Nova Cruz/RN -

Arquivo do Autor

Presidente do PSD, Gilberto Kassab articula primeira audiência de Robinson com a presidente Dilma

Será pelas mãos do presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, que o governador eleito Robinson Faria vai ter sua primeira audiência com a presidente reeleita Dilma Rousseff (PT).
A audiência articulada por Kassab está marcada para quarta-feira às 10 horas, no Palácio do Planalto, e reunirá no gabinete da presidente a cúpula do PSD no Rio Grande do Norte: Robinson, o prefeito de Mossoró Francisco José Júnior, o deputado federal Fábio Faria, os estaduais José Dias, Galeno Torquato e Disson Lisboa.
Senadora eleita pelo PT aliado do PSD, a deputada federal Fátima Bezerra também integrará a comitiva pessedista.

Fonte:Thaisa Galvão

Rosalba garante pagamento do 13º salário dentro do mês

Rosalba-Ciarlini-HD

A governadora Rosalba Ciarlini garantiu à Tribuna do Norte o pagamento da folha de pessoal e da segunda parcela do décimo terceiro salário do funcionalismo estadual ainda dentro do seu mandato. Na ocasião, Rosalba afirmou que não haverá atrasos até o final do governo, mesmo mantendo o cronograma fracionado adotado desde setembro do último ano. “O restante do décimo será pago dentro do prazo estabelecido em lei, e a folha de dezembro também. O servidor pode ficar tranquilo”, garantiu a governadora.

O Governo realiza o provisionamento de recursos após medidas de contingenciamento adotadas nos últimos meses. Com a queda no repasse do Fundo de participação dos Estados e a desaceleração da economia em âmbito nacional, o Executivo enfrenta dificuldades financeiras com a perda na arrecadação. A frustração de receitas poderá chegar a R$ 2,35 bilhões até o final do ano, segundo projeção divulgada pela Secretaria de Planejamento.

Somadas as perdas, o Estado viu a folha crescer. A despesa com pessoal do Executivo, entre 2010 e 2014, aumentou 43,5 %, um acréscimo de R$ 1,46 bilhão no ano. O repasse aos Poderes aumentou 86%, mais de R$ 409 milhões. Ou seja, um aumento de quase R$ 2 bilhões no período, de acordo com dados da secretaria estadual de Planejamento.

Fernada Gentil aparece entre as mais sexy do ano, na lista que traz Bruna Marquezine, Anitta e Grazi entre as primeiras colocadas

As cinco primeiras colocadas: Bruna, Anitta, Rihanna, Grazi e Claudia Leitte

A disputa foi acirrada! Para vencer a eleição anual da revista “Vip” como a mulher mais sexy do mundo, Bruna Marquezine brigou com um time de peso, vencendo ninguém menos que Anitta, Rihanna e Grazi Massafera. Que poder, não!?!

Bruna venceu a disputa
Bruna venceu a disputa Foto: Gerard Giume/Divulgação

Assim como no ano passado, a Poderosa do funk ficou mais uma vez com o segundo lugar da disputa. Já a ex-mulher de Cauã Reymond subiu para a quarta posição. Rihanna é a única beldade internacional que aparece na lista das dez mais sexy do mundo na relação da publicação. Ela ficou com o terceiro lugar. Já a jurada do “The voice”, Claudia Leitte, é a quinta colocada.

Anitta e Grazi ficaram entre as cinco primeiras colocadas
Anitta e Grazi ficaram entre as cinco primeiras colocadas Foto: Divulgação

Fernanda Gentil aparece na lista

A grande novidade na lista é a apresentadora do “Globo Esporte”, Fernanda Gentil. A jornalista, que foi destaque na Copa do Mundo de futebol, aparece na 42ª posição.

Campeã de 2013, Paola Oliveira desceu para a 12ª posição, ficando atrás de Sandy (11ª), Isis Valverde (9º) e Juliana Paes (7º).

Fernanda Gentil, aos 27 anos, faz sucesso na TV
Fernanda Gentil, aos 27 anos, faz sucesso na TV Foto: João Miguel Jr/

Leia mais: http://extra.globo.com/famosos/fernada-gentil-aparece-entre-as-mais-sexy-do-ano-na-lista-que-traz-bruna-marquezine-anitta-grazi-entre-as-primeiras-colocadas-14420465.html#ixzz3HjFDIbVM

Fonte:Jornal Extra

DEM e Solidariedade discutem a hipótese fusão

Arte/UOL

Submetido pelas urnas a um emagrecimento compulsório, o DEM discute a hipótese de fusão com o recém-criado Solidariedade. Se as negociações vingarem, a nova legenda de oposição pode ser criada ainda em 2014. No momento, analisam-se os efeitos do casamento nos Estados.

Ex-Arena, ex-PDS e ex-PFL, o DEM era um gigante parlamentar na década de 90. Sob FHC, presidiu a Câmara e o Senado. Começou a definhar depois da chegada de Lula ao Planalto, em 2002.

Considerando-se apenas a bancada na Câmara, que serve de parâmetro para o cálculo do tempo de propaganda na tevê e para o recebimento das verbas públicas do Fundo Partidário, o DEM caiu de 43 deputados eleitos em 2010 para 22 neste ano de 2014.

Criado no ano passado pelo deputado Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força Sindical, o Solidariedade elegeu apenas 15 deputados federais no seu primeiro teste de urna. Assim, se houver a fusão, a nova legenda teria 37 parlamentares.

Fonte:Blog do Josias de Souza


Pagamento de 91% dos servidores estaduais será creditado nesta sexta-feira (31)

As Secretarias de Estado do Planejamento e das Finanças (Seplan) e da Administração e dos Recursos Humanos (Searh) informam que o calendário de pagamento dos salários dos servidores estaduais relativo ao mês de outubro será da seguinte forma:

Nesta sexta-feira (31), ao meio dia, será creditado o pagamento de todos os servidores da Segurança, Saúde e Educação (inclusive UERN), bem como todos os servidores do DETRAN, IDEMA, DEI, JUCERN e IPEM, independente do valor do salário, que representam um total de 60.055 servidores;

Também na sexta-feira vão receber os servidores ativos e inativos das demais áreas que ganham até R$ 2 mil líquidos – que somam 33.409 servidores;

No dia 10 de novembro, segunda-feira, ao meio dia, serão creditados os salários dos servidores ativos e inativos que recebem acima de R$ 2 mil líquidos – 9.377 servidores, que representam 9% do total.

93.464 servidores receberão o pagamento dentro do mês, o que equivale a 91% da folha do Estado.

Robinson destaca a participação popular na campanha em entrevista na Band

20141030_133841

A importância da participação popular na campanha ao Governo do Estado foi destacada pelo governador eleito para a próxima gestão no Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD) em entrevista na Band com Robson Carvalho nesta quinta-feira (30). “Nossa caminhada e nossa vitória foi feita pelas pessoas anônimas, professores, trabalhadores, profissionais da saúde, policiais que acreditaram no nosso projeto e foram para as ruas pedir votos para o nosso 55”, destacou.

Robinson relembrou que em muitos municípios, os dois lados – situação e oposição – estavam no palanque adversário, mas isso não alterou a vontade popular. “Enfrentamos dificuldade em municípios como Assú e Pau dos Ferros onde os dois lados (e as vezes até os três lados) estavam no outro palanque. Mesmo assim, as pessoas optaram pelo voto livre, pela liberdade de escolher e somos muito gratos a essas pessoas por acreditarem e exercerem a cidadania”, comentou Robinson.

Durante a entrevista, o governador eleito falou ainda sobre equipe de transição e o governo técnico que pretende implantar no Rio Grande do Norte.  “Reafirmamos nossos compromissos de fazer uma gestão técnica, voltada para a população”, justificou.

Sobre a relação com o governo federal, Robinson frisou a aliança com o Partido dos Trabalhadores (PT). “Essa nossa eleição foi vitoriosa em todos os sentidos: iremos trabalhar em parceria com os deputados estaduais, com os deputados federais, com a senadora eleita Fátima Bezerra e a presidente Dilma. Teremos uma parceria grande com a presidente Dilma contribuindo para as transformações sociais e econômicas que o nosso Rio Grande do Norte precisa”, comenta.

A votação de Robinson e o seu vice-governador Fábio Dantas (PCdoB) no Rio Grande do Norte foi de 877.286 com participação dos partidos PSD, PT, PC do B, PP, PT do B, PEN, PRTB e PTC na coligação Liderados pelo Povo.

Deputado eleito é condenado na Câmara Criminal do TJ

Deu na Tribuna do Norte

O ex-prefeito de Goianinha Rudson Lisboa, o Disson (PSD), corre o risco de não ser diplomado como deputado estadual. Eleito no pleito de 5 de outubro, o político foi condenado ontem pela Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte. Ele responde a processo de improbidade administrativa por suposta dispensa irregular de licitação, durante o segundo mandato como prefeito de Goianinha (quando governou de 2005 a 2008).

Se não reverter a decisão da Câmara Criminal, o Pleno, Disson não poderá exercer o mandato

Se não reverter a decisão da Câmara Criminal, o Pleno, Disson não poderá exercer o mandato

Na condenação imposta pela Câmara ainda cabe recurso ao plenário do Tribunal. No entanto, se a decisão for mantida, o deputado eleito terá a inelegibilidade decretada e poderá não ser diplomado.

Pela Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar nº. 135 de 2010), são considerados inelegíveis (ou fichas sujas) os candidatos que forem condenados, entre outras práticas, por crimes contra a administração pública e o patrimônio público, desde que a decisão tenha transitado em julgado (quando não cabe mais recurso) ou proferida por órgão colegiado. Na decisão contra Disson, ainda há a possibilidade de revisão pelo próprio Tribunal de Justiça.

Na decisão da Câmara Criminal que manteve a condenação de Disson, o desembargador Glauber Rêgo foi voto vencido. O prazo para o recurso é de 10 dias, contados de ontem.

A reportagem da TRIBUNA DO NORTE tentou, durante toda a tarde de ontem, falar com o deputado eleito Disson Lisboa, mas ele não atendeu ao telefone celular.

VOTOS PARA COLIGAÇÃO
O advogado Paulo de Tarso Fernandes, especialista em Direito Eleitoral, analisou que, caso seja condenado e tornado inelegível, os votos de Disson Lisboa, que conseguiu 26.618 votos, permanecem na coligação. Caso essa hipótese seja concretizada, o novo deputado estadual seria o André Luís Fernandes da Fonseca, conhecido como Major Fernandes, que obteve 25.006 votos.

O advogado explicou que caso a inelegibilidade seja decretada, a partir dessa decisão do Tribunal de Justiça, ela já terá ocorrido após a eleição, por isso os votos são contados como sendo da coligação. “A legislação entende que o candidato concorreu com o registro deferido, por isso, os votos permanecem na coligação”, explicou o advogado.

Ele lembrou que recentemente, ao analisar os casos do ex-governador José Roberto Arruda e do ex-deputado federal Paulo Maluf o Tribunal Superior Eleitoral entendeu que mesmo a condenação tendo ocorrido após o registro da candidatura, a punição de inelegibilidade já atingiria o mandato a ser conquistado.

“Claro que depende de condicionantes, mas nesse caso (apresentado pela reportagem da TRIBUNA DO NORTE) foi posterior a eleição e ele (Disson) concorreu com registro válido”, destacou.

Vice governador afirma que Segurança e Saúde serão priorizadas no início da gestão

Segundo Fábio Dantas, “Robinson Faria fará da segurança pública o berço inicial de sua gestão”

Alex Viana

Repórter de Política – Portal JH

Fabio-Dantas-WR

Ao ser abordado esta manhã, em entrevista à Rádio Cidade (94 FM), sobre os principais desafios da administração Robinson Faria (PSD), o vice-governador eleito, Fábio Dantas (PC do B), elencou os setores de Segurança e Saúde como prioritários. Para tanto, ele afirma ser necessário fazer o resgate do crédito do governo, bastante desacreditado perante a população e prestadores de serviços.

“Primeiro dar crédito ao governo. É uma das coisas mais difíceis. E Saúde e Segurança, que foram uma das promessas de campanha mais fortes do candidato. Governador eleito, Robinson Faria fará da segurança pública o berço inicial de sua gestão. Vai focar muito na Segurança Pública no início do mandato. E na Saúde também”, disse o vice.

Fábio disse que Segurança e Saúde são setores da administração pública que simbolizam a vida do cidadão, o direito de ir e vir e de poder desfrutar da plenitude de sua vida. “É fundamental esse trabalho. Vamos focar nessas duas áreas e vamos tentar dar os pontapés iniciais e acertar o máximo possível em nossas escolhas”.

Ciente das dificuldades do Estado, sobretudo quanto à carência de recursos para o financiamento de políticas públicas, Dantas ressaltou a importância da interlocução da gestão estadual com o governo federal, objetivando parcerias entre as duas esferas de governo. Perguntado sobre o papel da senadora eleita Fátima Bezerra (PT), o vice-governador eleito destacou a expectativa de um “apoio muito forte” da petista, eleita na aliança com o vice-governador Robinson Faria.

“Com certeza, a ajuda da senadora Fátima, que agora é senadora de oito anos, tem uma forte presença aonde impõe a sua marca, impôs isso na educação, impôs isso em seu trabalho parlamentar, a gente espera o apoio muito forte neste sentido”, observou, se dizendo preocupado com a fragilidade dos poderes, dos governos e dos governadores no Brasil.

“Se você for analisar, os Estados não têm o apoio que os municípios estão tendo no Poder Legislativo, por exemplo, na perda de receitas do pacto federativo. Na diminuição do bolo tributário, os Estados e municípios perderam iguais. Porém, os municípios estão começando a recompor um pouco esta receita, através de 1%, 2% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Mas os Estados não têm isso. Sequer meio por cento. Isso mostra a fragilidade das bancadas no Brasil. Porque as bancadas fortes na Câmara dos Deputados são as bancadas dos Estados e infelizmente os governadores não se mobilizam para mudar essa realidade e alimentar esse bolo tributário. Aumentar o bolo tributário não beneficia só os Estados, mas também os municípios. Eles têm uma situação muito difícil”, analisou. Leia mais no http://jornaldehoje.com.br/vice-governador-afirma-que-seguranca-e-saude-serao-priorizadas-inicio-da-gestao/

PAGAMENTO:Governo só define nesta quinta (30) pagamento do funcionalismo

A Assessoria do Governo do Estado confirmou que apenas amanhã será divulgado o calendário de pagamentodo funcionalismo público.

O secretário de Planejamento Obery Rodrigues deverá comunicar, através da Comunicação, as datas de depósito dos salários.

Desde setembro do ano passado o Governo do Estado paga a parte do funcionalismo os salários atrasados.

Do Panorama Político

Futuro vereador prevê derrotas de Carlos Eduardo em 2016 e Gari e Agripino em 2018

Joanilson sobre vitória de Robinson: “O povo manifestou seu desejo de mudança”

O professor Joanilson de Paula Rego, presidente do PSDC e futuro vereador de Natal, disse hoje que “os famosos caciques políticos parecem estar com os dias contados” no Rio Grande do Norte. Ele assumirá o cargo de vereador a partir de fevereiro do próximo ano para um mandato de dois anos, em substituição ao vereador Jacó Jácome (PMN), que foi eleito deputado estadual nessas eleições.

“O povo manifestou-se no seu desejo de mudança. E se não foi uma mudança profunda, baseada em programas partidários e bandeiras mais coletivas, foi um mudança com pessoas muito dignas, como é o caso desta chapa vitoriosa, Robinson Faria e Fábio Dantas, que trouxeram para o Rio Grande do Norte uma verdade, ou seja, os famosos caciques políticos parecem estar com os dias contados”, analisou Joanilson, em entrevista à FM 94.

Ele ressaltou “a vitória de Robinson e de Fábio Dantas, dois homens não tão grandes, mas que venceram um sistema que tinha o senador Agripino, o senador Garibaldi, a ex-governadora Wilma, vários deputados federais, que fez seis deputados federais e que fez a maioria dos deputados estaduais”.

Ainda segundo Joanilson de Paula Rego, a “mudança na paisagem humana dos políticos do RN” será completamente efetivada com uma vitória na sucessão municipal de 2016, sendo a mais importante colégio eleitoral a ser conquistado a Prefeitura da capital do Estado, atualmente ocupada pelo prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT). “Vamos ter eleição para prefeito daqui há dois anos e de dois senadores para poder completarmos essa mudança na paisagem humana dos políticos do Rio Grande do Norte. Isso será muito salutar digo eu”, frisou.

A derrota de Carlos Eduardo em 2016 e de Garibaldi e Agripino em 2018, na visão de Joanilson, seria a continuidade das transformações políticas iniciadas no Rio Grande do Norte pelas eleições de Robinson Faria para o governo e Fátima Bezerra para o Senado nas eleições de 2014. De uma só vez, Robinson e Fátima derrotaram os últimos governadores vivos do Estado, sobretudo Agripino e Garibaldi, que não disputaram a eleição, mas cujos candidatos perderam para o governo e para o Senado, sendo eles Henrique e Wilma, respectivamente.

O discurso contra os caciques políticos do RN, segundo Joanilson, foi encampado pelo eleitorado potiguar, que entendeu serem os caciques responsáveis pela situação de dificuldades por que passa o RN, um dos estados mais atrasados do país, ao lado de federações como o Maranhão e o Piauí. “A derrota do deputado Henrique significa que já houve uma mudança no que diz respeito às grandes oligarquias, as dinastias”, finalizou Joanilson.

Tomba fará festa para comemorar seu aniversário

TOMBA PEDE VOTO PARA HENRIQUE EM SANTA CRUZ

Encerrada as eleições 2014, o deputado estadual Tomba Farias (PSB) prepara uma grande festa para a região do Traíri. O evento será realizado no próximo sábado (01) em Santa Cruz e vai comemorar a passagem do seu aniversário.

A festa terá inicio às 20 horas, com uma missa na Igreja Matriz. Em seguida, às 21 horas, haverá shows – aberto ao público – com as bandas “Grafith”, “Farra de Rico” e “Deixe de Brincadeira”. Principal líder político da região do Trairi, Tomba destaca que esse ano as comemorações se revestem de um tom mais especial, diante da sua reeleição para a Assembléia Legislativa, com cerca de 49 mil votos.

Solenidade de Diplomação dos eleitos acontecerá no dia 18 de dezembro

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte definiu a diplomação dos eleitos para o dia 18 de dezembro. A solenidade ocorrerá no Centro de Convenções, às 17h. A informação é do Panorama Político, assinado por Anna Ruth Dantas.

E o presidente do TRE, desembargador Virgílio Macedo, presidirá a solenidade, onde o governador eleito Robinson Faria, o vice-governador Fábio Dantas, a senadora Fátima Bezerra e os oito deputados federais e 24 estaduais estarão sendo diplomados.

RN:Roberto Carlos se apresentará Arena das Dunas

roberto-carlos-ao-vivo

Ainda não está definida a data, mas ficou definido que Roberto Carlos se apresentará na Arena das Dunas, em Natal. Além disso, esse será o primeiro show que utilizará o conceito de espaço multiuso. Mais detalhes serão apresentados ainda esta semana.

Caixa vai facilitar financiamento de veículos para ajudar setor automotivo

Objetivo é ampliar as vendas do setor, que devem registrar queda pelo segundo ano seguido em 2014. Medida contempla pessoas físicas e jurídicas

Vendas de veículos novos no Brasil acumulam queda de 9% de janeiro a setembro

Vendas de veículos novos no Brasil acumulam queda de 9% de janeiro a setembro (Sérgio Castro/AE/VEJA)

A Caixa Econômica Federal assinou com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) um acordo para facilitar o financiamento para a compra de automóveis por pessoas físicas e jurídicas. O objetivo é ampliar as vendas do setor, que caminham para segundo ano consecutivo de queda.

Conforme o acordo, a Caixa vai operar até dezembro com “taxas especiais” para os financiamentos de veículo à pessoa física, com pagamento da primeira parcela após o Carnaval de 2015. O banco não informou o volume de recursos disponíveis.

Para pessoas jurídicas, o banco remodelou o produto CredFrota, destinado à renovação ou ampliação de frotas para empresas, principalmente locadoras. As novas condições do produto incluem ampliação de prazos, novos itens financiáveis e liberação das garantias de acordo com a proporcionalidade dos valores amortizados.

Segundo a Fenabrave, a Caixa também vai disponibilizar às concessionárias produtos como financiamento da folha do 13º salário de funcionários; antecipação de recebíveis, com taxas a partir de 1,25% ao mês; e capital de giro, com juro a partir de 1,35% e prazo de até 36 meses para pagamento.

“O objetivo é dar mais fôlego financeiro aos empresários, num momento de alta nas despesas e queda nas vendas”, afirmou a associação em comunicado à imprensa.

Fonte:Veja

BRASÍLIA:Câmara dos Deputados derruba projeto de Dilma

Depois de muitas horas de discussão e obstrução do PT, PCdoB e do PSOL, o plenário da Câmara rejeitou o decreto presidencial que criou a Política Nacional de Participação Social.

A rejeição se deu com a aprovação do Projeto de Decreto Legislativo (PDC) 1491/14, apresentado pela oposição, anulando o decreto presidencial. O PDC tem agora que ser apreciado pelo Senado Federal.

Foram quase três horas de obstrução dos petistas, que estavam acompanhados do PCdoB e do PSOL, na tentativa de impedir a derrubada do decreto presidencial.

Esses partidos utilizaram dispositivos regimentais, como a apresentação de requerimentos para tentar impedir a votação do PDC da oposição. De acordo com o líder do governo, deputado Henrique Fontana (PT-RS), o decreto presidencial apenas fortalece um conjunto de conselhos.

Os partidos de oposição tiveram o apoio de partidos aliados do governo como o PMDB, o PSD e outros da base governista para aprovar o PDC que anula o decreto presidencial.

A oposição critica o decreto presidencial com o argumento de que ele invade as prerrogativas do Congresso Nacional e também pode contribuir para o aparelhamento do Estado, uma vez que toda a participação deverá ser coordenada pela Secretaria-Geral da Presidência da República.

Autor do PDC que anula o decreto, o líder do DEM, deputado Mendonça Filho (PE), disse que o decreto presidencial tem viés autoritário. “É uma forma autocrática, autoritária, passando por cima do Parlamento, do Congresso Nacional, de estabelecer mecanismos de ouvir a sociedade”.

Os governistas argumentam que o dispositivo visa a ampliar o diálogo do Poder Executivo com os movimentos sociais. O decreto presidencial foi publicado no fim de maio e, desde então, os partidos de oposição tentam anular o decreto, com o argumento, entre outros, de que ele invade as prerrogativas do Legislativo. Desde a publicação do documento, a oposição vem insistindo na sua rejeição. (Exame)

MPF ingressa com nova representação contra sujeira dos “santinhos” eleitorais

Irregularidades na propaganda voltaram a ser observadas, mesmo após assessorias receberem recomendação prévia

O Ministério Público Federal, a partir da Procuradoria Eleitoral Auxiliar, ajuizou no domingo, 26, uma nova representação eleitoral por descumprimento à legislação que impede candidatos e suas coligações de distribuírem material impresso de campanha, no dia da votação. São alvos da nova representação as coligações “União Pela Mudança” e “Liderados pelo Povo”, os partidos que as compõem e seus respectivos candidatos ao governo: Henrique Alves e Robinson Faria.

A prática conhecida como “voo da madrugada”, que consiste no derramamento de “santinhos” na noite do sábado para o domingo das eleições nas proximidades dos locais de votação, voltou a ser registrada, mesmo após a assessoria das coligações receberem, na sexta-feira (24), uma recomendação alertando especificamente quanto à irregularidade.

Já no primeiro turno, mais de 30 candidatos foram alvo de representação semelhante e, agora neste segundo turno, novamente “santinhos” foram encontrados em calçadas de colégios e espalhados, em grande número, nas ruas próximas às seções eleitorais. A irregularidade pode afetar a igualdade do pleito, como também prejudica a limpeza pública e a estética urbana.

A legislação define como crime a divulgação, no dia da eleição, de qualquer espécie de propaganda de partidos políticos ou de seus candidatos (Art. 39, III, da Lei 9.504/97). Além disso, a atitude também pode ser caracterizada como “boca de urna”, uma vez que, embora não entregues nas mãos do eleitor, os “santinhos” são espalhados para que fiquem à disposição.

http://www.prrn.mpf.mp.br/grupo-asscom/noticias-internet/mpf-ingressa-com-nova-representacao-contra-sujeira-dos-201csantinhos201d-eleitorais

Vice-governador eleito fala sobre eleição vitoriosa em entrevista na Rede Tv

20141028_135257

O vice-governador eleito para a próxima gestão no Rio Grande do Norte, Fábio Dantas (PcdoB) foi entrevistado nesta terça-feira (28) pelos jornalistas Juliana Celli e Túlio Lemos no Jornal Verdade da Rede TV e falou sobre os projetos para o Estado e sua contribuição no governo.

Fábio Dantas agradece os 877.286 votos da eleição que o elegeu na chapa do governador eleito Robinson Faria (PSD).  “A nossa vitória foi histórica. O povo mostrou que a força política vem do povo que elege e derrota quem quiser”, destacou Fábio Dantas.

Sobre a equipe de transição, o vice-governador antecipou que a equipe será anunciada na próxima semana. “Vamos levantar os dados atuais do Estado e faremos uma equipe técnica para organizar as próximas ações”, argumentou.

Durante a entrevista, Fábio reafirmou que não aceitará ser secretário na gestão estadual. “Quero emprestar o mandato de vice-governador para ajudar o Rio Grande do Norte. Vou ser parceiro de Robinson no meu mandato, mas sem ser secretário”, destacou.

O papel vitorioso da coligação Liderados pelo Povo formada pelos partidos PSD, PT, PC do B, PP, PT do B, PEN, PRTB e PTC também foi elogiada pelo vice-governador eleito. “A nossa vitória veio do povo e teve apoio em cada um dos partidos que acreditara, apoiaram e ajudaram em todo o Rio Grande do Norte”, frisou.

Os temas políticos como a reeleição da Assembleia, a questão do orçamento na Assembleia e os projetos que serão prioridade no Estado também foram comentados durante a entrevista.

 

GRÁFICO MOSTRA O RITMO DA APURAÇÃO DO TSE

Fábio Vasconcellos – O Globo

Enquanto o Brasil vivia o suspense de três horas no domingo até que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) iniciasse a divulgação dos resultados da eleição presidencial, 30 técnicos do TSE viram de perto o momento exato em que Dilma Rousseff (PT) virou a eleição.

De 17h até 19h31, a candidata do PT perdia para Aécio Neves (PSDB), mas  às 19h32, o tribunal  somou 311.078 mil votos. Desse total, 220.138 foram para Dilma, e 90.940 para Aécio. Essa distribuição ajudou a candidata do PT a inverter a sua posição na contagem dos votos. Dilma passou a ter mais de 50% dos votos e manteve a dianteira até o fim da apuração.

A velocidade impressionante da apuração do TSE é outro dado que chama atenção. O maior pico de contagem de votos ocorreu entre 17h e 19h, com até 1 milhão de votos por minuto por volta de 18h31. Na média, o TSE computou cerca de 229 mil votos válidos por minuto entre 17h e 23h42. 

Fátima Bezerra afirma que Robinson Faria vai receber ajuda do Governo Dilma

Senadora eleita promete interceder junto à gestão petista para trazer recursos para o governo do PSD

Alex Viana

Repórter de Política

FATIMA-E-DILMA

A senadora eleita Fátima Bezerra (PT) afirmou que, como representante do Estado no Senado, irá interceder junto ao governo federal para articular parcerias com o governo Robinson Faria (PSD). Prometendo ser uma senadora incansável na defesa do Estado em Brasília, a petista pretende ainda ampliar a atuação do campo exclusivo da Educação, para atuar também nas áreas de Segurança e Saúde.

“Também estarei à disposição do nosso governador Robinson para, no Senado, interceder junto ao governo Dilma e articular parcerias que resultem na melhoria das condições de vida do povo potiguar. Meu propósito é o de sempre, o de somar esforços e contribuir com muito trabalho para que o nosso Estado viva cada vez mais dias melhores”, afirmou a petista esta manhã, em entrevista a O Jornal de Hoje.

Robinson comemora vitória na tradicional descida do Alto de São Manoel em Mossoró

IMG-20141027-WA0163

IMG-20141027-WA0167

Os mais de 79 mil votos livres e corajosos dos mossoroenses foram comemorados pelo governo eleito do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD) na tradicional descida do Alto de São Manoel.Ao lado do prefeito de Mossoró, Francisco José Júnior (PSD), do vice-governador eleito Fábio Dantas (PCdoB), Robinson agradeceu a multidão pelos votos e se emocionou.

“Entregamos a nossa campanha a vocês e vocês acreditaram e nos deram a vitória nas urnas.Vamos retribuir cada voto dado em Mossoró ao nosso 55! Retribuir com muito trabalho e benefícios para a população. Contem com esse homem batalhador que é Francisco José na Prefeitura, com os nossos deputados estaduais e federais, com Robinson no governo, com Fátima no Senado, com Dilma na Presidência do Brasil”, destacou Robinson.

No segundo turno, Robinson recebeu a confiança de mais de 79.619 mil eleitores, que representa 71,66% dos votos válidos, ampliando a diferença para o segundo colocado em mais de 48 mil votos.  “Eu sempre disse que nossa vitória começava por Mossoró, na terra da liberdade. Hoje a minha palavra é de agradecimento aos eleitores e de compromisso: iremos trabalhar dia e noite por melhorias para Mossoró e para o nosso Rio Grande do Norte”, destacou Robinson.

A festa do 55 foi comemorada também pelo deputado federal Fábio Faria (PSD), pelo deputado eleito Betinho Rosado Segundo (PP), pelo deputado estadual Galeno Torquato (PSD), pelo prefeito de Assú, Ivan Júnior (Pros), pelo prefeito de Pau dos Ferros, Fabrício Torquato (DEM), lideranças e amigos da região.