Nova Cruz/RN -

Gás de cozinha chega a R$ 130 no Rio Grande do Norte

O gás liquefeito de petróleo (GLP), o popular botijão de gás de cozinha, passará a ser comercializado por até R$ 130 a partir deste sábado (12) no Rio Grande do Norte. Em algumas cidades, o preço já estava sendo praticados nesta sexta (11). O valor vai sofrer reajuste em virtude do aumento anunciado pela Petrobras de 16,1% para as distribuidoras.

No RN, o preço médio do botijão na semana entre 27 de fevereiro e 05 de março era de R$ 109,49

No RN, o preço médio do botijão na semana entre 27 de fevereiro e 05 de março era de R$ 109,49

“Quem tem estoque vai continuar vendendo com o preço antigo, mas quem vai recebendo estoque novo, já faz o repasse com preço novo. A orientação aos nossos revendedores é de repassar o preço somente quando receber o botijão com preço novo da Petrobras”, explica o presidente do Sindicato dos Revendedores Autorizados de Gás Liquefeito de Petróleo (Singás-RN), Francisco Correia.

O valor vai sofrer novo reajuste em função do aumento de 16,1% para as distribuidoras, anunciado pela Petrobas. Segundo a estatal, o preço passará de R$ 3,86 para R$ 4,48 por kg, equivalente a R$ 58,21 por 13kg.

O produto não era reajustado há 152 dias. No RN, o preço médio na semana entre 27 de fevereiro e 05 de março era de R$ 109,49, podendo chegar a preço máximo de R$ 120, segundo pesquisa da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

“Após  serem observados preços em patamares consistentemente elevados, tornou-se necessário que a Petrobras promova ajustes nos seus preços de venda às distribuidoras para que o mercado brasileiro continue sendo suprido, sem riscos de desabastecimento, pelos diferentes atores responsáveis pelo atendimento às diversas regiões brasileiras: distribuidores, importadores e outros produtores, além da Petrobras”, diz nota da estatal.

Em Natal, vários comerciantes reclamam e lamentam do reajuste. É o caso de Washington Araújo Lima, 31 anos, que vende pasteis na avenida Rio Branco, na Cidade Alta. Após o anúncio do reajuste, ele disse que vai avaliar a possibilidade de subir o preço dos pasteis, atualmente custando a R$ 1,50.

“Fica ruim para todo mundo. Está chegando numa situação insuportável. Vou tentar segurar o preço, porque o pessoal já acha um pouco salgado, mas vou tentar segurar o preço, não sei se vou conseguir”, comenta.

Para Domingos Sávio, 65, dono de um restaurante há 22 anos na avenida Princesa Isabel, apesar do aumento no gás de cozinha, reajustar o valor do almoço não é algo pensado neste momento.

“Eu tenho algumas opções para mudar, como a carne, legumes, mas gás, energia e água não tem o que fazer. Não penso em aumentar o preço, porque se reajusto, afasta o cliente. Pra muita gente, R$ 0,50 faz diferença. Meu reajuste é anual, teve período de segurar para mais de um ano”, explica.

O vendedor de churros e pasteis, Francisco Silva, 50 anos, também lamenta o reajuste no botijão de gás e pensa parecido sobre aumentar os valores dos seus produtos.

“Um botijão desse dura 15 dias. Esse aumento fica difícil, a gente não vê nada de coisa boa, só aumento e cada vez vai ficando difícil, o que a gente ganha vai ficando defasado, a inflação come tudo. Fica difícil aumentar porque as coisas estão aumentando e não se pode repassar porque o dinheiro está circulando pouco. Se aumentar afasta os clientes”, diz.

As elevações nos preços de combustíveis costumam se espalhar por outros produtos e serviços da economia, contaminando a inflação como um todo, declarou Pedro Kislanov, gerente do Sistema de Índices de Preços do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).”É um impacto que não fica localizado nos combustíveis, mas, sim dissemina para outros componentes”, disse Kislanov.

“Quando você tem uma alta tanto da gasolina quanto do diesel, você acaba tendo um efeito disseminado na economia como um todo, como frete serviços. Acaba impactando os preços dos bens e serviços que compõem o IPCA”, completou. A gasolina é o item de maior peso no IPCA, 6,47%. O gás de botijão tem peso de 1,37%.

Fonte: Tribuna do Norte

Sem federação com PT, PSB pode sofrer debandada de deputados

Com a derrocada das negociações por uma federação com o PT, o PSB pode ver até 10 dos seus 30 deputados irem para outras legendas.

É o caso de Júlio Delgado (MG), que analisa a possibilidade de sair após 13 anos de partido. Ele disse que iria para o seu estado neste final de semana avaliar a situação da sua candidatura.

Liziane Bayer (RS) é outra que aguarda as composições nos estados para definir para qual legenda irá. Marcelo Nilo (BA) anunciou a desfiliação. Jefferson Campos (SP), também de saída, disse que não cogita “em hipótese alguma” ir para um partido de esquerda.

Esses deputados contavam com a formação da federação para formar suas alianças. Alguns podem migrar para o PV, que fechou a federação com o PT, como forma de garantir a presença nesse guarda-chuva. Mas por conta das especificidades locais de cada candidatura, os deputados afirmam que dificilmente haverá uma saída em bloco para uma mesma legenda.

Parlamentares que ficarão afirmam que a cúpula do partido tem tentado ajudar caso a caso para ajudar na formação das chapas e com fornecimento de recursos. Alguns já deveriam sair, com ou sem federação. Mas a debandada não mudará a posição do PSB sobre a federação. Um deputado disse que o partido não quer abrir mão da sua autonomia e virar uma “tendência dentro do PT”, fazendo alusão às correntes internas da legenda.

Depois de cerca de quatro meses de negociações, PT, PC do B e PV decidiram formar uma federação partidária.

O PSB, que negociava até então com as siglas, optou por ficar de fora da união de partidos, pelo menos por enquanto.

A federação prevê que as siglas ficarão unidas ao longo de quatro anos em âmbito nacional, estadual e municipal.

Folhapress

Seis alimentos que podem ajudar a combater a depressão

A depressão clínica é uma doença do foro psiquiátrico que pode surgir devido a uma combinação de fatores genéticos, biológicos, ambientais e psicológicos.

Segundo o nutrólogo Roberto Navarro, em declarações ao portal Nova Mulher, o cérebro humano produz substâncias denominadas de neurotransmissores que controlam inúmeras funções neuronais. Sendo que um desses neurotransmissores, a serotonina, promove a sensação de bem-estar, regulando o humor e a sensação de saciedade.

Ora, determinados alimentos podem ajudar a elevar os níveis de serotonina no organismo melhorando o bem-estar, e consequentemente auxiliando no combate à depressão. De salientar, que estes alimentos não substituem o acompanhamento médico, a toma de medicamentos e psicoterapia.

Leite e iogurte magro

Estes laticínios são excelentes fontes de cálcio – mineral que elimina a tensão e a depressão, revela o portal Nova Mulher. Os especialistas afirmam que o cálcio auxilia ainda no controle do nervosismo e irritabilidade. Adicionalmente, interfere com as contrações musculares, batimentos cardíacos, com a transmissão de impulsos nervosos e regulariza a pressão arterial.

Laranja e maçã

Ambas as frutas comportam um elevado teor de ácido fólico, cujo consumo está associado a menor incidência de sintomas depressivos.

A laranja e a maçã são igualmente ricas em vitamina C, promovendo o ótimo funcionamento do sistema nervoso, aumentando os níveis de energia, ajudando a combater o stress e prevenindo a sensação de fadiga.

Banana e abacate

A banana é rica em hidratos de carbono, potássio e magnésio. Além, de ser uma excelente fonte de vitamina B6, que dá energia; ajudar a diminuir a ansiedade e regular o sono.

Entretanto, o abacate é outro grande aliado da saúde mental. Consuma duas colheres de chá da fruta pura (sem açúcar ou adoçante) todos os dias antes de se deitar.

Ovo

O ovo é abundante em tiamina e a niacina – vitaminas do complexo B – que regulam o humor.

Recomenda-se a ingestão de uma unidade por dia.

Mel

O mel estimula a produção de serotonina, o neurotransmissor responsável pela sensação de prazer e bem-estar.

Folhas verdes

Pesquisas indicam que adotar uma dieta rica em folato está relacionada a uma menor prevalência de sintomas depressivos. As hortaliças de tonalidade verde escura, como espinafres, brócolis ou alface, são extremamente ricas no nutriente.

Alguns estudos apontam que indivíduos deprimidos podem apresentar índices reduzidos de vitamina B12, levando consequentemente à diminuição do folato e ao desequilíbrio do metabolismo dos neurotransmissores do cérebro associados ao controle do humor.

Os especialistas recomendam a ingestão diária de três a cinco porções de hortaliça.

 

Polícia Civil deflagra operação no Detran-RN; três pessoas foram conduzidas à delegacia

Foto: Reprodução

A Polícia Civil deflagrou nesta sexta-feira (11) uma operação para apurar suposta fraude no setor de provas teóricas do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RN). A operação foi realizada na unidade do Via Direta e, segundo o próprio Detran, três servidores foram conduzidos para a delegacia para prestar esclarecimentos.

De acordo com nota do Detran enviada ao Portal 96, “a investigação já vinha sendo realizada pela Polícia com a colaboração do Departamento que recebeu a denúncia de possível fraude no setor de prova teórica da unidade, e prontamente encaminhou para a Polícia Civil”. As investigações seguem em sigilo.

Ainda por meio da nota, o Detran informou que “não compactua com qualquer ação irregular e toda e qualquer denúncia é apurada pela direção e órgãos competentes”. A unidade segue funcionando normalmente para quem estiver com serviços agendados de segunda à sexta, das 9h às 18h.

Portal 96 FM

Biden avisa a Putin: “Se tocarem nos países da Otan, vamos responder”

Foto: Reprodução

Ao participar de um evento do partido Democrata, na Filadélfia, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, mandou recados ao mandatário russo, Vladimir Putin. Nesta sexta-feira (11/3), em pronunciamento transmitido ao vivo pela TV, Biden foi categórico ao condenar o conflito no Leste Europeu e recomendou que a guerra não avance para outros países.

“Não queremos a terceira guerra mundial. Se tocarem nos países da Otan, vamos responder”, frisou o norte-americano. A Otan é um grupo de 28 países criados após a Guerra Fria para fortalecer a defesa e a segurança de nações do ocidente. O desejo da Ucrânia em fazer parte da entidade militar desencadeou o conflito no Leste Europeu.

Antes, Biden decretou novas sanções econômicas contra a Rússia. Agora, os norte-americanos não poderão comprar bebidas (como vodka), pescados (como o caviar) e pedras preciosas (como diamantes) russos. Biden adiantou que novas penalidades são estudadas.

“A situação da economia russa piora a cada dia. A Bolsa de Valores vai colapsar quando abrir”, frisou Biden. Os americanos já haviam proibido a compra de petróleo russo, o que desestabilizou o mercado internacional e foi considerada a sanção mais dura até da história.

Metrópoles

Senado aprova regras para estabilização de preço de combustíveis

Plenário do Senado Federal durante sessão deliberativa extraordinária semipresencial. Na ordem do dia, o PL 3.846/2021, que cria a bula eletrônica de medicamentos. Segundo a proposta, os laboratórios poderão inserir um QR code nas embalagens dos remédios para que consumidores acessem informações detalhadas sobre o produto. Também está na pauta, o PL 4.727/2020, que extingue a previsão de pagamento de multa para o advogado que abandonar processo judicial. Em pronunciamento, à mesa, relator do PL 1.472/2021, senador Jean Paul Prates (PT-RN). Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

O projeto foi aprovado na forma de substitutivo do relator, senador Jean Paul Prates (PT-RN) Fonte: Agência Senado

O Plenário do Senado aprovou, nesta quinta-feira (10), o projeto de lei que cria regras para estabilização dos preços de combustíveis (PL 1472/2021). O projeto cria um sistema de bandas de preços, que limitará a variação, e uma conta federal para financiar essa ferramenta. Além disso, estabelece um auxílio de até R$ 300 mensais para motoristas autônomos de baixa renda. O projeto segue para a Câmara dos Deputados.

Durante a votação do texto, os senadores afirmaram que o sistema proposto é a solução “possível” neste momento para a crise do petróleo, mas defenderam que o Brasil busque a autossuficiência na produção de combustíveis para não depender de importações.

O senador Jean Paul Prates (PT-RN), relator do projeto e autor do substitutivo final, afirmou que o Brasil sempre teve ferramentas para amortecer a variação do preço internacional do barril – como a Parcela de Preço Específica (PPE), extinta em 2002, pela qual o Tesouro Nacional compensava a Petrobras. Segundo o senador, a situação em vigor desde 2017, quando a Petrobras estabeleceu a paridade absoluta, corresponde a uma privatização da empresa.

— O mercado brasileiro está sujeito a toda e qualquer oscilação, praticamente em tempo real, do preço internacional, como se a Petrobras fosse integralmente privada ou como se todas essas refinarias fossem privadas, concorrendo com produto importado. O que nós estamos hoje vivendo, com [a paridade], é uma simulação de mercado brasileiro como se nós não produzíssemos nada no Brasil e não refinássemos nada no Brasil — criticou.

Jean Paul também destacou que o sistema de bandas de preço é mais eficiente e confiável para estabilizar os preços do que cortar impostos ou criar subsídios para o setor de petróleo.

— Nós estamos aqui diante da principal ferramenta. Tudo o mais é acessório a essa conta de estabilização, porque a conta de estabilização mexe no preço principal. Isentar ou desonerar impostos pode ser consumido numa simples alta de preço ou numa guerra como esta, em que o preço dá um salto de 10 dólares num dia só ou mais. Consome tudo isso — afirmou.

Os parlamentares que se opuseram ao projeto disseram que ele poderá prejudicar as contas públicas. O senador Oriovisto Guimarães (Podemos-PR) apontou para a possibilidade de desequilíbrio orçamentário. Segundo ele, as fontes indicadas pelo projeto para abastecimento da conta de estabilização são necessárias hoje para financiar outras despesas.

— Os dividendos da Petrobras existem, mas são ridículos. O governo usou esse dinheiro para pagar a dívida interna. Se nós desviarmos esse dinheiro para o fundo de estabilização, o governo terá que emitir título da dívida. Superávit financeiro de fonte livre: o governo usou esse dinheiro para pagar benefícios do INSS. Se nós tirarmos esse dinheiro, podemos comprometer a própria previdência pública. Nenhuma dessas fontes citadas tem dinheiro que não esteja sendo usado. Você vai sempre desfalcar outra fonte — argumentou.

Leia mais no Senado

Fonte: Agência Senado

Cidades VÍDEO: PMs sobem rampa da Governadoria em protesto para reduzir diferença salarial entre categorias da segurança

Policiais militares do Rio Grande do Norte realizaram na manhã desta quinta-feira (10) um protesto no Centro Administrativo para cobrar do Governo do Estado a diminuição das distorções salariais entre as categorias da segurança pública. Um vídeo da manifestação foi publicado nas redes sociais pelo deputado estadual Eliabe Marques (Solidariedade), que é subtenente da PM.

Durante o ato, os PMs entregaram ao governo um projeto para equiparar os salários dos agentes de segurança. Eles reclamam que, entre todas as categorias do segmento, os policiais militares são os que recebem os melhores salários, mesmo com o último reajuste autorizado de 23% – que foi parcelado e terminará de ser pago em novembro deste ano.

Após o protesto, o governo se comprometeu a receber a categoria para uma reunião na próxima quinta (18). Na ocasião, os termos da proposta serão discutidos. A presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares, subtenente Márcia Carvalho, afirma que a categoria tem uma grande diferença salarial em relação às demais.

“A Polícia Militar é a categoria que ganha menos. O compromisso do governo em 2019, quando assumiu, foi que eles iriam tentar reduzir essa distorção. Quando negociaram conosco o aumento de 23%, que ficou em seis parcelas, logo em seguida deram aumento para a Polícia Civil. Voltou a mesma distorção que tinha. Se comprometeram a sentar para reavaliar e fazer uma nova negociação. O governo está terminando e a gente não foi chamado para isso”, enfatiza a presidente.

Um documento formal com propostas para corrigir as distorções salariais foi entregue ao governo após a manifestação.

Portal 98FM

NOVA CRUZ: Prefeito Flávio de Berói autoriza a Pavimentação da Estrada do Serrote que liga a RN – 269

Pavimentação da Estrada da comunidade do Serrote dos Bezerras será realizada e liga a RN – 269 

Pode ser uma imagem de 7 pessoas, pessoas em pé, estrada e árvore

Fotos: Kriss Oliveira

Pode ser uma imagem de ao ar livre

O prefeito da cidade de Nova Cruz, Flávio Cesar Nogueira, esteve visita nesta quarta – feira, 09, ao lado do Secretário Municipal de Obras, Valdo Salú, Secretária de Infra Estrutura do município, engenheiro, técnicos, além do presidente da Câmara, Gelson Vitor e a vereadora Patrícia Lima, aproveitou o momento e autorizou as obras de pavimentação da estrada da comunidade do Serrote dos Bezerras, que liga a RN – 269. Um pleito priorizado pelo prefeito e que dentro de poucos dias as obras terão início. Será sem dúvidas mais uma grande obra, que é destaque em toda uma Região. Trata-se de uma estrada vicinal que da acesso a uma grande comunidade, que nos períodos de inverno moradores e motoristas passam por grandes dificuldades naquele percurso. Com a autorização dos serviços e o início das obras, o prefeito da cidade de Nova Cruz, mostra mais uma vez a sua condição de um verdadeiro representante que faz muito pelo desenvolvimento do município.Pode ser uma imagem de 3 pessoas, pessoas sentadas e ao ar livre

A obra de pavimentação da estrada do Serrote dos Bezerras, dará total condições aos moradores e motoristas que utilizam a estrada. É mais um importante pleito que viabiliza toda uma região, dando total condição no percurso com mais segurança e tranquilidade a uma estrada que há anos os moradores reivindicavam. Uma administração que tão bem aplica os recursos próprios do município e são revertidos em obras para contemplar o desenvolvimento e melhoria de todos os seus munícipes.

Pode ser uma imagem de 7 pessoas, pessoas em pé e céu

PARANÁ PESQUISAS/ESPONTÂNEA: Diferença de Lula para Bolsonaro é de apenas 4,3%

No cenário espontâneo da pesquisa eleitoral realizada pelo Instituto Paraná Pesquisas divulgada nesta quarta-feira (9), a diferença entre Lula e Bolsonaro é de apenas 4,3%.

O ex-presidente Lula aparece com 25,8% das intenções de voto, enquanto o atual presidente, Jair Bolsonaro, ficou com 21,5%.

Cenário Espontâneo

  • Lula (PT) – 25,8%
  • Jair Bolsonaro (PL) – 21,5%
  • Sergio Moro (Podemos) – 2,3%
  • Ciro Gomes (PDT) – 1,9%
  • João Doria (PSDB) – 0,4%
  • Outros nomes citados – 0,3%
  • Ninguém – 9,8%
  • Não sabe / Não respondeu – 37,9%

O levantamento feito entre os dias 3 e 8 março de 2022, em 164 municípios de 26 estados e do Distrito Federal. No total, foram ouvidos 2020 eleitores. A pesquisa contratada pela BGC Liquidez foi registrada junto ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o protocolo BR-06682/2022.

PSB desiste de Federação com o PT

Foto: Humberto Pradera/Divulgação PSB

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, anunciou nessa quarta-feira (9) que o partido não integrará a federação partidária em negociação com PT.

PSB e PT tiveram divergências nos Estados. A começar do Espírito Santo, que o governador Renato Casagrande (PSB) vai disputar a reeleição e o PT vai lançar candidato próprio.

No entanto, o PSB continua apostando na filiação do ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

Fonte: Blog do BG

Empresas de telemarketing têm prefixo obrigatório a partir de hoje

Smartphone, celular, em uso.

© Tânia Rêgo/Agência Brasil

Código 0303 aparecerá no início do número

Por Luciano Nascimento – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Começa a valer, a partir desta quinta-feira (10), o uso obrigatório do prefixo 0303 na ligações realizadas para clientes pelas empresas de telemarketing. A mudança, anunciada no final do ano passado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), tem o objetivo de ajudar os usuários a identificarem facilmente esse tipo de ligação e decidir se vão aceitar a chamada.

O código aparecerá no início do número de qualquer ligação que vise a ofertar produtos ou serviços. As mudanças valem apenas para as prestadoras de telefonia móvel. Daqui a 90 dias, deverão ser implementadas também pelas operadoras de telefonia fixa.

Segundo a Anatel , o uso do código 0303 será exclusivo e obrigatório para atividades de telemarketing ativo, prática de oferta de produtos ou serviços por meio de ligações ou mensagens telefônicas, previamente gravadas ou não. A medida determina que as redes de telecomunicações permitam a identificação clara do código no visor do aparelho.

Além disso, as operadoras deverão fazer o bloqueio preventivo de chamadas originadas de telemarketing ativo a pedido do consumidor. Também caberá às teles empregar os meios tecnológicos necessário para coibir o uso fora das regras estabelecidas pela Anatel.

Câmara de Santo Antônio aprova projeto do prefeito Raulison para pagamento do reajuste de 33,24% no piso salarial dos professores

A Câmara Municipal de Santo Antônio aprovou em sessão ordinária na manhã desta quarta-feira (09), o Projeto de Lei n° 007/2022, de autoria do Poder Executivo Municipal, que autoriza o reajuste de 33,24% no piso salarial dos professores da rede municipal de ensino, conforme proposto pelo Governo Federal. O pagamento do piso dos professores foi anunciado pelo prefeito Raulison Ribeiro na abertura da semana pedagógica reforçando o compromisso com a valorização da categoria e a educação municipal.

Pelo texto, o reajuste já começará a ser pago na folha deste mês de março.

O projeto foi aprovado com uma Emenda Modificativa proposta pelo vereador Francicarlos do Sindicato (PT), que estabelece um prazo de até julho para pagamento do valor retroativo aos meses de janeiro e fevereiro.

O projeto foi aprovado por unanimidade dos vereadores presentes e segue para a sanção do Chefe do Executivo Municipal.

Shoppings de Natal deixam de cobrar uso de máscaras aos clientes

Foto: Adriano Abreu

Pelo menos dois shoppings de Natal já não cobram mais o uso de máscaras para os clientes que chegam nesta quarta-feira (9). A decisão é embasada no decreto municipal que tornou facultativo o uso dos equipamentos na cidade. A reportagem da Tribuna do Norte confirmou que o Midway Mall e Natal Shopping, na zona Sul, já não exigem mais que as pessoas estejam de máscara.

Em entrevista ao Tribuna Livre, da Jovem Pan News Natal, o secretário chefe do Gabinete Civil da Prefeitura do Natal, Johan Alves Xavier, informou que a medida vale imediatamente e para todos os ambientes, abertos ou fechados, no âmbito da capital. A decisão para a liberação, segundo ele, foi embasada em posicionamento do Comitê Científico do Município.

Assinado pelo prefeito Álvaro Dias, nesta quarta-feira (9), a decisão considerou “a diminuição sistemática no número de atendimentos de casos com covid-19 nas unidades de saúde”.

O decreto foi publicado um dia depois de o governo estadual também anunciar que desobrigaria o uso do equipamento de proteção no Rio Grande do Norte. No entanto, a decisão estadual só vai ser publicada no dia 16 deste mês e valerá para ambientes abertos. A decisão da prefeitura da capital já está em vigência e em todos os âmbitos, ao ar livre ou em ambientes fechados.

Leia mais: URGENTE: Uso de máscara em Natal passar a ser facultativo

Tribuna do Norte

Bolsonaro fará nova visita ao RN em março, desta vez a Parnamirim

O presidente Jair Bolsonaro (PL) deverá fazer uma nova visita ao Rio Grande do Norte ainda no mês de março. O presidente é aguardado em Parnamirim no próximo dia 23, uma quarta-feira, para a cerimônia de inauguração da expansão do sistema de trens urbanos da Grande Natal.

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, pré-candidato a senador com apoio de Bolsonaro, participará da agenda. Será um dos últimos compromissos de Rogério no cargo, já que ele tem até 2 de abril para deixar o ministério caso queira ser candidato nas eleições 2022.

Segundo a assessoria do ministro, a presença de Bolsonaro em Parnamirim ainda não está confirmada oficialmente, mas deverá acontecer. Os detalhes da viagem e a confirmação do percurso serão fechados mais perto do dia da inauguração. A Prefeitura de Parnamirim já foi comunicada da intenção da visita do presidente.

Em Parnamirim, Bolsonaro deverá visitar as três novas estações do sistema de trens urbanos da Grande Natal: Centro, Boa Esperança e Cajupiranga. As duas primeiras já estão prontas, e o trem já voltou a circular no trecho entre Centro e Boa Esperança, passando pelo Jardim Planalto, após décadas de desativação.

Ao todo, serão construídos 23,4 Km de vias na linha Sul do sistema de trens, com quatro novas estações a partir de Parnamirim, passando por São José de Mipibu e chegando até Nísia Floresta. O investimento federal é de R$ 58,3 milhões. A obra é da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), vinculada ao Ministério do Desenvolvimento Regional.

 

Portal 98 FM

NOVA CRUZ: Secretaria de Assistência Social presta homenagem ao dia da Mulher

Primeira Dama e Secretária de Assistência Social, Andréa Milena esteve participando do evento nesta terça – feira.

Pode ser uma imagem de 2 pessoas, pessoas em pé e área interna

Fotos: Kriss Silveira

Pode ser uma imagem de 16 pessoas e pessoas em pé

Pode ser uma imagem de 5 pessoas, pessoas em pé e área interna

Pode ser uma imagem de 3 pessoas, pessoas em pé e ao ar livre

Pode ser uma imagem de 8 pessoas, criança, pessoas sentadas, pessoas em pé e óculos

A Secretaria Municipal de Assistência Social através dos programas, SEMEAR, CRAS CENTRO, CRAS FREI DAMIÃO, CCI e outros programas, nesta terça – feira , 08 de março promoveram um dia inteiro para as mulheres novacruzenses. Na oportunidade foi realizada uma programação especial com diversas atividades para homenagear as mulheres. O evento contou com a presença da Secretária de Assistência Social, Andréa Milena, coordenadoras e servidoras dos diversos órgãos da secretaria municipal da cidade de Nova Cruz.

Nenhuma descrição de foto disponível.

Pode ser uma imagem de 4 pessoas, criança e pessoas em pé

Pode ser uma imagem de 2 pessoas e pessoas em pé

 

Senado vota projetos para controle de preço dos combustíveis.

Posto de gasolina

Aumento das tensões no Leste Europeu e embargo ao petróleo e ao gás russo pressionam o preço da gasolina no Brasil

Escalada do valor do barril de petróleo registrada nos últimos dias trouxe urgência à aprovação das medidas

PODER360

O Senado votará nesta 4ª feira (9.mar.2022) 2 projetos para controle dos preços dos combustíveis. O PLP (projeto de lei complementar) 11/2020, que muda o cálculo e a cobrança do ICMS sobre os produtos, e o PL (projeto de lei) 1.4721/2021, que cria um fundo de estabilização de preços custeado, entre outras coisas, com os dividendos da Petrobras. Ambos os textos têm como relator o líder da minoria na Casa, senador Jean Paul Prates (PT-RN).

A sessão está agendada para às 16h. Mais cedo, às 8h30, o relator terá uma reunião com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e com o ministro da Economia, Paulo Guedes, para discutir as propostas.

Prates disse na noite de 3ª feira (8.mar) que não deve fazer grandes alterações no que já foi apresentado, “a não ser que venham com um argumento realmente forte”. É possível, no entanto, que acate mudanças menores para angariar apoio aos textos. “Eu vi as emendas e não tem nada de mais. Tudo que o governo está falando agora já está no projeto.”

Por falta de acordo, em 23 de fevereiro, os 2 projetos tiveram votação adiada. Alguns senadores apontaram possíveis prejuízos aos Estados, outros manifestaram preocupação com o preço ao consumidor. No dia 16, as propostas já tinham sido retiradas de pauta para que o relator construísse um texto consensual.

O relator admitiu que a solução apresentada “não é completa”, mas “é a solução possível” no momento. Ele disse acreditar na aprovação de pelo menos 1 dos textos nesta 4ª.

Leia mais no Poder 360 

Pleno do TRE RN mantém cassação da prefeita e do vice-prefeito de Pedro Velho

Nesta terça-feira (8) é comemorado o Dia Internacional da Mulher

Corte decidiu ainda pela aplicação de multa e realização de novas eleições

Em sessão Plenária realizada nesta terça (8), a Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN), por maioria de votos, manteve a cassação do diploma e o afastamento imediato do cargo da prefeita e do vice-prefeito do município de Pedro Velho, Dejerlane Macedo e Inácio Rafael da Costa, em decorrência de abuso de poder político. Também ficou acordada a aplicação de multa de 50 mil UFIR, a aplicação da sanção de inelegibilidade para as eleições a se realizarem nos oito anos subsequentes à eleição de 2020, bem como a realização de novas eleições no município.

O desembargador Claudio Santos, relator do processo, votou a favor da condenação da prefeita e seu vice, bem como a realização de novas eleições no município. “Não julgamos pessoas, julgamos fatos. E após ouvir os depoimentos constantes dos autos e ler a peça técnica do Tribunal de Contas do Estado, não pode ser outra conclusão: Em consonância parcial com o Ministério Público Eleitoral, voto pelo desprovimento do recurso por fim de manter a condenação”, declarou.

O parecer da Procuradoria Regional Eleitoral também foi no sentido de manter a sentença de primeiro grau. “Quanto ao mérito, as contratações de pessoal foram completamente irregulares. Existe julgamento do Tribunal de Contas do Estado sobre isso. Não houve observância de qualquer regramento, exigência ou requisito legal. E não foi somente isso. As pessoas contratadas nessa situação sofriam pressões para que apoiassem ou votassem na candidata investigada, segundo depoimentos constantes nos autos. Corretamente acabaram sendo condenados e atingidos pelas sanções aplicadas pela sentença de primeira instância. Então, por tudo isso, a manifestação do Ministério Público, reiterada nesta oportunidade, foi no sentido da manutenção da sentença”, disse o procurador Regional Eleitoral, Rodrigo Telles.

O presidente do TRE-RN, desembargador Gilson Barbosa, o juiz José Carlos Dantas (com as ressalvas), as juízas Adriana Magalhães e Érika Paiva também acompanharam o voto do relator do processo. Vencido o Juiz Geraldo Mota. O juiz Marcello Rocha afirmou suspeição para atuar no feito.

 

Inscrições do primeiro Fies de 2022 vão até a próxima sexta-feira

Fundo de Financiamento Estudantil,Fies

© Marcello Casal JrAgência Brasil

Inscritos poderão escolher três opções de cursos de graduação

Por Luciano Nascimento – Repórter da Agência Brasil – Brasília

As inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do primeiro semestre de 2022 começaram hoje (8) e terminam na sexta-feira (11). A inscrição pode ser feita no Portal Único de Acesso ao Ensino Superior. O resultado dos pré-selecionados será divulgado no dia 15 de março.

Nesta edição foram disponibilizadas 66.555 mil vagas. Poderão pleitear as vagas aqueles estudantes que realizaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir da edição de 2010 e obtiveram média mínima de 450 pontos e nota superior a zero na redação.

Para se inscrever no Fies, os candidatos precisam fazer o cadastro no Portal Único. O acesso é feito por meio de login no portal Gov.br. Os estudantes precisam informar o CPF e a senha. Caso não tenham conta no portal, é possível cadastrar uma nova.

No momento da inscrição, o concorrente pode escolher até três opções de cursos de graduação dentre aqueles disponíveis no grupo de preferência. Os cursos poderão ser alterados até o final do prazo de cadastro.

Pelo cronograma do Fies, o resultado dos pré-selecionados em chamada única será divulgado no dia 15 de março; a complementação das informações será realizada no período de 16 a 18 de março e a lista de espera vai de 16 de março a 28 de abril.

Sobre o Fies

O Fies é um programa do Ministério da Educação (MEC), instituído pela Lei nº 10.260, de 12 de julho de 2011, que tem por objetivo conceder financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC e ofertados por instituições de educação superior privadas aderentes ao Programa.

Lewandowski toma posse como ministro do TSE

Ministro Ricardo Lewandowski durante sessão da 2ª turma do STF.

© Nelson Jr./SCO/STF

Ministro ocupará o lugar deixado por Luís Roberto Barroso

Por André Richter – Repórter da Agência Brasil – Brasília

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski tomou posse hoje (8) como membro efetivo do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), órgão responsável pela organização das eleições. 

O ministro ocupará o lugar deixado por Luís Roberto Barroso, que encerrou o mandato de quatro anos na Corte Eleitoral.

A escolha de Lewandowski, que também é ministro do STF, para ocupar uma cadeira no TSE foi feita de maneira simbólica durante votação realizada no mês passado. Pela regra, a escolha é feita por antiguidade e o ministro já ocupava o cargo de ministro substituto. Ele também foi ministro do tribunal em 2012.

O TSE é composto por sete ministros, sendo três do STF, dois do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e dois advogados com notório saber jurídico. Além do empossado, os ministros do Supremo Alexandre de Moraes e Edson Fachin, atual presidente, também compõem o tribunal.

Lewandowski tem 73 anos e foi nomeado para o STF pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2006. Ele formou-se em Direito pela Universidade de São Paulo (USP). No Supremo, o ministro foi o revisor da Ação Penal 470, o processo do mensalão, e relatou processos sobre a proibição do nepotismo no serviço público e das cotas raciais nas universidades federais.

Caixa, BB e Banco do Nordeste oferecerão crédito rosa para mulheres

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, é entrevistada no programa A Voz do Brasil.

© Valter Campanato/Agência Brasil

Ministra Damares falou sobre medidas de incentivo para empreendedoras

Por Agência Brasil* – Brasília

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves falou hoje (8) – Dia Internacional da Mulher – sobre as iniciativas do governo federal para garantir o respeito, a dignidade, os direitos e oportunidades para as mulheres brasileiras.

Assinados hoje pela manhã pelo presidente Jair Bolsonaro, os decretos que instituem a Estratégia Nacional de Empreendedorismo Feminino e o programa Mães do Brasil celebram a data alusiva às mulheres com oportunidades de inclusão, educação e empreendedorismo, informou a ministra.

Segundo Damares, além de uma linha especial de crédito para as chamadas “nanoempreendedoras”, cursos de formação e aperfeiçoamento serão oferecidos em todo o Brasil. Linhas do chamado “crédito rosa” estarão disponíveis na Caixa, Banco do Brasil e no Banco do Nordeste exclusivamente para empreendedoras femininas.

“Acreditamos que a retomada econômica vai passar pela mão das mulheres”, frisou a ministra.

Saúde menstrual

Durante a entrevista para o programa A Voz do Brasil, a ministra explicou que a lei que institui o programa de saúde menstrual no Brasil já havia sido sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro. A iniciativa, no entanto, não contava com previsão orçamentária em 2021. Já em 2022, há previsão de R$ 86 milhões para aquisição de absorventes íntimos. Segundo Damares, a verba aumentará em 2023 para R$ 130 milhões.

“Esse não é um programa barato. Ele é contínuo. Teremos absorventes todos os dias nos postos de saúde, nas unidades de assistência social e também para as mulheres que estão no cárcere”, explicou.

Inicialmente o programa de saúde menstrual priorizará a população inscrita no CadÚnico e que é beneficiária do Auxílio Brasil. Segundo informou Damares, cerca de três milhões de mulheres terão acesso aos absorventes distribuídos pelo governo.

Programa Mães do Brasil

A ministra Damares Alves informou que o programa Mães do Brasil servirá como centro de iniciativas transversais entre diversos órgãos da administração pública, que oferecerão assistência para mulheres em todas as fases do desenvolvimento gestacional.

“Mães do Brasil veio para atender uma lacuna no atendimento à mãe gestante. A mulher tem que ser atendidade de uma forma mais integral: aquela mãe que está com depressão, aquela mãe que necessita de enxoval, aquela gestante que precisa de um acompanhamento mais de perto porque já tem um filho com uma deficiência ou uma doença rara. O programa vem para abranger inúmeras áreas”, informou. Entre as pastas que fazem parte do programa estão o Ministério da Saúde, o Ministério do Desenvolvimento Regional, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e os órgãos integrantes do Sistema S.

“Quando eu cuido de uma grávida, eu cuido de uma criança. Estou garantindo para essa criança mais qualidade de vida”, complementou.

Mortalidade materna

Damares informou ainda que um dos focos de trabalho da pasta comandada por ela é a humanização dos partos e a redução da mortalidade materna. “Nós precisamos fazer o enfrentamento [da mortalidade materna]”, disse a ministra.

“Vamos trabalhar a violência obstétrica e o momento do parto – esse momento tão sublime para uma mulher. Mas vamos garantir também a nutrição dessa mulher. Paralelo a isso, eu quero garantir a essa mulher equilíbrio emocional. O cuidado dela como um todo será trabalhado”, complementou.