em pronunciamento na Assembleia Legislativa do RN, Hermano Morais tratou da Reforma da Previdência estadual. “Essa questão chega ao RN como chega a todos os estados e é uma situação que precisa ser enfrentada. Com o aumento da expectativa de vida dos brasileiros, surge um desequilíbrio e a necessidade de se rever a questão previdenciária. Essa discussão foi adiada por muito tempo no Brasil e isso não pode demorar mais”, argumentou.

O parlamentar destacou o prazo para conclusão da reforma, sob pena de o Estado perder o direito de receber transferências de recursos federais. “O que seria um caos total para um estado em crise como o Rio Grande do Norte”, destacou.

Em aparte, o deputado George Soares (PL) destacou a importância do tema. “É uma discussão importante, dolorosa e inadiável. É um caminho sem volta. Todos os estados do Brasil já fizeram suas reformas e é bom dizer aos servidores que esse é um projeto doloroso para todos”, finalizou.

Professores do Estado rejeitam proposta do governo e cogitam greve

Os trabalhadores em educação da Rede Estadual de ensino disseram não à proposta do Governo para pagar o Piso Salarial de 2020. A deliberação ocorreu em assembleia na tarde desta quarta-feira (19), no Winston Churchill, que apesar da chuva recebeu muitos profissionais do magistério.

Apresentada ao SINTE/RN em audiência nessa terça (18), a proposta do Executivo para quitar a correção, que neste ano é no índice de 12,84%, prevê um parcelamento do pagamento do Piso em três vezes da seguinte forma: 4,28 % em maio de 2020, 4,28% em janeiro de 2021 e 4,28% em abril do ano que vem. O Governo não fala em retroativo.

A proposta foi prontamente rechaçada.  Uma nova assembleia foi agendada para 28 de fevereiro, já com indicativo de greve. Até lá se espera que o Estado apresente uma nova proposta. Do contrário, o movimento grevista poderá ser iniciado em 04 de março, momento em que a categoria vai se encontrar em nova assembleia.

Portal Grande Ponto

COSERN DETALHA “OPERAÇÃO CARNAVAL 2020” PARA IMPRENSA

Visualização da imagem

Foco na preservação da vida e na qualidade do fornecimento, manutenção preventiva e reforço da rede elétrica, ampliação da estrutura de atendimento emergencial nos polos carnavalescos, reforço das equipes de plantão, atividades conjuntas com parceiros importantes e campanha publicitária para reforçar junto aos foliões os cuidados com a segurança.

Visualização da imagem

Em linhas gerais, estes foram os pontos detalhados pela Cosern em entrevista coletiva de imprensa realizada em conjunto com o Conselho Regional de Arquitetura e Agronomia (Crea-RN), o Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), da Prefeitura de Natal, na manhã desta quinta-feira (20) para detalhar a “Operação Carnaval 2020”.

De acordo com Antônio Carlos Queiroz, Superintendente de Serviços Técnicos da Cosern, o planejamento da “Operação Carnaval 2020” começou de maneira antecipada em julho e os investimentos somados até dezembro de 2019 com ações foram da ordem de R$ 30 milhões, tendo como foco principal a segurança da população e o reforço da confiabilidade do fornecimento de energia nos polos carnavalescos.

“Em novembro de 2019, colocamos em operação uma nova subestação elétrica em Caicó, na região do Seridó, um dos maiores polos carnavalescos do estado, 12 novos alimentadores e reformamos outros 39 equipamentos desse tipo próximos aos locais da folia”, destacou o Superintendente. “A Cosern se planejou para garantir o brilho e a energia do carnaval em parceria dos órgãos aqui presentes, fez a sua parte e é muito importante que o folião agora faça a parte dele, seguindo as orientações de segurança em relação aos cuidados com a rede elétrica.

Também estiveram presentes na coletiva de imprensa a Presidente do CREA-RN, Ana Adalgisa Pinheiro, o Gerente de Fiscalização do CREA-RN, Heulisson Arruda, o Chefe do Apoio Técnico do Corpo de Bombeiros, Capitão Daniel Gleidson e o Supervisor de Fiscalização Ambiental da Semurb, Leonardo Almeida.

A partir desta 6ª feira (21), equipes de plantão da Cosern serão reforçadas em 30% e estarão disponíveis 24 horas por dia, junto com engenheiros e técnicos, monitorando o sistema elétrico a partir do Centro de Operações Integrado (COI), que funciona ininterruptamente durante todo o ano no Edifício-Sede, em Natal, e está sempre pronto para atender às solicitações dos consumidores, caso necessário.

Campanha publicitária

Com o tema “Não Valice Não”, a Cosern reforça mais uma vez as dicas de segurança com a rede elétrica. A campanha publicitária e o plano de comunicação da concessionária incluem distribuição de material educativo com dicas de segurança nos principais polos carnavalescos, veiculação de campanha em mídia de TV, rádio, mídia exterior, redes sociais e portais.

Visualização da imagem

Orientações de segurança com relação à rede elétrica:

  • Não jogue objetos em direção à rede elétrica, tais como confetes, serpentinas (metálicas ou não), plásticos, jatos d´água etc.
  • Os balões e placas de propaganda devem ficar longe da rede elétrica.
  • Em eventual caso de fio caído, fique longe e avise à Cosern (116).
  • Nunca aproxime bastão de selfie da rede elétrica.
  • Não suba em postes, marquises e árvores que estejam próximos à rede elétrica.
  • Não faça ligação clandestina de energia. Além de colocar a vida em risco, é crime.
  • É obrigatória a instalação do aterramento das estruturas metálicas de barracas e balcões.

Fotos: Canindé Soares/Cosern/Divulgação

CAIXA LANÇA NOVA LINHA DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO COM TAXA FIXA

Linha de crédito estará disponível a partir desta sexta-feira (21)

A CAIXA, líder na concessão de financiamento para casa própria, lança, nesta quinta-feira (20), a linha de crédito imobiliário com taxa fixa. Essa nova alternativa para o cliente possui taxas de juros a partir de 8% ao ano (a.a.). As condições são válidas para imóveis residenciais novos e usados, com quota de financiamento de até 80%. As contratações estarão vigentes a partir desta sexta-feira (21).

“Não estamos mais limitados somente às linhas de crédito imobiliário atualizadas pela TR”, afirma o presidente da CAIXA, Pedro Guimarães. “Em 2019 inovamos com a linha de crédito atualizada pelo IPCA e agora, com o lançamento do crédito com taxa fixa, estamos revolucionando o mercado imobiliário no país. É uma nova alternativa para o cliente que busca financiar seu imóvel sabendo quanto vai pagar da primeira à última prestação”, esclarece.

O cliente poderá escolher entre os sistemas de amortização SAC, para contratos de até 360 meses, e PRICE, para financiamentos de até 240 meses. As condições na linha SBPE com indexadores TR, IPCA ou Taxa Fixa seguem os parâmetros abaixo:

cid:image011.png@01D5E7E4.1CC1F290

 cid:image012.png@01D5E7E4.1CC1F290

 Utilização do FGTS:

Para financiamento de imóveis do Sistema Financeiro de Habitação (SFH) avaliados em até R$ 1,5 milhão, é possível a utilização dos recursos do FGTS, desde que o cliente se enquadre nas regras do Fundo.

Liderança com recursos SBPE:

Em 2019, a CAIXA concedeu R$ 26,6 bilhões em crédito imobiliário com recursos do SBPE, o que representa um crescimento superior a 100% em comparação com o ano de 2018. Este valor corresponde a mais de 103 mil financiamentos, que impactaram na geração de 97 mil empregos.

Com este resultado a CAIXA retomou a liderança da concessão de crédito imobiliário com recursos da poupança.

Redução das taxas e lançamento do crédito atualizado pelo IPCA em 2019:

Para o crédito imobiliário atualizado pela TR, a CAIXA promoveu quatro reduções de taxa de juros em 2019, acompanhando a queda consistente da SELIC e reduzindo a taxa mínima praticada no SBPE de TR + 8,75% a.a. para TR + 6,50% a.a., o que representa uma queda de 26% com relação à taxa praticada em dezembro de 2018.

Outro marco importante nesse reposicionamento estratégico do crédito imobiliário para pessoa física na CAIXA foi o lançamento, em agosto de 2019, de forma pioneira, da opção de atualização do saldo devedor do crédito imobiliário pelo IPCA, com taxas de juros a partir de 2,95% a.a. 

Em 2019, a CAIXA emprestou R$ 90 bilhões no crédito imobiliário. Foram 473,8 mil unidades habitacionais e 760,2 mil novos empregos. Hoje a Caixa possui 70% do mercado imobiliário.

Os clientes podem fazer simulações no site www.caixa.gov.br e, caso decidam pela contratação, devem procurar uma das agências da CAIXA ou correspondentes CAIXA Aqui para realizar a avaliação do crédito.

MPF reforça denúncias contra grupo que desviou mais de R$ 5 milhões no RN

Operação Êpa! desvendou esquema de contratação irregular de empresas com recursos que deveriam promover a capacitação de pessoas carentes

O Ministério Público Federal (MPF) apresentou as alegações finais da denúncia decorrente da chamada Operação Êpa!, deflagrada em 2011. Um grupo de oito pessoas estava envolvido no desvio e apropriação de verbas públicas relacionadas a 16 convênios firmados entre os ministérios do Trabalho e Emprego (MTE) e do Desenvolvimento Agrário (MDA) com o Instituto Espaço de Produção ao Desenvolvimento Sustentável (Instituto Êpa!) e a Cooperativa dos Trabalhadores Autônomos (CTA).

As irregularidades ocorreram entre setembro de 2006 até aproximadamente outubro de 2011 e os desvios totalizaram R$ 5.429.454,73, fruto de convênios que previam qualificação profissional da população mais carente, desenvolvimento da agricultura familiar e dos territórios rurais, entre outros serviços, tanto no Rio Grande do Norte, quanto na Paraíba, Pernambuco e Alagoas.

As alegações finais do MPF, de autoria do procurador da República Fernando Rocha, pedem a condenação de Aurenísia Celestino Figueiredo Brandão, Cid Celestino Figueiredo Sousa, Ângelo Márcio Fernandes de Sousa, Valter de Carvalho, José César da Costa Calado Filho, Wagner de Lima Costa, Jairo Duarte Pinheiro e Flávio de Aquino Carvalho por dispensa indevida de licitação (art. 89, da Lei nº 8.666/93) e peculato (art. 312 do Código Penal). Os quatro primeiros também serão julgados por associação criminosa (288 do Código Penal) e todos os oito poderão ainda ser condenados a restituir de forma solidária o prejuízo causado aos cofres públicos.

Dos 13 nomes incluídos inicialmente na denúncia – que tramita na Justiça Federal sob o número 0812298-73.2016.4.05.8400 -, o MPF pede a absolvição de quatro deles (Ciro Celestino Figueiredo Sousa, Pedro Ratts de Ratis, Maria Adelaide Del Rei Costa Santos e Marcelo José Predis dos Santos) e ainda benefícios de redução de pena em favor de Sidney Rodrigues dos Santos, em decorrência de colaboração premiada.

Funcionamento – De acordo com o MPF, Aurenísia Celestino comandava o esquema, tendo presidido o Êpa! na época das irregularidades. O diretor financeiro do instituto era seu irmão, Cid Celestino. Ela também atuou como presidente da CTA de maio de 2006 a maio de 2014. A investigação teve início em maio de 2010, a partir de fiscalização realizada pela Controladoria Geral da União (CGU), e culminou na deflagração da “Operação Êpa!”, em 14 de dezembro de 2011, pela Polícia Federal, com apoio da CGU e do MPF. Nas buscas, chegou a ser encontrada, na sede da CTA, uma espécie de “cartilha” de como fraudar uma proposta em uma licitação/cotação.

O grupo simulava cotações de preços, fraudando diversos documentos, para efetivar os desvios de recursos vindos dos ministérios. Incluíam como concorrentes empresas dos próprios dirigentes e ainda de amigos e parentes, além de outras às quais eram repassados os recursos – sem que houvesse a prestação de serviços – com a condição de que 85% do dinheiro fosse devolvido para os dirigentes do instituto ou da cooperativa.

Aurenísia Celestino, que também trabalhava como contadora, chegava a usar documentos de empresas de seus clientes particulares, sem conhecimento destes, para fazer parecer que havia, de fato, concorrência nas cotações de preço. A autenticação era providenciada por Sidney Rodrigues, tabelião substituto no 2º Ofício de Notas do Município de Santo Antônio.

Ângelo Márcio, por sua vez, foi presidente da CTA e responsável pela empresa A M F de Sousa – ME e pela Associação de Promoção ao Desenvolvimento Local – APDL, ambas beneficiadas. Ele chegava a figurar, ao mesmo tempo, como coordenador do convênio e contratado das entidades. De forma semelhante agia Valter de Carvalho, diretor do Instituto de Assessoria à Cidadania e ao Desenvolvimento Local Sustentável (IDS). Sogro de Ângelo, ele foi ligado à APDL e chegou a atuar como coordenador de convênios tanto para a CTA quanto para o Instituto Êpa!, tendo nessa função solicitado pagamentos em favor de suas próprias empresas (IDS e Assocene). Ele recebeu recursos através de contas de sua esposa, da nora e de seu filho, Flávio de Aquino, outro dos réus.

Comissão – Favoreceram-se ainda dos desvios de recursos, figurando como “vencedores de cotações de preços artificiosamente montadas ou meramente concorrentes”, José César (representante da Clarit Comercial Ltda.); Wagner de Lima (Medeiros & Cavalcanti Ltda. ME), Jairo Duarte (J D Pinheiro) e o próprio Flávio de Aquino (Aquino e Gonçalves Ltda. – Freela).

Wagner de Lima e Jairo Duarte confessaram ter emitido notas fiscais contendo informações falsas, a pedido de Aurenísia e em troca da “comissão” de 15%.

Miscelânea – Os convênios previam qualificação profissional nas áreas de Construção Civil, Petróleo, Gás e Turismo, além de outros serviços a serem executados no Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas. As empresas envolvidas nas fraudes em sua maioria sequer contavam com os serviços e produtos aos quais “concorreram”. Estes eram fornecidos por terceiros contratados diretamente pelos denunciados, “de maneira precária, sem qualquer obediência a critérios qualitativos”.

Houve empresa de construção contratada para realizar transporte de alunos da zona rural. Papelaria concorrendo na locação de automóveis e pizzaria a contratos de qualificação de pessoal. A própria Aurenísia chegou a ser registrada como contratada para prestação de serviço de transporte escolar. O endereço de uma de suas empresas, a Celestino & Figueiredo Ltda, era o mesmo informado como sendo a sede da CTA, bem como o escritório de contabilidade da ré e lá funcionava ainda o telefone pertencente à A. M. F de Sousa, do réu Ângelo Márcio.

http://www.mpf.mp.br/rn/sala-de-imprensa/noticias-rn/mpf-reforca-denuncias-contra-grupo-que-desviou-mais-de-r-5-milhoes-no-rn

PREFEITURA DE LAGOA D’ANTA PROMOVE SEMANA PEDAGÓGICA

EDUCAÇÃO EM FOCO

A Prefeitura Municipal de Lagoa D’anta, através da Secretaria Municipal de Educação promoveu nesta semana a abertura da semana pedagógica. Oportunidade que foram abordados diversos assuntos inerentes a educação do município. O evento contou com a presença dos professores,  secretários municipais, gestor da 3ª DIREC, Marcelo Júnior de Assis da Silva, Prefeita Taianni Lopes Santos.

 

PREFEITURA DE LAGOA D’ANTA ENTREGA AMBULÂNCIA A COMUNIDADE

A Prefeitura Municipal de Lagoa D’anta, através da Prefeita Taianni Santos  realiza nesta quinta – feira, mais uma ação na comunidade de Lagoa do Chico, desta vez a entrega de um veículo tipo ambulância para atender toda a demanda no setor da saúde. O veículo servirá para atender as pessoas com o atendimento especifico na área da saúde.  Lagoa do Chico é a primeira localidade a receber um veículo voltado para beneficiar os moradores daquela comunidade.

Atividade física protege saúde de crianças com baixo peso

 Atividade física

© Marcelo Camargo/Agência Brasil

Exercícios regulares na infância melhoram sistema cardiovascular

Por Ludmilla Souza – Repórter da Agência Brasil – São Paulo

Crianças que nascem a termo (após a 37ª semana de gestação) com menos de 2,5 quilogramas (kg) têm risco aumentado de desenvolver doenças cardiovasculares na vida adulta. No entanto, a prática regular de exercícios físicos durante a infância pode melhorar o funcionamento de células envolvidas na saúde dos vasos sanguíneos e atenuar esse risco.

É o que mostra estudo publicado no periódico Nutrition, Metabolism & Cardiovascular Diseases. O trabalho foi coordenado por Maria do Carmo Pinho Franco, em uma linha de pesquisa apoiada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

O trabalho foi feito com 35 crianças entre 6 e 11 anos de idade, divididas em dois grupos: nascidas com peso menor do que 2,5kg e maior ou igual a 3kg. Elas foram submetidas a um programa de treinamento de 10 semanas, que incluía sessões de 45 minutos de atividades físicas lúdicas com intensidade de moderada a vigorosa. Os parâmetros antropométricos do grupo (peso, estatura, percentual de gordura e circunferências corporais) e amostras de sangue foram coletados antes e depois do período de treinos.

Ao fim da intervenção, notou-se melhora significativa na circunferência da cintura e na aptidão cardiorrespiratória de todas as crianças. Naquelas que nasceram com baixo peso foi possível perceber ainda melhora na pressão arterial, assim como nos níveis circulantes e na funcionalidade das células progenitoras endoteliais.

“As células progenitoras endoteliais são produzidas pela medula óssea e estão envolvidas em diversos processos vasculares, incluindo a formação de novos vasos sanguíneos e o reparo dos já existentes”, explicou a pesquisadora.

Programação fetal

No final da década de 1980, surgiram as primeiras suspeitas de que crianças nascidas a termo, mas com peso inferior a 2,5kg, tinham maior propensão a doenças cardiovasculares. Esses achados deram origem à Hipótese de Programação Fetal, postulada pelo epidemiologista britânico David Barker (1938-2013). O pesquisador observou, no Reino Unido, que nos grupos populacionais mais carentes, as taxas de doença cardiovascular eram duas vezes mais altas que nas regiões mais ricas.

Sabe-se hoje que a programação fetal pode ocorrer em resposta a diferentes condições adversas durante a gestação, como deficiências nutricionais, insuficiência placentária e estresse. Esse fenômeno pode ser interpretado como uma tentativa do feto de se adaptar ao ambiente de nutrição restrita, garantindo sua sobrevivência às custas de modificações permanentes em suas estruturas e órgãos vitais, que persistem durante por toda a vida.

Franco tem se dedicado, desde seu mestrado, ao estudo das repercussões tardias do baixo peso ao nascer. A linha de investigação começou com modelos animais e, nos últimos anos, migrou para estudos em população de crianças com foco nas alterações tardias no endotélio vascular – a camada que reveste a parede dos vasos sanguíneos.

“Nas crianças pré-adolescentes, já é possível notar alterações na diminuição da vasodilatação de determinadas artérias e alterações na pressão arterial, principalmente um aumento na sistólica [ou pressão máxima, que marca a contração do músculo cardíaco quando ele bombeia sangue]”, disse Franco. “São detalhes, mas que elevam o risco cardiovascular no futuro, caso não seja feita alguma intervenção.”

Impacto do exercício em crianças

No trabalho mais recente, o grupo avaliou como a prática de atividade física afeta o funcionamento das células progenitoras endoteliais em crianças com idade entre 6 a 11 anos que frequentam um centro da juventude no município de São Paulo.

932668-_abr1157.jpg
Atividade física – Agência Brasil

“Estudos anteriores demonstraram que a capacidade de deslocamento das células progenitoras endoteliais da medula óssea para a corrente sanguínea, bem como sua capacidade de transformação em células endoteliais maduras, podem ser alteradas frente a diferentes estímulos. Dentro desse contexto, o exercício físico desempenha papel importante e benéfico sobre a mobilização dessas células”, disse Franco.

Os pesquisadores observaram que o efeito positivo do treinamento físico foi mais significativo no grupo de crianças com histórico de baixo peso ao nascer. Além de aumentar os níveis de células progenitoras no sangue, houve aumento nos níveis de óxido nítrico [NO] e do fator de crescimento endotelial vascular [VEGF-A] – duas moléculas envolvidas nos processos de mobilização e recrutamento das células progenitoras endoteliais”, contou a pesquisadora.

Dados da literatura científica sugerem que o fenômeno da programação fetal está associado ao que se convencionou chamar de fatores epigenéticos, ou seja, a modificações bioquímicas que ocorrem nas células (geralmente em resposta às condições ambientais) e alteram a forma como os genes são expressos – sem que para isso seja necessária uma alteração na sequência genética.

A equipe de Franco suspeita que a prática regular de atividade física atue justamente sobre esses mecanismos epigenéticos, revertendo o padrão prejudicial de expressão gênica induzido pela condição gestacional adversa.

Na avaliação da pesquisadora, os resultados do estudo mostram que uma intervenção simples e de baixo custo pode ter impacto decisivo na vida adulta de crianças que nascem com baixo peso.

“Os pais precisam ser orientados para que coloquem os seus filhos para se exercitarem o quanto antes. E o pediatra, por outro lado, deve acompanhar essas crianças com olhos diferentes, realizando exames regulares de perfil lipídico, aferição de pressão arterial e outros marcadores cardiovasculares”, disse a pesquisadora, que completou: “Sabemos que o perfil das crianças mudou bastante, elas são mais sedentárias em virtude das telas e por que não têm mais aquelas brincadeiras de rua. Na pesquisa, foram incluídas brincadeiras lúdicas e com bola, então são atividades físicas moderadas que envolvem as crianças”.

Veja aqui o artigo Physical Activity Intervention Improved The Number And Functionality Of Endothelial Progenitor Cells In Low Birth Weight Children.

Governo do RN e Fecomércio celebram renovação do convênio para RN Vida

O ano letivo da rede estadual começou no último dia 17 e desde então cerca de 600 crianças e adolescentes matriculados em escolas públicas, tanto estaduais quanto municipais, voltaram a ter acesso às aulas de iniciação musical e de práticas desportivas oferecidas pelo Centro Integrado de Esporte e Cultura RN Vida. O projeto de iniciativa do Governo do RN, através do Gabinete Civil, é realizado desde 2013 em parceria o Serviço Social do Comércio (Sesc) e Federação do Comércio do RN, cuja parceria foi renovada nesta quarta-feira (19), na governadoria, em ato que contou com a presença da governadora Fátima Bezerra e do presidente da Fecomércio, Marcelo Queiroz.

As instituições parceiras oferecem o fardamento dos alunos, além de cederem anualmente os professores para as aulas de iniciação musical, e doado 22 instrumentos em 2018. A chefe do Executivo estadual agradeceu a renovação do contrato de parceria e enfatizou a importância desse projeto, que atende gratuitamente a um número bastante considerável de crianças que de outra forma não teriam acesso às aulas de modalidades como balé, capoeira, natação, judô, futsal, música e artes plásticas.


“Nosso governo é focado no desenvolvimento do Rio Grande do Norte e, no campo das políticas públicas, temos pensado e executado ações que visam a inclusão social”, afirmou. Para participar do projeto é necessário estar matriculado em escola pública e ter entre 7 e 16 anos de idade. As aulas são oferecidas de segunda a sexta-feira no antigo Caic (Centro de Atenção Integral à Criança), em Lagoa Nova, com professores de educação física e de artes cedidos pela Secretaria de Educação, pelo Sesc-RN e professores voluntários.

Coordenadora do RN Vida, a educadora Maria Tomaz ressaltou a abrangência do projeto, que atende até mesmo uma criança oriunda de da localidade chamada Sagi, pequena vila pertencente ao município de Baía Formosa. “Ela tem uma deficiência na perna e por isso faz natação, por prescrição médica, e no seu lugar de origem a garota não tem acesso a essa atividade. Esse é apenas um de tantos outros exemplos nos dão a dimensão da importância do RN Vida”, disse ela, que não esconde sua paixão e entusiasmo pelo trabalho desenvolvido.

Marcelo Queiroz também agradeceu a renovação da parceria e se dispôs a continuar sendo parceiro do governo em outras ações de caráter social. “Trata-se de um projeto maravilhoso que a gente fica muito feliz de poder contribuir”, disse. Ele estava acompanhado da diretora de programas sociais do Sesc, Ilsa Galvão, e do diretor regional Fernando Virgílio.

Da equipe de governo, participaram da reunião o vice-governador Antenor Roberto; a secretária Íris Oliveira(do Trabalho, da Habitação e da Ação Social/Sethas); o secretário Getúlio Marques (Educação); o  presidente da Fundação José Augusto (FJA), Crispiniano Neto; a coordenadora do programa RN Saudável, Teresa Freire, e o coordenador do Núcleo de Saúde da Família, Hugo Mota (ambos da Secretaria de Estado da Saúde Pública/Sesap); e o subsecretário de esportes e lazer, Canindé de França.
Fotos: Demis Roussos.

Vera Cruz: MPRN recomenda que Prefeitura assuma gestão da saúde no seu território

Município deve se responsabilizar pela gestão dos procedimentos de saúde, adequando a estrutura já existente para garantir a todos os munícipes os procedimentos de média e alta complexidade
A Prefeitura de Vera Cruz, município da região metropolitana da capital, deve assumir a gestão plena da saúde adequando a estrutura já existente para garantir a todos os munícipes os procedimentos de média e alta complexidade. Foi o que recomendou o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por meio da Promotoria de Justiça da comarca de Monte Alegre, em ato publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) de sábado (15).
O gestor municipal deve adotar todas as medidas necessárias a fim de evitar a negativa de prestação de serviços de saúde de média complexidade, assim listados nos protocolos assistenciais do Sistema Único de Saúde (SUS).
No documento publicado no DOE, o MPRN recomenda ainda que o Poder Público Municipal oriente os médicos das unidades hospitalares da cidade de Vera Cruz que o medicamento sulfato de morfina deve ser prescrito com extrema cautela, devendo sempre que possível substituir o fármaco por outro de atuação semelhante. Caso não seja possível, deverá fundamentar, em prescrição médica circunstanciada, sua opção por medicamento alheio às políticas do SUS, com a comprovação de que o paciente não reagiu, apresentou reações adversas à droga, ou algum outro motivo técnico concreto, não podendo afirmar simplesmente que a droga prescrita apresenta maior eficácia.
O MPRN fixou o prazo de 15 dias úteis para ser informado sobre quais foram as medidas adotadas em cumprimento à recomendação, sob pena de adoção das medidas judiciais cabíveis.
Para ler o documento publicado no DOE na íntegra, clique aqui.

Quase de 350 mil títulos foram cancelados no RN

Dados do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) mostram que 349.765 títulos de eleitor estão cancelados no Estado. Esse número corresponde a  14,5% de todo o contingente eleitoral em todos os 167 municípios potiguares, que é de 2.408.947 de eleitores, segundo dados estatísticos de janeiro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Entre os motivos para esses cancelamentos, estão falecimento, sentença judicial e a ausência não justificada nas últimas três eleições.

A situação eleitoral irregular impossibilita o voto em eleições futuras, participação em concursos públicos, ingresso em universidades públicas e obtenção do passaporte ou carteira de identidade. No entanto, o eleitor com título cancelado pode buscar a  Justiça Eleitoral para regularizar a situação até o dia 6 de maio.

Para continuar lendo é só clicar aqui: http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/mais-de-349-mil-ta-tulos-esta-o-cancelados-no-rn/472771

TRIBUNA DO NORTE

Emparn confirma chuvas de até 533 milímetros para março, abril e maio

Visualização da imagem

Visualização da imagem

A Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN – Emparn confirmou na manhã desta quarta-feira, 19, a previsão de chuvas acima da média histórica para o trimestre de março, abril e maio próximos. De acordo com o meteorologista Gilmar Bistrot, os padrões climáticos indicam a ocorrência de chuvas distribuídas em todas as regiões do Estado, sendo 479 milímetros na região Oeste, 376 na região Central, 342 na região Agreste e 533 milímetros na região Leste. Em todo o ano de 2019 a média de chuvas foi de 840 milímetros.

“A previsão climática, a partir das condições observadas desde janeiro deste ano indicam chuvas normais ou acima da média histórica para o Rio Grande do Norte”, afirma o meteorologista. Ele explica que explica que “as análises consideram parâmetros de temperatura na superfície dos oceanos, ventos e pressão atmosférica”. Segundo Bistrot há aquecimento no Atlântico Sul e temperatura baixa no Pacífico e isto favorece ocorrências de chuvas no Nordeste brasileiro nos próximos três meses. “Hoje há essa tendência”, reforçou.

A conclusão apresentada pela Emparn resulta das análises também de meteorologistas dos principais centros de previsão climática da região Nordeste que promoveram em Parnamirim, nesta terça-feira, 18, a III Reunião de Análise Climática para o Semiárido Nordestino – Etapa Rio Grande do Norte.

Os especialistas fizeram o balanço dos primeiros meses do ano, análises de modelos meteorológicos, condições atuais dos oceanos e elaboração de boletins para o período.

A governadora Fátima Bezerra participou da apresentação do boletim de análise e previsão climática, ocorrido no auditório da Governadoria, e avaliou o quadro como animador. Ela registrou que o Governo do RN tomou providências em apoio ao homem do campo como a distribuição de sementes no período certo para aproveitar o período das chuvas. “Inclusive”, destacou Fátima Bezerra, “este ano entregamos também sementes crioulas, que são adaptadas às condições de clima e solo de cada região do Estado, oferecendo assistência técnica pela Emater e apoio à agricultura familiar”.

O RN é o primeiro Estado no Brasil a implantar o sistema de aquisição e distribuição de sementes crioulas. Este ano foram investidos R$ 600 mil na compra de grãos produzidos pela agricultura familiar. “São produtos certificados pelo Mapa, de qualidade e com germinação garantida. E já estamos trabalhando para ampliar as compras para R$ 2 milhões em 2021, mais do que triplicando o investimento deste ano”, informou a Governadora.

A presença de técnicos da Paraíba, Bahia, Alagoas, Pernambuco e do Distrito Federal no RN para tratar do clima mostra que temos uma “integração regional dos estados que enfrentam as intempéries da seca e do semiárido. Isto é muito bom e produtivo por que estamos somando conhecimento e buscando soluções efetivas”.

O secretário de Estado do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar – SEDRAF, Alexandre Oliveira, disse que a ocorrência de chuvas regulares “beneficia o agricultor e a produção com garantia de colheita do milho e feijão principalmente, por que assegura a alimentação animal e humana, o que tem forte impacto econômico e social, mantendo as famílias produtivas. Temos no Rio Grande do Norte 60 mil cisternas e, com as chuvas, elas serão abastecidas, irão garantir o consumo humano, a segurança alimentar e a produção de forragem para as criações”.

César Oliveira, diretor geral da Emater, afirma que a chuva é insumo indispensável para as ações no campo. A ocorrência de precipitações regulares anima os agricultores e movimenta a economia principalmente para os pequenos e médios produtores”.

Também participaram da apresentação do relatório o coordenador da Defesa Civil estadual, tenente-coronel Marcos Carvalho, diretor do Instituto de Gestão das Águas do Estado do RN  – Igarn, Mário Manso, e meteorologistas dos estados que participaram da III Reunião de Análise Climática para o Semiárido Nordestino.

Fotos: Elisa Elsie

Deputado José Dias destaca Reforma da previdência e critica ritmo acelerado na tramitação

Deputado José Dias destaca Reforma da previdência e critica ritmo acelerado na tramitação

A Proposta de Emenda à Constituição da reforma da previdência estadual foi o tema central do pronunciamento do deputado estadual José Dias (PSDB) no final da manhã desta quarta-feira (19), na Assembleia Legislativa do RN. O parlamentar declarou-se favorável à reforma e chamou atenção para a necessidade de debate em torno do tema.

“Sou favorável à reforma. Em relação aos que ganham mais, vou votar de acordo com o que a governadora mandou. Em relação aos mais pobres, aos que vivem na faixa da dificuldade, não vou ser pior que Bolsonaro. Vou votar analisando a emenda que está sendo elaborada pelo deputado Gustavo Carvalho, que virá no sentido de reduzir a carga sobre o mais pobre”, disse.

O deputado criticou o prazo para a votação da proposta. “Será uma vergonha se essa Casa obedecer a ordem unida de votar tudo a toque de caixa. Para mim, isso é uma forma ditatorial e prepotente de decidir as coisas públicas. Não vamos fazer esse processo com medo do chicote do governo, vamos fazer dentro dos prazos razoáveis”, destacou.

Em aparte, o deputado Getúlio Rêgo (DEM) citou a discussão sobre a temática durante a reunião de Comissão de Finanças e Fiscalização. “Combinamos de dissecar todas as matérias que tiverem repercussão de ordem financeira e orçamentária a fim de amadurecer o relatório e decisão final da comissão”. O objetivo, destacou Nélter Queiroz (MDB), é fazer com que “quem ganha pouco seja menos penalizado”, colaborou.

Trâmite
A mensagem governamental com a Proposta de Emenda à Constituição que trata da Reforma da Previdência Estadual chegou ao Parlamento Estadual no dia 13 de fevereiro e já recebeu parecer, com votação unânime pela admissibilidade na primeira reunião ordinária da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ), ocorrida na manhã de ontem (18), sob a presidência do deputado Kleber Rodrigues (PL). Tão logo a PEC chegue ao gabinete do presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), será despachada a indicação da Comissão Especial, que vai analisar o mérito da matéria, para em seguida enviá-la a votação em dois turnos no plenário da Casa.

Confiança da indústria cresce 0,7 ponto na prévia de fevereiro

industria_automobilistica.jpg

Indicador chegou a 101,6 pontos, mesmo patamar de setembro de 2013.

Por Vitor Abdala – Repórter da Agência Brasil – Rio de Janeiro

O Índice da Confiança da Indústria (ICI) cresceu 0,7 ponto na prévia de fevereiro em relação ao número consolidado de janeiro, segundo dados divulgados hoje (19) pela Fundação Getulio Vargas. Com isso, o indicador chegou a 101,6 pontos, mesmo patamar de setembro de 2013.

A alta da confiança foi resultado da melhora da percepção dos empresários em relação ao momento presente. O Índice de Situação Atual teve alta de 1,7 ponto, passando para 101,4 pontos, o maior valor desde outubro de 2013 (101,6 pontos).

Já o Índice de Expectativas, que mede a confiança no futuro, recuou 0,3 ponto, para 101,7 pontos.

O resultado preliminar de fevereiro indica alta de 0,5 ponto percentual do Nível de Utilização da Capacidade Instalada da Indústria (NUCI), para 76,2%, o mesmo valor outubro de 2018.

TRT-RN: Candidato não contratado após seleção consegue indenização por danos morais

Visualização da imagem

A Segunda Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) concedeu danos morais a candidato à vaga de ajudante de construção de linha de transmissão não contratado após processo de seleção. A empresa que vai pagar a indenização é a Proclabe Energia e Telecomunicações S/A.

O trabalhador havia sido submetido ao processo seletivo e já estava na seguinte fase: agendamento de exame médico admissional, abertura de conta bancária para depósito de salário e retenção da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) pela empresa para assinatura.

A relatora do processo no TRT-RN, a juíza convocada Isaura Maria Barbalho Simonetti, confirmou a sentença da Vara do Trabalho de Assu-RN na condenação por danos morais, mas aumentou o valor da indenização de R$ 500,00 para R$ 1 mil.

Para a relatora, ficou comprovado que a empresa, “após as tratativas preliminares que envolveram a aprovação em processo seletivo”, deixou de proceder à contratação, “sem justificativa plausível, frustrando a expectativa do trabalhador”.

Em sua defesa ao TRT-RN, a empresa alegou que o processo seletivo ao qual o trabalhador foi submetido contava com diversas fases, “não tendo sido aprovado ao final haja vista a impossibilidade de novas contratações por parte da empresa”.

No entanto, para a relatora, “ficou evidenciada a prática de ato ilícito”, pois houve promessa de emprego e depois a desistência inexplicável da contratação. O que causou, neste caso, “prejuízos que transcenderam a esfera patrimonial e merecem a reparação indenizatória”.

A decisão da Segunda Turma do Tribunal foi por unanimidade.

Na região do Mato Grande, PSDB/RN fortalece a participação das mulheres na política

Visualização da imagem

Seguindo as diretrizes do partido no Estado, o PSDB Mulher tem buscado fortalecer a presença feminina na política do interior

A presidente do PSDB Mulher, ex-deputada Larissa Rosado esteve em Touros, na região do Mato Grande onde prestigiou a posse do novo Diretório Municipal, que tem como presidente Clesia Reiner, além da vereadora Tetê do Cajueiro, e nomes como Magnólia Bezerra, Fátima Mascafumo, Alcina de Gil, Fabiana Fidelis e Carla Barbosa, em sua composição.

Visualização da imagem

Esses encontros, segundo Larissa, são de fundamental importância na sensibilização das mulheres no tocante à participação na política. “Mesmo com os avanços alcançados, ainda somos minoria nos espaços de processos de elaboração das políticas públicas. A próxima eleição é uma excelente oportunidade para ampliarmos a participação feminina nos postos decisão”, afirma Larissa Rosado.

O vice-prefeito Flávio de Tetê, pré-candidato a prefeito pelo PSDB de Touros também prestigiou o encontro. A chapa proporcional que o PSDB apresentará em Touros terá várias mulheres como postulantes à Câmara Municipal. Para a mudança dessa realidade, segundo Larissa, o PSDB no RN vem promovendo o fortalecimento das mulheres dentro do partido. “É o entendimento do nosso presidente Ezequiel Ferreira e nós ficamos muito felizes com a perspectiva do aumento no número de mulheres na política, proporcionando um maior diálogo”, destacou a presidente do PSDB Mulher.

Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) – RN

ASSEMBLEIA RN RECEBE PRÊMIO DE 1º LUGAR EM GESTÃO CONFERIDO PELA UNALE

“Tão importante quanto o prêmio é poder compartilhar os avanços com outras casas legislativas”. Com essas palavras, o presidente da Assembleia Legislativa do RN, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), destacou o recebimento do troféu da 1ª edição do Prêmio União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale) à Casa, em sessão solene na manhã desta terça-feira (18). Entregue pela presidência atual e anterior da entidade, a premiação nacional contempla os projetos exitosos que humanizam os serviços prestados pelo Poder Legislativo. Eleita pelos participantes da 23ª Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (CNLE), a Casa Legislativa do RN venceu em 1º lugar a categoria Gestão, com o projeto Legis RH.

“Para falar em gestão é necessário voltar no tempo. Para 2015 quando assumimos a presidência da Assembleia pela primeira vez e fizemos um planejamento estratégico, também pela primeira vez. Além de economicidade e transparência, precisávamos investir na autoestima dos servidores. Esses foram os nossos pilares. Fizemos um time de excelência e esse time começa a colher os louros dessa dedicação e profissionalismo. Divido esse prêmio com os deputados e com todos os servidores desta Casa”, afirmou Ezequiel Ferreira.

O comprometimento e envolvimento com a gestão pública dos gestores da Assembleia do RN chama a atenção do ex-presidente da Unale e deputado estadual, Kennedy Nunes (PSD-SC). “Assim como a transparência e preocupação com o cidadão”, completou. O parlamentar recordou a parceria da Assembleia Legislativa do RN com o Grupo Reviver no mutirão de exames gratuitos de mamografia em 2019. “Vim até aqui e presenciei a Casa aberta para o povo e com a vida comum do cidadão. Fiquei impressionado também com uma feira de artesanato que estava acontecendo. Tudo isso só reforçou a nossa ideia de um prêmio para reconhecer e estimular as ações da Assembleia Legislativa”, disse.

Em sua fala, a atual presidente da Unale, deputada estadual Ivana Bastos (PSD-BA), destacou a importância da mulher na política, a necessidade de ampliar essa representatividade e da premiação. “Essa é a minha primeira visita como presidente da Unale e essa emoção de hoje vai marcar minha vida. A nossa intenção com a criação do prêmio foi para compartilhar as coisas boas. E vocês (Assembleia Legislativa do RN) fizeram a diferença no evento”, disse.

Também participaram da solenidade o procurador-geral do estado, Luiz Antônio Marinho, o conselheiro geral de Natal, Genildo Pereira, o secretário geral da Unale, Gustavo Carvalho, o diretor geral da Assembleia Legislativa do RN, Augusto Viveiros, o diretor geral da Unale, Germano Stevens, e os deputados Tomba Farias (PSDB), George Soares (PL), Getúlio Rego (DEM), Isolda Dantas (PT), Francisco do PT, Albert Dickson (PROS) e Hermano Morais (PSB).

Legis RH

A premiação contempla os destaques nas categorias Gestão, Atendimento ao Cidadão e Projetos Especiais com o objetivo de incentivar as boas práticas de gestão. A ferramenta Legis RH conquistou o 1º lugar nacional na categoria Gestão.

Para participar do prêmio ainda na etapa das inscrições houve avaliação da qualidade do trabalho da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. E, num segundo momento foi a análise pela banca julgadora, formada por representantes da ouvidoria do Tribunal de Contas da União (TCU), Ouvidora-Geral da União (OGU), Escola Nacional de Administração Pública (Enap), Defensoria Pública do Estado da Bahia (DP/BA) e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que deram notas para os itens: eficiência, criatividade, inovação, resultados e replicabilidade.

O Legis RH é utilizado no setor de Recursos Humanos e Folha de Pagamento da Casa, e gerou uma economia de mais de 75% com sistemas utilizados antes deste período, possibilitando o investimento em insumos e infraestrutura.

A ferramenta premiada despertou o interesse de outros legislativos, como foi o caso da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), que enviou para a sede Potiguar, no início de dezembro de 2019, três técnicos em informática, com o objetivo de conhecer os programas desenvolvidos pela Diretoria de Gestão Tecnológica da Casa.

Na semana passada, servidores da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte apresentaram em São Paulo detalhes do sistema Legis RH para implantação na Alesp.

As Casas Legislativas da Bahia, Rio de Janeiro, Pernambuco e Mato Grosso também demonstraram interesse em conhecer o sistema desenvolvido pelos servidores potiguares e, em breve, estimam visitar a sede do Rio Grande do Norte.