Governadora abre 18ª Feira Internacional do Artesanato

FIART Abertura da Feira de Artesenato - Fotos: Ivanizio

A governadora Rosalba Ciarlini participou, na noite desta segunda-feira (21), do lançamento oficial da 18ª Feira Internacional do Artesanato (Fiart), que está sendo realizada até o próximo dia 27, no Centro de Convenções, na Via Costeira, em Natal. Na ocasião, a chefe do Executivo Estadual prestigiou o artesanato potiguar representado por mais de 2 mil artesãos potiguares que estão expondo seus trabalhos por meio do Programa Estadual de Artesanato (Proart). A Fiart conta com a ação integrada das Secretarias de Estado do Turismo, do Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas) e da Secretaria Extraordinária da Cultura.

Durante a solenidade de abertura, a governadora Rosalba Ciarlini ressaltou a importância do crescimento do artesanato potiguar e do intercâmbio cultural com os diversos países presentes na Feira. “O nosso artesanato está evoluindo, através da arte da nossa gente que produz peças belíssimas, gera emprego e renda e que os turistas levam de lembrança para não esquecer os encantamentos do Rio Grande do Norte. Prestigiar a Fiart é ver crescer o artesanato do nosso Estado, é ver o RN pelas mãos dos nossos artistas”, afirmou, acrescentando que, nos últimos dois anos, o Governo do Estado triplicou o número de artesãos incluídos no Proart.

Para o secretário estadual de Turismo, Renato Fernandes, o turista que vem ao Rio Grande do Norte leva na bagagem a cultura local e, por isso, uma feira como a Fiart é tão importante. “A Fiart é a cultura do povo. É um evento que mostra as belezas do Estado, a cultura do povo potiguar e, feito na alta estação, mantém a ocupação hoteleira alta e, ainda, promove um intercâmbio com a cultura mundial”, pontuou o titular do Turismo.

De acordo com o secretário da Sethas, Luiz Eduardo Carneiro, os benefícios do trabalho desenvolvido pelo Governo junto aos artesãos são visíveis. “Demos um salto, não apenas de quantidade, mas também de qualidade. No ano passado, o RN participou de todas as feiras realizadas em todo o País e isso é prova de que a nossa política de formação está dando certo”, concluiu o secretário.

O organizador do evento, Neiwaldo Guedes, agradeceu o apoio e a participação do Governo do Estado. “É muito gratificante ver o artesanato ocupando cada vez mais espaços e contribuindo para a geração de emprego e renda do nosso povo”. Também prestigiaram a solenidade, os secretários estaduais de Desenvolvimento Econômico, Rogério Marinho, de Tributação, Airton Pinheiro, de Cultura, Isaura Rosado, de Comunicação, Paulo Araújo e, de Assuntos Fundiários e de Apoio à Reforma Agrária, Rodrigo Fernandes, além do presidente do Sistema Fecomércio, Marcelo Queiroz e do Sesc, Zeca Melo.

 NÚMEROS

Em uma área de 7.500 m², a edição 2013 da Feira conta com 385 estandes, dos quais 65 estão sendo ocupados por artesãos potiguares. A Fiart tem a participação de artesãos de 13 países, com representantes dos cinco continentes e beneficia de forma direta e indireta 3,2 mil artesãos, 17 associações e 6 projetos sociais. A expectativa é que, até o dia 27 de janeiro, o evento movimente cerca de R$ 5,7 milhões e receba um público estimado em 70 mil visitantes.

Deixar um comentário