Nova Cruz/RN -

Festejos Juninos em Montanhas e Nova Cruz

MONTANHAS
UMA SUPER ESTRUTURA DE VÁRIOS SHOWS DE FORRÓ PÉ DE SERRA
O festejo junino da cidade de Montanhas foi de arrebentar. O dia 28 de junho foi a ultima noite de uma elástica programação dos festejos juninos, promovida pela Prefeitura Municipal de Montanhas. Que teve inicio no dia 12 de junho, no bairro Cidade Nova, Centro da cidade e prosseguiu até o dia 28, oportunidade foi realizado o ultimo show no bairro de Boa Esperança. Os festejos contaram com torneio de quadrilhas, quermesses e os mais variados shows promovidos pelas tradicionais bandas de forró. Participação de políticos, estaduais: Poti Junior e Márcia Maia, além da deputada federal, Fátima Bezerra, lideranças e do povo em geral. A prefeita de Montanhas, Letinha ficou satisfeita com a realização dos festejos juninos.

vereadora Fá, prefeita Letinha e a deputada Márcia Maia

Leonice, Itamar, Amanda, Betinho Moreira e Juliana

O povão fez a festa em Montanhas

Odair de Montanhas e sua esposa Sheyla
A juventude fez a festa na cidade de Montanhas

NOVA CRUZ
UM MEGA SÃO PEDRO DO POVÃO
O município de Nova Cruz, este ano vivenciou um dos melhores São Pedro, que este ano foi denominado de “São Pedro do Povão” e da historia cultural do município. Isso só foi possível, graças a uma parceria da Prefeitura Municipal e do Governo Federal, através do Ministério do Turismo. O prefeito Flávio Azevedo, elaborou uma vasta programação que atendeu a todos que gosta de um forró pé de serra. A zona rural foi prestigiada através das comunidades de: Lagoa Limpa do Fernandes, Serrote dos Bezerros, Assentamento e Conceição.
Já na sede do município os bairros prestigiados foram eles: Cidade do Sol e Salgado. Além da concentração maior do evento que foi no largo da rodoviária que contou com uma mega estrutura e os super show de emoções promovidas pelas tradicionais atrações e bandas de expressão do Norte e Nordeste. Além das presenças dos senadores:Garibaldi e Rosalba Ciarline e os deputados João Maia e Arlindo Dantas.
Veja algumas fotos de divulgação dos eventos:
O prefeito Flávio Azevedo agradecendo ao povo e toda sua equipe de apoio

Equipe de Apoio da Prefeitura Municipal de Nova Cruz

Premiações foram entregues aos representantes das quadrilhas vencedoras

Correliogionarios e amigos ao lado de Flávio Azevedo

Henrique Alves, Silvinha e João da Amap

Flávio, Henrique, Elias Fernandes e o prefeito Chico de Erasmo

Ônibus do forró também fez a festa nas pricipais ruas de Nova Cruz

Esposa do vereador Dinho e Gelson Vitor ao lado da noiva

Dr. Zezinho pai de Flávio, João Maia, Max e Flávio Azevedo

Luis Celso, Jornalista Pinheiro, Garibaldi e Flávio Azevedo

O povão que marcou presença na grande festa do São Pedro

Dr. Tota, esposa e Ana Carla

Flávio Azevedo, Henrique Alves, Ana Carla e Elias Fernandes

O veredor Gelson Vitor, Antonio Gomes e Flávio Azevedo

O vereador Dinho, Fernando Bezerra e Gelson Vitor

Senado – a situação de Sarney

Agripino: ‘Sarney tem de se licenciar da presidência’
Líder do DEM levará sua posição à bancada, nesta terça
Virgílio busca aval do tucanato para posição antiSarney
Lula cobra do PT apoio ‘claro’ ao presidente do Senado
Renan escora o aliado nas bancadas do PMDB e do PTB
Fotos: ABr e Ag.Senado
José Sarney perdeu o apoio de um de seus mais importantes aliados. José Agripino Maia, líder do DEM, quer vê-lo longe da cadeira de presidente do Senado.

Passou a defender a tese de que Sarney precisa se licenciar do cargo até que sejam esclarecidas todas as denúncias que rondam sua gestão.

“Gosto muito do Sarney, mas gosto muito mais do meu partido”, disse Agripino ao blog na noite passada.

“A credibilidade do partido perante a opinião publica está em jogo. Para que as investigações tenham o respeito da sociedade é preciso que sejam isentas…”

“…E a isenção só será obtida na hora em que o presidente Sarney pedir licença. Não há meio termo. Ele tem de se licenciar do cargo”.

Nesta terça (30), Agripino vai expor sua posição à bancada de senadores do DEM. Deseja converter a opinião pessoal em decisão formal do partido.

Excluído o líder, a bancada ‘demo’ congrega 13 senadores. É a segunda maior do Senado. Junto com PMDB e PTB, constitui o miolo da base que escora Sarney.

Tomado individualmente, o reposicionamento de Agripino é péssimo para Sarney.

Referendado pela maioria dos senadores ‘demos’ será o mais duro golpe contra a presidência de Sarney desde a eleição, em fevereiro.

Convertida em decisão A posição individual de Agripino representa duro golpe contra exposição exposição So perde para o PMDB, que tem 19.

A perspectiva de reviravolta vinha sendo esboçada desde que se descobriu, na semana passada, que um neto de Sarney agencia empréstimos no Senado.

Num primeiro momento, Agripino cobrara explicações. Sarney redigiu uma carta. Enviou-a aos 80 senadores. Mas seu alvo principal era o DEM.

No texto, Sarney anota que empresa Sarcris, do neto José Adriano Cordeiro Sarney, começou a operar no Senado quando ele ainda não ocupava a presidência.

Escreve que tomou a iniciativa de pedir à Polícia Federal que investigue o caso. Lorota. Em verdade, a PF já havia guindado o neto à condição de investigado.

Para desassessego de Sarney, Agripino considerou a carta insuficiente. Daí a cobrança do pedido de licença. Coisa breve.

“Sarney prestará um serviço à instituição na hora em que se licenciar, com o compromisso de que as investigações aconteçam num prazo célere…”

“…É peciso que as coisas se esclareçam, numa investigação que envolva também o Senado, o Ministério Público e o TCU…”

“…Esclarecendo-se tudo, com a rapidez que o caso exige, vai ficar claro se ele pode ou não voltar ao cargo”.

A hipótese da licença é, por ora, rejeitada por Sarney. É rechaçada também por Renan Calheiros, líder do PMDB.

Com a experiência de quem já viveu uma crise que lhe custou o cargo de presidente do Senado, Renan acha que, depois de uma licença, Sarney não volta à cadeira.

Renan administra os humores do PMDB –controla pelo menos 17 dos 19 senadores— e do PTB, dono de sete integrantes.

Além do DEM, PSDB e PT também reunirão suas bancadas nesta terça. Os temas, por incortonáveis, serão os mesmos: Sarney e a crise do Senado.

Depois de anunciar uma representação contra Sarney no Conselho de Ética, o líder tucano Arthur Virgílio tenta atrair a sua bancada para a sua cruzada.

Na noite passada, O líder tucano ruminava a expectativa de obter da maioria de seus liderados ao menos o apoio ao pedido de licença de Sarney.

Algo que, se vier a ocorrer, acomodará no comando do Senado o vice-presidente tucano do Senado Marconi Perilo (GO).

No PT, o líder Aloizio Mercadante vê-se compelido a sustentar a posição cobrada por Lula: apoio irrestrito a Sarney.

O presidente não quer nem ouvir falar na hipótese de saída do aliado, ainda que por meio de licença.

Primeiro porque não suporta a idéia de ver o Senado presidido pelo tucano Perilo, um dos denunciantes do mensalão.

Segundo porque receia que o infortúnio de Sarney prejudique a costura que visa atar o PMDB à candidatura presidencial de Dilma Rousseff.

Mercadante terá de torear um PT dividido. A bancada do partido soma 11 senadores. Pelo menos cinco levam o pé atrás em relação a Sarney.

São eles: Tião Viana (AC), Eduardo Suplicy (SP), Flávio Arns (PR), Paulo Paim (RS) e, em menor escala, Augusto Botelho (AP).

Para complicar, o PSOL protocola nesta terça a prometida representação contra Sarney.

A exemplo do que fez Virgílio, o partido presidido pela ex-senadora Heloisa Helena deseja arrastar Sarney para o Conselho de Ética. Junto com ele, dois ex-presidentes: Renan Calheiros e Garibaldi Alves.
Fonte:Escrito por Josias de Souza

BNB

Deputada Fátima Bezerra tem reunião com direção do BNB e pede a expansão do banco em municípios do RN
Foto: Divulgação

Fátima Bezerra esteve reunida com a direção do BNB
Como estava previsto, a deputada federal Fátima Bezerra esteve na tarde desta segunda-feira(29) reunida com o superintendente do Banco do Nordeste (BNB) no RN, José Maria Vilar.O encontro teve como pauta principal o Plano de Expansão do Banco no Estado, que prevê a criação de novas agências em municípios-polos que ainda não contam com a presença da instituição bancária.

Durante a audiência, a deputada buscou informações quanto ao andamento do plano de expansão.Segundo o superintendente, os estudos de viabilidade, que devem durar cerca de 90 dias, já estão acontecendo e as discussões quanto à implementação de novas agências do BNB em municípios potiguares já estão adiantadas.Fátima também reivindicou a José Maria Vilar a instalação do Centro Cultural, um projeto desenvolvido pelo BNB e que atualmente conta com três unidades na região, sendo duas no Ceará e outra em Pernambuco.

O superintendente do BNB informou que futuramente a agência localizada na praça Pe. João Maria, na Cidade Alta, em Natal, poderá se transformar num centro cultural. Acompanharam Fátima na audiência o prefeito de Parelhas, Francisco Medeiros; o presidente da Federação dos Trabalhadores da Agricultura do Estado do Rio Grande do Norte (Fetarn), Manoel Cândido; o presidente do diretório municipal do PT de Umarizal, Ivanildo Paiva; e o vereador da cidade de Umarizal, Eliete Bezerra de Morais.

Janela indiscreta

Janela indiscreta: Câmara pode aprovar quarta-feira projeto que permite mudança de partido sem perder o mandato
Os deputados pretendem votar na próxima quarta-feira (1º) um projeto de lei que institucionaliza a pulada de cerca na política. Autoriza o troca-troca partidário, durante 30 dias, um ano antes de cada eleição. Converte o mês de setembro numa espéie de janela para a infidelidade.Assim como ocorre nos relacionamentos amorosos, os atores da política têm enorme dificuldade para se contentar com um parceiro só.
A promiscuidade era tanta que, em 2007, o TSE baixara uma resolução impondo a perda de mandato para os políticos infiéis.
Por essa decisão, o mandato pertence às legendas, não aos políticos. A infidelidade passou a ser admitida apenas em certos casos.Para reter o mandato, o infiel passou a ter de provar, por exemplo, que foi perseguido pela legenda que abraçara.
Ou que o partido se desviou de seu programa original.Se aprovado o projeto do vale-tudo, qualquer um poderá, durante um mês, recorrer à migração partidária sem precisar justificar coisa nenhuma.
Os deputados correm contra o tempo. Para que a permissividade seja restituída imediatamente, precisa ser aprovada até o final de setembro.
Na Câmara, a coisa deve passar. No Senado, há dúvidas. Receosa de que uma legião de oposicionistas migre para legendas governistas, DEM e PSDB armam barricadas.
No Brasil, a infidelidade partidária não tem motivação ideológica. Pior: é 100% financiada pelo déficit público.Funciona assim: quando um determinado partido não rende ao filiado os cargos e as verbas que almeja, ele busca outro partido que esteja em alta no mercado.
No mercado persa em que se converteu o Congresso, o exercício da oposição afasta o político das cercanias dos cofres públicos.Daí o poder de sedução e o magnetismo dos partidos governistas. Daí também o nariz virado da oposição para a janela da infidelidade.
Fonte: Blog de Josias de Souza

São Pedro de Nova Cruz

Garibaldi, Rosalba, João Maia, Henrique Alves, Ezequiel, Elias Fernandes e Arlindo Dantas prestigiam São Pedro de Nova Cruz
Fotos:Divulgação
Garibaldi, João Maia, Rosalaba, ex-prefeita de Brejinho, Ivanilde, secretária de Ação Social, Ana Carla e o prefeito Flávio Azevedo da cidade de Nova Cruz
Os senadores Garibaldi Alves e Rosalba Ciarline, além do deputado João Maia estiveram presentes o deputado estadual Arlindo Dantas. Já na segunda – feira foi a vez do deputado Henrique Alves e o suplente de deputado Elias Fernandes, no encerramento dos festejos juninos da cidade de Nova Cruz.

Veja a chapa do prefeito Flávio Azevedo da cidade de Nova Cruz, governo Rosalba e o primeiro senador já definido é Garibaldi.

Montanhas festejo junino

MÁRCIA MAIA E FATIMA BEZERRA PARTICIPARAM DOS FESTEJOS JUNINOS AO LADO DA PREFEITA LETINHA EM MONTANHAS Deputada Márcia Maia, Fátima Bezerra e a prefeita Letinha de Montanhas
Foi ontem nos festejos do município de Montanhas, que estiveram presentes as deputadas Márcia Maia e Fatima Bezerra, os prefeitos:Aldinho da cidade de Vila – Flôr e o prefeito Erso da cidade de Arez. Participaram dos festejos juninos ao lado da prefeita Letinha, presidente da Câmara de Montanhas, Itamar Alves e os vereadores: Fabiano, Naldinho e a vereadora Fá. Além dos secretários e lideranças políticas do município.
Veja algumas fotos Lenilson Costa:

Presidente da Câmara, Itamar Alves Nery, Prefeito Aldinho de Vila – Flôr e o Assessor da deputada Márcia maia

Márcia Maia, prefeita de Montanhas, Letinha, Fátima Bezerra, Presidente da Câmara de Pedro Velho, Salvio, Adriana filha da prefeita Letinha, vereador Fabiano, Junior Secretário de Pedro Velho e Alan.

Márcia maia, Prefeita Letinha, vereador Naldinho e a deputada federal Fátima Bezerra.

Lula prioridade para 2010

Deu no blog do Josias
Lula pedirá ao PT ‘prioridade’ à eleição para o Senado
Sérgio Lima/Folha

Na escala de prioridades de Lula para 2010, o Senado foi guindado à condição de segunda meta. Vem logo abaixo da campanha presidencial de Dilma Rousseff.

Em privado, Lula diz que não deseja para Dilma o Senado que a má sorte impôs a ele. Fala em “quebrar a espinha da oposição”.

Refere-se a líderes como José Agripino Maia (DEM-RN) e Arthur Virgílio (PSDB-AM) com expressões pouco lisonjeiras. Afirma que é preciso “varrer essa gente”.

Nas próximas semanas, Lula vai tratar do tema com dirigentes do PT. Deseja converter a sua meta pessoal numa prioridade do partido.

Enxerga duas vantagens na estratégia. Acha que, fixando-se no Senado, além de ajudar a “varrer essa gente”, o PT facilita o acerto com o PMDB.

Há cerca de duas semanas, Lula manteve com Michel Temer (PMDB-SP) uma conversa esclarecedora. Deu-se na biblioteca do Palácio da Alvorada.

Temer esmiuçou para Lula os problemas que o PMDB tem enfrentado para se entender com o PT em determinados Estados.

Nessas costuras regionais, tenta-se obter o sobretudo que vai recobrir o figurino principal de 2010: uma chapa em que Dilma seja adornada com um vice do PMDB.

Temer disse a Lula que, para arrancar da convenção do PMDB o apoio a Dilma, precisa que o PT lhe facilite a vida nos Estados em que seu partido almeja o governo.

Ao reproduzir o diálogo que teve com o presidente a líderes de seu partido, Temer disse ter listado alguns Estados onde as encrencas são mais acesas.

Mencionou, por exemplo: Minas Gerais, Pará, Paraná, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul.

Lula prometeu agir. E expôs o pedaço de sua estratégia que se volta para o Senado.

Disse que recomendaria ao PT que, em vez de cobiçar primordialmente os governos estaduais, passasse a ter olhos também para as cadeiras do Senado.

Depois desse encontro, o Senado passou a frequentar praticamente todas as conversas de Lula –com assessores e aliados— sobre 2010.

O maremoto de denúncias que engolfa a presidência de José Sarney serve de tônico para os argumentos de Lula.

“A gente não pode mais conviver com essa instabilidade constante”, disse ele, num de seus diálogos.

Sob Lula, o Senado virou uma trincheira da oposição no Legislativo. Em tese, o governo dispõe de maioria. Na prática, coleciona derrotas.

O principal infortúnio, ainda hoje atravessado na traquéia do presidente, foi a derrubada da CPMF, em 2007.

Mais recentemente, a fluidez da maioria governista permitiu à oposição arrastar para um pedaço de papel assinaturas suficientes para impôr a CPI da Petrobras.

Algo que obrigou o Planalto a se meter numa refrega legislativa. Adiou o início da investigação por três vezes. Mas a espada da CPI ainda pende sobre o governo.

A articulação senatorial de Lula não se restringe ao PT. Pretende tonificar qualquer candidatura que reúna condições de se contrapor à “gente” da oposição.

Procura, por exemplo, nomes que possam criar obstáculos à reeleição de Agripino Maia no Rio Grande do Norte.

No Amazonas, joga fichas na candidatura ao Senado do governador Eduardo Braga (PMDB), feroz adversário de Arthur Virgílio.

Na Bahia, onde o PSDB se acertou com o DEM, Lula tenta convencer o ministro Geddel Vieira Lima, do PMDB, a disputar o Senado, não o governo.

“Se o Geddel disputar o Senado, eu faço a campanha dele”, diz Lula, dono de confortáveis índices de popularidade na Bahia.

Governo decide manter redução do IPI por mais três meses
O presidente Lula acusou os empresários de não repassarem completamente a redução do imposto para os preços dos seus produtos.
Por Redação

O ministro Guido Mantega (Fazenda) anunciará na próxima segunda-feira (29) a prorrogação da redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) por mais três meses. As informações são de O Globo.Para os carros de mil cilindradas, o imposto continuará zerado. Material de construção e os eletrodomésticos da linha branca (fogão, geladeira, máquinas de lavar e tanquinhos) também serão beneficiados.A ideia da equipe econômica era começar a elevar gradativamente o IPI, mas o presidente Lula resolveu adiar a recomposição por até seis meses. Ele acusou os empresários de não repassarem completamente a redução do imposto para os preços dos seus produtos.

Fonte:Nominuto.com

Lula volta em 2014

26/06/2009
Lula diz que, se oposição vencer, pode voltar em 2014
O presidente Lula afirmou que, se a oposição vencer as eleições em 2010, pode ser candidato na disputa seguinte, em 2014. Com a popularidade em alta, o petista nega a hipótese de concorrer a um terceiro mandato no ano que vem caso uma emenda constitucional lhe permita isso. Em vez disso, apóia a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, para concorrer contra os tucanos, que devem escolher José Serra ou Aécio Neves como seus candidatos.
“Se for um adversário que ganhar a eleição, aí sim pode estar previsto em 2014 eu voltar”, afirmou Lula, em entrevista publicada nesta sexta-feira (26) pelo jornal Zero Hora. “Depende. Ficar aqui é muito difícil. Acho que governar é fácil. Cuidar dos pobres é a coisa mais extraordinária do mundo. Custa barato cuidar dos pobres, muito barato.”
Porém, Lula garantiu que trabalha para eleger Dilma no ano que vem e, se possível, reelegê-la em 2014. “Ora, qual é o meu papel? É trabalhar para que ela faça o máximo possível”, afirmou ele ao jornal gaúcho. “E ela tem o direito de querer ser candidata à reeleição. Se eu não tiver essa consciência de que ela tem de fazer mais e fazer melhor, fazer o governo dela sem tutela e patrulhamento de ninguém, sem saudosismos, você tira a possibilidade de uma grande mulher fazer um grande governo neste país.”
O presidente afirmou que, no ano que vem o PT tem que fazer concessões nos estados para garantir uma aliança com outros partidos, como PMDB, PDT, PTB e PCdoB. “Não temos o direito de não fazer sacrifício e permitir que o desejo pessoal de alguém prevaleça sobre os interesses coletivos de um partido, seja estadual ou nacional.”
Para Lula, seria importante ter o PMDB como vice de Dilma, devido ao tamanho do partido. Entretanto, ele ressaltou que é necessário também que o vice tenha afinidade ideológica com o PT.
O presidente afirmou que os ministros que deixarem o cargo para assumir as campanhas eleitorais serão substituídos pelos secretários-executivos. Lula não negou nem confirmou que irá colocar o ex-ministro da Fazenda Antônio Palocci no lugar de Dilma quando ela sair candidata. “Eu não posso discutir agora o que vou fazer. Mas não pretendo colocar nenhum ministro novo.”
“Denuncismo desvairado”
O presidente condenou a cobertura da imprensa sobre a crise no Senado, seu governo e a Petrobrás. Reclamou que os jornais preferem destacar o emprego irregular de parentes de senadores a valorizar o aumento dos empregos em todo o país.
Para ele, há um “denuncismo desvairado” na imprensa. Lula disse temer que a disputa política sobre a CPI da Petrobrás atrapalhe os negócios da empresa. O presidente defendeu uma investigação feita pelo Ministério Público e Tribunal de Contas da União.
Fonte:Congresso em Foco

Festas em Montanhas e Nova Cruz


A Prefeitura Municipal de Montanhas continua com a sua programação dos festejos juninos. Hoje na programação é mais uma banda de sucesso Swing do Forró e Banda Aquários. Será mais uma grandiosa noite de sucesso no município de Montanhas, que tem total apoio da prefeita Letinha e de toda sua equipe. O evento teve inicio desde o dia 12 no bairro de Cidade Nova e prossegue até o dia 28 de acordo com a programação acima. amanhã dia 27 será Ferro na Boneca.

NOVA CRUZ
HOJE ACONTECE MAIS UM EVENTO NO LARGO DA RODOVIARIA – ABERTURA DO GRANDE SÃO PEDRO DO POVÃO
A Prefeitura Municipal de Nova Cruz depois de uma eclética programação, incluindo também os festejos juninos na zona rural nas comunidades de: Lagoa Limpa dos Fernandes, Assentamento e Serrote dos Bezerros. Depois dos eventos nos bairros: cidade do Sol e Salgado, o prefeito Flávio Azevedo, centraliza fogo dos festejos no “Largo da Rodoviaria”, e com a presença dos vereadores, secretários e lideranças políticas. É uma parceria da Prefeitura Municipal de Nova Cruz e o Ministério do Turismo.

REFORMA ELEITORAL
A internet e o cartão de crédito serão as novidades na campanha eleitoral do próximo ano. O projeto de lei fechado ontem pelos representantes de todos os partidos e com início de votação previsto para a próxima semana teve inspiração na eleição dos Estados Unidos que elegeu Barack Obama. As pessoas físicas poderão fazer doações pela internet usando, inclusive, o cartão de crédito. As empresas estão proibidas de usar esse recurso para ajudar seus candidatos.

REFORMA (2)
A exemplo da campanha do presidente Obama, os deputados esperam que a internet sirva para mobilizar eleitores e ajudar na arrecadação de recursos. O limite de doação será o mesmo da regra geral já previsto atualmente: 10% da renda bruta anual. A propaganda na internet poderá ser feita por meio de sites do candidato, blogs, twitter. “Tudo na internet fica liberado, como redes sociais de relacionamento e site de trocas de mensagens instantâneas”, afirmou o deputado Flávio Dino, responsável pelo texto fechado ontem.

ABUSO DOS BANCOS
As tarifas bancárias estão variando até 480%, de um banco para outro. Um simples extrato mensal avulso de conta de depósito à vista e de poupança em terminal de auto-atendimento e outros meios eletrônicos custa em média R$ 2,025. A maior diferença apontada na pesquisa foi a tarifa avulsa para saque de conta de depósito à vista e de poupança. O Banco Central já fixou um limite, para deixar o cliente à vontade.

MUDANÇA DE RUMO
As chuvas e o dólar em baixa estavam desestimulando o turista brasileiro a vir para o Nordeste. Agora, com a recomendação do Ministério da Saúde para evitar destinos como Argentina e Chile, por conta da gripe suina, poderá colocar novamente o Nordeste no roteiro dos brasileiros, nas férias de julho.

AGRICULTURA FAMILIAR
Mais de 400 agricultores familiares se reúnem hoje e amanhã em Natal, no II Encontro Estadual de Habitação para a Agricultura Familiar do RN. A secretária do Ministério das Cidades, Inês Magalhães, também deverá comparecer ao encontro. Até agora em 19 municípios, 180 casas novas foram construídas; em quatro municípios, 140 reformas foram concluídas; e em nove municípios, 85 casas estão em construção.

BRASIL TEM MAIS RICOS QUE A ESPANHA
Estudo divulgado ontem pelas consultorias Merrill Lynch e Capgemini mostra que o Brasil superou Austrália e Espanha em grandes patrimônios, mantendo-se entre os doze com mais ricaços do planeta – EUA, Japão, Alemanha, Reino Unido, França, Suíça, Canadá, China e Itália. A crise atingiu em cheio os ricos espanhóis e australianos e os 78 mil super-ricos perderam 23,9% da fortuna, coitados.

ABIN NÃO DESCARTA ATENTADO AO 447
O diretor da Agência Brasileira de Inteligência, Wilson Trezza, admitiu ontem, numa conferência na Rússia de diretores de serviços secretos (!), a possibilidade de um atentado ter derrubado o Airbus da Air France que fazia o voo 447 Rio-Paris. O serviço secreto francês descartou o que a Abin agora investiga: os dois passageiros suspeitos de ligação com extremistas islâmicos eram “homônimos” dos procurados.
Fonte:Tribuna do Norte

Pesquisa- Governo e Senado

Pesquisa IPESPE: Rosalba Ciarlini tem 49% para o Governo e Garibaldi Filho lidera com 66% para o Senado
O DEM Nacional patrocinou uma pesquisa para o Governo do Estado e o Senado Federal no Rio Grande do Norte.Pesquisa foi feita pelo Instituto IPESPE e ouviu 1.200 pessoas.
Para o Governo o resultado é o seguinte:
Rosalba Ciarlini(DEM) – 49%
Robinson Faria(PMN) – 15%
João Maia(PR) – 12%
Iberê Ferreira(PSB) – 3,0
O detalhe é que a pesquisa não incluiu o nome do ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves(PDT), que a exemplo de Rosalba, Robinson, João Maia e Iberê também é pré-candidato a governador.
Senado Federal
Para o Senado, a pesquisa do IPESPE apontou o seguinte resultado:
Garibaldi Filho (PMDB) – 66%
José Agripino Maia (DEM) – 52%
Wilma de Faria (PSB) – 36%

Monte Alegre

Robinson, Fábio e Márcia Maia assistem Wanessa Camargo em Monte Alegre Fotos: Rodrigo Loureiro Praça lotada para o show de Vanessa Camargo, que começou por volta das 23h30 e durou quase duas horas.
O governadorável Robinson Faria e os deputados Fábio Faria e Márcia Maia foram ontem a Monte Alegre.

Prefeita Graça Marques, a cantor Vanessa Camargo e o governadorável Robinson Faria
Acompanhados da prefeita Graça Marques, eles assistiram ao show da cantora Wanessa Camargo.
Os 3 candidatíssimos dispensaram camarote e ficaram no pátio da Igreja…
Onde ainda apareceu a prefeita de Monte das Gameleiras, Edna Sales.
Fábio, que é amigo de Vanessa e de Marcus Buaiz, marido e empresário da cantora, foi citado por Vanessa durante o show como amigo da família, assim como o deputado Robinson. Vanessa elogiou a organização da festa promovida pela prefeitura.

São João

SÃO JOÃO NA CIDADE DE SOL
Mais um grande evento junino realizado em Nova Cruz, patrocinado pela Prefeitura Municipal e o Ministério de Turismo, ontem foi a vez do bairro Cidade Sol, que tem a frente os vereadores: Antonio Gomes, Gelson, Luis da Verdura, Dinho e Fernando Bezerra. O evento contou com a presença do prefeito Flavio Azevedo, vereadores e secretários, além das pessoas e moradores do bairro que compareceram a festa.

Charge – Sarney e Lula

Campestre

Cione Ferreira, esposa do prefeito cassado, é a candidata governista à prefeitura de São José de Campestre
Foto: Divulgação

Prefeito Dedé Mendonça apresenta Cione Ferreira como sua candidata à eleição suplementar de Campestre
Além da chapa de oposição, encabeçada por Zequinha Borges(PMDB), quem também realizou convenção no domingo(21) em São José de Campestre foi a coligação governista.

Na convenção, que realizada na Escola Estadual Padre Tomaz de Aquino, foram homologadas as candidaturas da Assistente Social Cione Ferreira (PMN), candidata a prefeita, e Régis Luciano (PDT), candidato a vice-prefeito.Cione é esposa do prefeito cassado, Laércio de Oliveira (PP).Luciano fazia parte da chapa com Laércio nas eleições 2008, mas como o mandato cassado foi apenas do prefeito, ele pode concorrer novamente ao cargo de vice-prefeito.

Em seu discurso, o prefeito Dedé Mendonça apresentou Cione como sua candidata a prefeita e afirmou que ela vai ganhar a eleição com maioria superior a mil votos.“Nossos adversários que se cuidem, pois Cione ganhará essas eleições por mais mil votos de maioria e desta vez será uma surra de saia”, disse Dedé Mendonça.

Compareceram à convenção que homologou a candidatura de Cione à prefeitura de Campestre o deputado estadual Ricardo Motta; os prefeito Gilson Geraldo(Santo Antônio) e Pedro Augusto Lisboa (Passa e Fica); Amaro Saturnino (vice-presidente do PSDB Estadual), além de vereadores e lideranças comunitárias.
Fonte:Blog Oliveira

Festa – Montanhas

PROGRAMAÇÃO DOS FESTEJOS JUNINO DA CIDADE DE MONTANHAS

PROGRAMAÇÃO DA EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DOS 46 ANOS DA CIDADE DE MONTANHAS

Convenção do PMDB – PSB de Campestre

Campestre: Garibaldi, Henrique e Porpino participam de convenção do PMDB/PSB
Fotos: Assessoria/Zequinha Borges

Cláudio Porpino, Henrique Alves e Garibaldi Filho
compareceram à convenção do PMDB/PSB
O município de São José do Campestre, localizado a 97 quilômetros de Natal, reviveu neste domingo(21) o clima político das eleições realizadas em cinco de outubro do ano passado.

É que foram realizadas as convenções das duas chapas que irão disputar a eleição suplementar para a escolha do novo prefeito e vice-prefeito do município, depois que a Justiça Eleitoral cassou o mandato do prefeito eleito em 2008, Laércio José de Oliveira(PP).

O bloco da posição homologou a mesma chapa que disputou o pleito do ano passado e ficou em segundo lugar: Zequinha Borges(PMDB), candidato a prefeito, e Drª. Francisca(PSB), candidata a vice-prefeita.

A convenção aconteceu na Escola Estadual Delmira Lara e contou com um grande número de pessoas.Além das lideranças locais e de prefeitos da região, estiveram presentes à convenção o senador Garibaldi Filho(PMDB), o deputado federal Henrique Alves(PMDB) e o ex-deputado Cláudio Porpino(PSB).A eleição suplementar de São José de Campestre irá acontecer no dia 26 de julho.

Fonte:Blog do Oliveira

Encontro do PSDB em Natal

Garibaldi faz críticas ao Governo Wilma de Faria no encontro do PSDB
Fotos: Assessoria/Rogério
No encontro do PSDB, neste sábado(20), na Zona Norte, quem roubou a cena foi o senador Garibaldi Filho.Com suas tiradas bem humoradas e com suas declarações que ninguém sabe dizer se são de brincadeira ou não, Garibaldi estava leve e solto no ninho tucano ao lado do deputado federal Rogério Marinho e dos senadores José Agripino e Rosalba Ciarlini.
Garibaldi disse que Rogério deveria ter se filiado ao PMDB e lembrou do episódio da pré-candidatura do deputado a prefeito em 2008, quando ele(Garibaldi) apoiou a candidatura da deputada federal Fátima Bezerra à prefeitura de Natal.“Eu não conhecia você tão bem, Rogério, pois se eu o conhecesse tão bem quanto hoje o meu voto para prefeito poderia ter sido seu.
Mas isso agora é passado. Nós estamos aqui tão bem, então poderemos estar juntos em 2010”, afirmou o senador.Críticas a Wilma – Empolgado com os aplausos do grupo rogerista, Garibaldi alfinetou o Governo Wilma de Faria, até como uma maneira de agradar Rogério, inimigo político da governadora.“Vocês estão satisfeitos com a saúde? E a segurança? No meu tempo podia não estar tão bom, mas ruim desse jeito não era”, enfatizou Garibaldi. E acrescentou: “Só há um jeito de vocês escolherem um governo novo em 2010… Não vou dizer o nome da santa ou do santo”.
Olhando para Rosalba, que não parava de sorrir, e embalado pelo coro dos presentes que gritavam “é Rosalba, é Rosalba, é Rosalba”, Garibaldi sorriu e disse: “Não me comprometam!”.
Garibaldi frisou ainda que estava “muito feliz no encontro do PSDB”. E emendou: “Não se esqueça, Rogério, de me convidar para outros encontros do PSDB”.Sobre as eleições de 2010 e os rumos do PMDB Garibaldi repetiu o que já havia dito ao blog, nesta sexta-feira. “Eu vou propor ao PMDB uma consulta aos filiados para saber quem nós devemos apoiar para o Governo do Estado em 2010”.

Garibaldi, Agripino e Rosalba participam do encontro do PSDB; Almir não vai
Fotos: Assessoria/Rogério
Os senadores Garibaldi Filho, José Agripino e Rosalba Ciarlini atenderam ao convite do deputado federal Rogério Marinho e compareceram ao encontro do PSDB neste sábado(20), no Império Recepções, na Zona Norte de Natal.Além dos três senadores e de Rogério, o evento tucano contou com a presença do secretário da Semsur João Bastos; do suplente de senador João Faustino; da prefeita de Maxaranguape Neidinha; do presidente municipal do PSDB Dudu Machado e do vice presidente regional do partido Amaro Saturnino.
Ainda estiveram presentes o presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Dickson Nasser e o presidente da Emater Henrique Santana.O deputado Luiz Almir não compareceu ao evento, mas mandou o seu chefe de gabinete Márcio Godeiro.
Agradecimento – O deputado Rogério Marinho agradeceu a participação das lideranças políticas, comunitárias e dos amigos e destacou que no livro de presença do salão do Império Recepções estavam listadas lideranças comunitárias de 45 bairros e comunidades.“Foi uma ótima coincidência termos trazido hoje 45 líderes comunitários, pois eu tenho 45 anos e o número do PSDB é 45. Isso é um bom sinal”, disse o parlamentar.
Fazendo referência as suas bases eleitorais, Rogério declarou: “Esse time aqui é vitorioso. Somos ousados, competentes e corajosos e eu digo nós porque eu nunca estive sozinho, sempre estive ao lado de vocês. Essa é a razão da nossa força, para trabalhar com o compromisso de melhorar as condições de vida nas nossas comunidades”.

Nova Cruz – São Pedro

VEJA A PROGRAMAÇÃO DO SÃO PEDRO EM NOVA CRUZ