Nova Cruz/RN -

ARCEBISPO, DOM MATIAS EM NOVA CRUZ
Desde o dia 28 do corrente mês o bispo da catedral do RN, Arcebispo, Dom Matias, chegou a cidade de Nova Cruz, para passar quatro dias a frente do movimento da Semana Missionaria que a igreja católica do município está realizando. Arcebispo, Dom Matias, já foi pároco da cidade por mais de 20 anos. O mesmo foi recebido por fieis, o padre Edilson, os vigários e o prefeito Flavio Azevedo e outras lideranças políticas e comunitárias.

ALMOÇO
Ontem o prefeito Flávio Azevedo, ofereceu um almoço especial ao Arcebispo, Dom Matias, aos padres e fies da igreja católica. O evento aconteceu na sede da AABB e contou com a presença de vários católicos e lideranças políticas.

NATAL SERÁ SEDE DA COPA, DIZ O GLOBO
E Natal será mesmo sede da Copa do Mundo de 2014.
Ancelmo Gois, em seu blog, publicou ontem à tarde a lista das cidades escolhidas.
Veja a nota na íntegra:

AS CIDADES DA COPA DE 2014
Já estão escolhidas as 12 cidades onde serão os jogos da Copa de 2014, que a Fifa anuncia no domingo, em Nassau, nas Bahamas. São elas:
Rio de Janeiro
São Paulo
Belo Horizonte
Porto Alegre
Curitiba
Brasília
Cuiabá
Manaus
Fortaleza
Salvador
Recife
Natal
O Rio, como se sabe, será o endereço da final, chance da definitiva reabilitação do Maracanã, após a derrota de 1950. São Paulo, está quase certo, fica com o jogo de abertura – Belo Horizonte sua a camisa no lobby para tomar o lugar dos paulistas. Cuiabá venceu Campo Grande, pelo prestígio político de Blairo Maggi, o governador do Mato Grosso. Manaus ganhou de Belém e Rio Branco o privilégio de ser a sede amazônica e Natal levou a última vaga, derrubando Florianópolis, por razões políticas e logísticas.

PROGRAMA DE RÁDIO
O programa de rádio da senadora Rosalba Ciarlini, que vai ao ar através de várias emissoras, muda de nome. A partir de segunda-feira(01) deixa de ser chamado “Dito e Feito” e passa a ser denominado de “Conversa com Rosalba”. Aém do novo nome, o programa terá novas vinhetas, trilha e será apresentado por um jornalista, que entrevistará a senadora.

PRESTAÇÃO DE CONTAS
Apesar da mudança no formato, o conteúdo não sofrerá alterações. No “Conversa com Rosalba”, a senadora vai continuar prestando contas do seu mandato, falando sobre projetos, pronunciamentos, audiências nas Comissões Permanentes e todo o trabalho que vem realizando no Senado.
O programa vai ao ar em duas edições: 06h30 e 12h30, às segundas e sextas-feiras.

DE OLHO NAS BOMBAS

O Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte (Ipem/RN) realiza na manhã deste sábado(30) a Operação “De Olho nas Bombas”, que tem como alvo os postos de combustíveis da região metropolitana de Natal. O objetivo é verificar o estado de funcionamento dos instrumentos medidores de combustíveis que atendem à população. Fiscalização começa a partir das 8 horas e vai envolver 25 profissionais.Copa 2014
O Governo do Estado e a Prefeitura de Natal estão organizando uma mobilização neste domingo (31) para aguardar a divulgação pela Fifa dos nomes das cidades brasileiras que vão sediar jogos da Copa do Mundo de 2014, que será realizada no Brasil. A escolha de Natal é tida como certa.

PONTA NEGRA
Para aguardar o comunicado oficial da Fifa sobre as cidades escolhidas, a Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur) vai montar uma estrutura na praia de Ponta Negra com concentração a partir das 11h do domingo. No final do calçadão da praia, próximo ao Morro do Careca, haverá apresentações culturais e shows musicais. O anúncio ocorrerá ás 15h30.

Ano de 2009 é o mais chuvoso da década
O meteorologista da Empresa de Pesquisa e Agropecuária do RN (Emparn), Gilmar Bistrot, disse nesta quinta-feira (28) que as chuvas que atingem o estado nas últimas semanas vão aumentar na faixa litorânea (setor leste) durante os meses de junho e julho. No interior, ao contrário, a tendência é que as precipitações diminuam.
“O que ocorreu durante os últimos meses no interior vai acontecer no litoral a partir de junho”, afirmou Bistrot. De acordo com o especialista, 2009 é o ano mais chuvoso da década no Rio Grande do Norte.
Na última década, os anos em que houve o registro de mais chuva no RN foram os de 2004 (cerca de 900 milímetros) e 2008 (cerca de 1.100 milímetros). De janeiro a maio deste ano choveu 1.400mm, o que significa que, em menos de um semestre, este ano já superou os outros.
A maioria dos estudos dos modelos oceânicos e atmosféricos indica tendência de chuva normal à acima da média para a região do litoral do Nordeste brasileiro, durante junho a agosto: 40% acima da média, 35% ocorrência normal e 25% abaixo da média.
O meteorologista afirmou que ainda que fossem construídas mais barragens o estado teria inundações neste ano, pois choveu bastante e ainda choverá muito. Com o aumento de chuvas no litoral, a situação tende a piorar devido ao lençol freático urbano que dificulta a absorção da água pelo solo.
Fonte: Nominuto

APOIO
Estive ontem conversando com o deputado estadual Arlindo Dantas, e o seu assessor político Luis Celso Pinheiro, eles revelaram que ampliaram a sua base no município de Nova Cruz para eleger Fabio Dantas. E já conta com o apoio definido da família política (Andrade) entre eles: O ex-prefeito Vandi, ex-vice-prefeito Max, atual vice – prefeito João Paulo, e ainda o atual presidente da Câmara, Antonio Gomes, que é liderado pelo presidente do partido do PR que também pertence ao domínio dos Andrade.

ENERGIA: POBRES PAGAM MAIS
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) defende a criação de um fundo para reduzir diferença nas tarifas de energia entre os Estados. Os recursos seriam utilizados na equalização tarifária para reduzir as distorções no preço da eletricidade paga pelos consumidores residenciais. A tarifa praticada pelas distribuidoras é inversamente proporcional ao nível de riqueza da região em que elas atuam.
Vários fatores explicam a distorção, como densidade populacional e inadimplência. Um exemplo é um morador de Brasília, a cidade brasileira com maior renda per capita.
Ele paga a segunda menor tarifa entre as 64 distribuidoras do país: R$ 0,24 por kilowatt-hora (kWh) de consumo. Na outra ponta, o consumidor do Maranhão desembolsa R$ 0,41 pelo mesmo kWh, a energia mais cara do Brasil. Já o consumidor residencial da Eletropaulo, em São Paulo, paga 45% a mais do que aquele da Cepisa, no Piauí.

INVESTIMENTO
O projeto “Zona Sul. O novo centro de Natal”, lançado pela Prefeitura e empresários prevê investir R$ 200 milhões no próximos quatro anos. As obras são de todo o tamanho. A ideia de transformar a área do aeródromo de Capim Macio, em um parque, deveria ser reexaminada. Seria um ganho para a cidade.

ROYALTIES
Houve uma pequena recuperação no repasse dos royalties ao RN, em maio, superior a R$ 21,17 milhões. No acumulado em 2009 o total ficou próximo de R$ 100 milhões. Desse montante, R$ 11,23 milhões foram destinados ao governo do Estado e R$ 9,93 milhões a 95 municípios.

OTIMISMO NA CRISE
Apesar da retração da economia, o mercado publicitário deverá crescer 5% no primeiro semestre. Em 2008, o mercado publicitário teve expansão de 12,8%, com um faturamento de R$ 29,4 bilhões. Até setembro, o ritmo de crescimento era da ordem de 15,7%. Os dados são do Projeto Inter-Meios, de Meio & Mensagem.

RN
O Rio Grande do Norte é o único Estado a oferecer peixe rastreado. Segundo o subsecretário da Pesca, da Secretaria da Agricultura, da Pecuária e da Pesca, Antonio-Alberto Cortez, todo peixe de alto mar, pescado no litoral potiguar, sai daqui com a data da captura, nome da embarcação, temperatura da água, nome da empresa e localização.

DNOCS
O Dnocs vai recuperar a Estação de Pisicultura de Pau dos Ferros, no Alto Oeste potiguar. A concorrência, para a contratação da empresa executora da obra será realizada no dia 4 de junho próximo, às 10 horas, na coordenadoria estadual do Dnocs, em Natal. Será mais um equipamento para desenvolver a pesca em águas interiores.

BATALHÃO
O 1º Batalhão de Engenharia de Construção de Caicó vai realizar um leilão público no dia 30, próximo sábado, a partir das 10 horas, no setor de transportes. Serão leiloados veículos, caminhões, tratores, máquinas, ferramentas motores e equipamentos em geral. Outro edital da Base Aérea de Natal seleciona empresas para conservação de imóveis.

ALIMENTOS ORGÂNICOS
Mostrar à população a importância dos alimentos orgânicos e incentivar o consumo desses produtos é o objetivo da campanha “Entre para o Mundo da Vida Saudável. Prefira Alimento Orgânico, promovida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, durante a 5ª Semana dos Alimentos Orgânicos, que termina domingo em todo o País.
O público escolheu a identidade visual do Selo Brasileiro de Conformidade Orgânica que vai identificar os alimentos comercializados e conferir mais garantias aos consumidores, a partir do primeiro semestre de 2010.

CÂMARA DE NATAL
A nova composição da futura mesa diretora da Câmara Municipal de Natal, eleita ontem para o biênio 2011 a 2012 é a seguinte:Presidente – Edivan Martins (PV)Primeiro vice-presidente – Ney Lopes (DEM)Segunda vice-presidente – Júlia Arruda (PSB)Primeiro secretário – Júlio Protásio (PSB)Segundo secretário – Albert Dickson (PP)Terceiro secretário – Adão Eridan (PR)Quarto secretário – Chagas Catarino (PP)

COPA 2014
Com a expectativa de Natal ser uma das cidades-sede da copa 2014, o Real Botequim sai na frente mais uma vez e vai instalar, na área climatizada, televisores de plasma para que os clientes acompanhem no domingo, 31, já a partir do horário do almoço, ao vivo, o anúncio da FIFA das 12 cidades-sede brasileiras escolhidas para a Copa 2014.

PACTO
O secretário estadual do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), Fabian Saraiva Maia, participou nessa quarta-feira em Recife (PE), do II Encontro Nacional dos Comitês Estaduais do Pacto Nacional “Um mundo para a criança e o adolescente do semi-árido”. Na reunião ficou definido que o Comitê Nacional do Pacto, instância que reúne diversos ministérios, 11 Estados da Federação, e várias instituições da sociedade civil, vai acontecer em Natal no mês de outubro deste ano. Com isso, Natal vai se transformar na capital do Brasil no que se refere à luta pelos direitos das crianças e adolescentes.
Fonte:Rodrigo Loureiro

“O Globo” mostra peso de Lula e dianteira de Rosalba
A coluna “Panorama Político” de hoje, primeiro caderno do jornal “O Globo”, traz duas notas que se intercalam, relacionadas com a sucessão estadual do RN.

Em resumo atesta duas verdades que podem ser vistas a olho nu, desde que a análise seja feita sem paixão ou interesse direto no caso. Leia-as abaixo:
O peso de Lula

O DEM fez pesquisa para avaliar a influência do presidente Lula em 2010. O cientista político Antônio Lavareda, analisando os dados coletados no Rio Grande do Norte, diz que não haverá alinhamento entre as eleições estadual e presidencial.

Seu relatório reproduz depoimento síntese de um dos ouvidos:

“Para presidente vou votar na candidata dele (Lula), nesta Dilma Ussefe (Rousseff), mas para governador vou votar na Rosalba Ciarlini (DEM), mesmo que ele apoie outra pessoa”.
A lógica do voto nacional e do estadual
A pesquisa do Ipespe foi encomendada a pedido do líder no Senado, José Agripino (RN).

O relatório de Lavareda diz:

1. “É evidente a aprovação do governo do presidente Lula”;

2. “(Lula) será uma das forças relevantes, que pode interferir na sucessão estadual”;

3. “O peso da avaliação do candidato (ao governo local), propriamente dito, se sobressai ao apoio do presidente”;

4. “O apoio de Lula na eleição para presidente terá repercussão muito maior do que para governador”.
A avaliação qualitativa foi feita porque a senadora Rosalba Ciarlini tem 48% das intenções de voto para governador em pesquisa Vox Populi.

Nota do Blog – Antônio Lavareda é um dos mais importantes consultores políticos do país e trabalha na pré-campanha de Rosalba Ciarlini (DEM).
Ainda hoje eu analiso essa postagem, revelando bastidores da disputa que se desenha para o governo do RN.

PEC DOS VEREADORES
A proposta de Valadares cria seis novos critérios de gastos percentuais máximos das câmaras municipais, em vez dos atuais quatro atualmente em vigor. Por ela, municípios com até cem mil habitantes poderão gastar com o legislativo local até 7% da sua receita. De 101 mil a 300 mil habitantes, o gasto máximo cairá para 6%; de 301 mil a 500 mil habitantes, 5%; de 501 mil a 2 milhões de habitantes, 4%; de 2 milhões e um a 8 milhões de habitantes, 3%; e acima de 8 milhões, 2% da receita. Atualmente, pela Constituição, os municípios com até cem mil habitantes podem destinar ao legislativo local até 8% da sua receita; entre 101 mil a 300 mil, 7%; entre 301 mil e 500 mil, 6% e acima de 500 mil habitantes, 5%.

BASTIDORES DA ASSEMBLÉIA
Já circula pelos corredores da Assembléia Legislativa, o comentário dando conta de que a governadora Wilma deseja antecipar para o mês de dezembro, a posse definitiva do vice – governador Iberê Ferreira de Souza. Eu não acredito nesse comentário. Agora que Iberê, a partir de janeiro terá muita força com Wilma, isso sim eu acredito, até porque Wilma deve fazer com Iberê o que o mesmo fará com Wilma depois do seu afastamento no mês de abril. Ela amarrando e Iberê dando o nó.

AGRESTE
Iberê que de bobo não tem nada e sabendo que a pedra no seu sapato é o deputado-presidente Robinson Faria, assim que receber a caneta do Governo, vai tratar de fortalecer a sua base, principalmente na Grande Natal e na região Agreste, onde ele precisa se fortalecer politicamente.

ELIAS FERNANDES
O ex-deputado estadual Elias Fernandes, já está em uma verdadeira maratona nos finais de semana. Elias aproveita sempre os finais de semana para visitar as lideranças políticas que compõe a sua base política rumo 2010.

ESTRADAS
Viajar nas RNs da região Agreste passa por um verdadeiro teste de atenção. Motoristas precisam redobrar a atenção para desviar as crateras que transforma as estradas em um verdadeira tabua de pirulito. São buracos que ocasiona transtorno e gera muito problemas para os proprietários de veículos que trafegam pelas as RNs da nossa região.
ESTADO
Os servidores públicos da rede estadual vão receber os seus vencimentos a partir desta quinta-feira, de acordo com o calendário de pagamentos.

“Janela” que permite a troca de partidos volta a ganhar força na Câmara e tem apoio de Henrique Alves
Um dia depois de enterrar a proposta de voto em lista fechada para as eleições proporcionais, o PMDB e os demais partidos governistas retomaram a discussão de uma “janela” para a troca de partidos de detentores de mandato – brecha para a infidelidade partidária.
A estratégia é tentar aprovar até setembro a emenda constitucional que abre essa janela e, se não houver tempo hábil, recorrer ao polêmico projeto do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que reduz de um ano para seis meses antes da eleição a exigência de filiação partidária para concorrer.O PMDB assumiu nesta quarta-feira(27) a proposta de Cunha como sendo do partido.Na prática, a proposta de Cunha permite negociações de última hora, já que o prazo final para a filiação de candidatos passaria a ser em abril do ano da eleição – coincidindo com prazo legal de desincompatibilização de cargos majoritários ou em governos – e não um ano antes, como é hoje.
Depois de, na semana passada, praticamente descartar o projeto de Cunha, bombardeado pelos demais aliados, o líder do PMDB, Henrique Eduardo Alves (RN), sinalizou a mudança de posição:- A janela seria a possível. É uma emenda constitucional, mas, se não der tempo de votá-la, tem esse remédio (o projeto do Cunha) – disse Henrique.
A comissão especial para analisar a emenda constitucional que cria a janela de 30 dias, em setembro do ano anterior à eleição, de Flávio Dino (PCdoB-MA), foi instalada nesta quarta.Atualmente, vale a regra do Supremo Tribunal Federal de que o mandato pertence ao partido, permitindo a cassação do político infiel.
Fonte: O Globo – Hoje

PEC do Vereadores

Mão Santa lê carta de vereador que se declara em greve de fome

O senador Mão Santa (PMDB-PI) leu nesta quarta-feira (27) carta de um suplente de vereador, do município de Itiúba, na Bahia, em que este se declara em greve de fome, até que os senadores votem a PEC paralela dos Vereadores. Comentando a situação, Mão Santa afirmou que o Poder Judiciário se equivocou em sua interpretação sobre o caso.
– Esse problema dos vereadores é uma vergonha, disse Mão Santa.
– Isso é o que diminui o Congresso. Foi um desrespeito que fizeram ao Poder Legislativo. O Judiciário imiscuiu-se aqui e fez a interpretação mais infeliz da história da República do Brasil.
Segundo Mão Santa, o debate deixa o ensinamento de que a sabedoria está com o Poder Legislativo. Ele considera que o Poder Executivo tem o dinheiro, enquanto o Poder Judiciário tem o poder punitivo, “cassa, prende, ameaça”.
– Mas eles se intrometeram na Constituição, disse Mão Santa. O artigo 29 estava bem feito, e a situação dos Vereadores estava resolvida. Eles fizeram a maior besteira da história da República, apenas para demonstrar ao Brasil que nós é que temos a sabedoria. Agora, está ridículo, é um caso mal resolvido.
Mão Santa passou a ler a carta escrita por Aroldo Pinto de Azeredo, em que ele clama os senadores para que aprovem a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 047/08, que trata do repasse de verbas às câmaras municipais. A seu ver, isso garantiria as condições para a promulgação da PEC 020/08, permitindo que os suplentes assumissem as novas vagas a serem criadas. O suplente de vereador afirma que, enquanto isso não acontecer, estará em greve de fome.
Da Redação / Agência Senado

Mais suplentes entram em greve de fome pela PEC dos vereadores
Centenas de suplentes de vereador do Brasil estão neste momento no Congresso Nacional negociando a votação da PEC 47 de 2008 que diminui os repasses financeiros para as Câmaras Municipais e a promulgação da PEC 20/2008 que garante a posse imediata dos vereadores que tiveram suas vagas cortadas pela Resolução 21.702/2004 do TSE.

Pelo andar das negociações a PEC 47 não será votada esta semana, e seguindo o exemplo de um suplente da Bahia, vários outros estão se declarando em estado de greve de fome até que a votação aconteça no Senado e prometida promulgação se concretize na Câmara dos Deputados.

Vários suplentes estão exigindo o cumprimento do Regimento Interno da Câmara combinado com os artigos 55 e 60 da Constituição Federal.

Br – Moto HONDA SE INSTALA EM NOVA CRUZ
Concessionária Br moto Honda se instala na cidade de Nova Cruz
Desde o sábado dia(23), já esta em pleno funcionamento a mais nova loja da concessionária Br moto Honda no município de Nova Cruz. A loja é referencia na região e promete revolucionar o mercado nos municípios do Agreste e parte das cidades circunvizinhas do Estado da Paraíba.
É mais um forte empreendimento que chegou ao município de Nova Cruz, que desenvolve a cada dia.

Deu no Jornal de Hoje

Mais de 70% aprova nova prefeitura de Nova Cruz
Nova Cruz Crédito: Wagner Guerra

Prefeito Flávio Azevedo gostou do resultado final da pesquisa
Marcos Ramos – [email protected]
Pesquisa realizada pelo instituto Smart, no mês de abril, mostra que a administração do prefeito Flávio Azevedo, de Nova Cruz, é aceita por mais de 70% da população. A pesquisa detalha todas as secretarias voltadas para o trabalho direto com o povo e a gestão em si do atual prefeito. Flávio disse ter ficado satisfeito com o resultado, pois nos quatro primeiros meses de governo a população percebe que o município vem melhorando.

Uma das perguntas feitas em catorze áreas da zona urbana e treze da zona rural foi: o senhor acha que a cidade melhorou com a administração de Flávio Azevedo? 70,11% disseram sim, 27,2% disseram não e 2,65% não souberam responder. Esta mesma pergunta analisando a renda familiar de quem respondia teve o seguinte resultado: Quem ganha até um salário mínimo 69,27% responderam que sim, a cidade melhorou, 27,08% disseram que não e 3,65% não souberam responder. Para quem ganha de 2 a 5 salários mínimos o sim teve 71,21%. Não ficou com 28,79% e para os que ganham de 6 a 10 salários mínimos o sim conseguiu 100%.

Dividindo por área a limpeza urbana teve 11,11% de ótimo; 50,19% de bom; 9,20 de regular; 3,45% de péssimo e 2,68% de pessoas que não souberam responder. A ação social que foi na primeira fase onde nem cestas básicas poderiam ser dadas teve 3,45% de ótimo; 38,31% de bom; 35,25% de regular; 8,81% de péssimo.

A respeito da avaliação da atual gestão municipal 16,48% disseram ser ótima; 42,15% consideram boa; 28,35% disseram ser regular; 4,98% contaram que era ruim; 6,13% afirmaram ser péssima e 1,92% não souberam responder.O prefeito mantém um programa semanal numa emissora de rádio AM local, a rádio Curimatau e quis saber se tinha boa audiência seu programa. A pergunta era se a pessoa ouvia o programa de rádio do prefeito e a resposta foi: sim 63,22%; não 35,63%; não responderam 0,38% e não tem rádio 0,77%.Avaliando a educação municipal o resultado foi o seguinte: Ótimo 5,75%; bom 42,53%; regular 34,48%; ruim 2,68%; péssimo 7,66% e não souberam responder 6,40%.

De posse destes números o prefeito Flávio Azevedo disse ter sido gratificante este resultado numa administração que está apenas começando e ainda passando por dificuldades com pouca verba e a queda do FPM, no entanto o trabalho é grande para que estes números não venham a caírem desta forma a prefeitura vai sempre buscar maneiras de atender melhor a população dentro das condições reais.

Dificuldades existem e o prefeito ainda não pode atender tudo que o pessoal pede em termos de coletividade, no entanto vem buscando maneiras de resolver e poder fazer uma gestão cada vez mais transparente atendendo aos pedidos do povo e fazendo Nova Cruz crescer cada vez mais. Este tem sido o objetivo da prefeitura e Flávio pretende melhorar ainda mais sua gestão para que estes números venham a subir em pesquisas futuras.
Fonte:Jornal de Hoje

MONTANHAS
A prefeita Letinha da cidade de Montanhas, já prepara o município para o mês de junho. São os festejos juninos que comemora o padroeiro da cidade. A prefeitura já planeja um grande evento a ser realizado na cidade a partir do dia 12 de junho e segue até o dia 27.
Veja a programação
São João de Montanhas:

Dia 12: Companhia do Forró, Balanço do forró (Cidade Nova – Cuxixo)
Dia 18 a 22: Apresentações Culturais, Festival de Quadrilhas e Shows com Sanfoneiros da Terra!
Dia 23: Mulher Chorona, Lane Cardoso e Edson e Balança BebêDia 24: Padre Nunes
Dia 25: Ton Oliveira, Anizio Jr
Dia 26: Swing Do forró, Banda Aquarios
Dia 27: Ferro Na Boneca, Retorno Do forro e Boyzinhos Do forró
Dia 28: Bichinha Arrumada, Preto sá e Maçã com Mel (Boa Esperança)

CRISE
A maioria dos prefeitos do Agreste, com algumas exceções, vai promover um São João e São Pedro, dentro das condições financeiras do município. Com a maioria em crise que ainda assola cada município. Os gestores são forçados a promover evento dentro da realidade de cada município.

PREFEITO
O prefeito Flávio Azevedo, continua com sua peregrinação nas comunidades rurais do município de Nova Cruz. Entregando a cada mãe a sua lembrança, homenagem ainda do dia das mães. Foi uma vasta programação tanto na zona urbana quanto na zona rural.

BASTIDORES DA POLÍTICA DE NOVA CRUZ
Depois de conseguir maioria na Câmara Municipal, o prefeito Flávio Azevedo, continua administrando e somando na política novacruzense. Nos bastidores já se fala nas adesões a administração do prefeito Flávio Azevedo, dos nomes do ex-secretário de Agricultora da gestão Cid Arruda, Damião Gomes, e atual presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Nova Cruz e do presidente do FUMAC, Djalma do INSS da cidade de Nova Cruz as conversas estão avançadas.

SAÚDE
Com a nomeação da Drª Elizabeth Carrasco, na pasta da saúde do município de Nova Cruz. Foi o primeiro passo de alguns ajustes que o prefeito Flávio Azevedo, poderá fazer daqui para o final do primeiro semestre na sua administração.

Venda de carros usados desce a “ladeira” em Natal
Mais de 40 lojas especializadas em venda de carros usados já fecharam suas portas em Natal. Outras seguem o mesmo caminho.A crise mundial que se desenhou a partir de setembro do ano passado, terminou por pegar em cheio o segmento. Complementou a bordoada, as linhas especiais de crédito e redução de IPI, que o governo federal acomodou para carros novos. As montadoras e concessionárias pipocaram vendas. Lojas de usados estão asfixiadas, muitas com dívidas crescentes em financeiras.Acrescente-se também, as mudanças no trânsito de Natal que a partir da Avenida Bernardo Vieira, dificultou sobremodo a sobrevivência de lojas na área.A Bernardo Vieira concentra ainda boa parcela de empresas do ramo, mas em queda livre em termos de vendas.Natal tinha mais de 350 lojas de veículos usados até o último trimestre de 2008.

Fonte:Carlos Santos

Entrevista com Henrique Alves

Exclusiva para o Blog
Atritos com PT favorecem Serra no PMDB, diz líder
‘Se não negociar, o PT pode jogar tudo por água abaixo’
Apoio a Dilma depende hoje de ‘condicionantes’ estaduais
‘Se não resolver Minas Gerais nem adianta conversar mais’
Hoje,uma convenção do PMDB teria ‘resultado imprevisível’
Sem ação de Lula ‘pode ser comprometido projeto nacional’

Foto: Fábio Pozzebom/ABr
Líder do PMDB na Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN) é ardoroso defensor de uma aliança de seu partido com o candidato que Lula indicar para 2010.

Acha que o legado de Lula precisa ter continuidade. Com Dilma Rousseff ou com outro candidato. Mas receia que o PT envenene o projeto.

Vai abaixo a entrevista que o deputado concedeu ao blog:

– A direção do PMDB já dispõe de um diagnóstico estadual?
Reunimos nesta semana representantes de 25 Estados.
– O partido está dividido entre Dilma e Serra?
Verificamos que 17 Estados se inclinam para uma aliança com o presidente Lula. Cinco pendem para a aliança com José Serra. Três estão indefinidos.
– Os Estados que se inclinam para Dilma estão fechados?
Mesmo nesses Estados que se inclinam pela aliança com o presidente Lula há condicionantes muito importantes.
– Que condicionantes?
Principalmente o respeito que o PT deve ter aos candidatos do PMDB nesses Estados. É o mínimo que se pode exigir do PT, já que prioriza a eleição nacional e deseja o apoio do PMDB para sua candidata, a ministra Dilma.
– Se o PMDB tivesse de decidir hoje haveria dificuldades?
Teria dificuldades.
– Por quê?
Basicamente porque as questões estaduais, fundamentais para o PMDB, não estão resolvidas.
– Pode dar um exemplo de problema a ser vencido?
O exemplo mais claro é Minas Gerais. Temos um candidato, o Hélio Costa. É ministro do governo Lula. Portanto, confiável ao presidente. E há a candidatura do Fernando Pimentel, uma liderança importante do PT. A situação lá não está sendo bem conduzida pelo PT. É um problema grande. Lá a posição do PMDB é muito confortável.
– O que fazer?
Precisamos estabelecer um prazo. Depois, quem estiver melhor, apoia o outro. A seção de Minas tem 70 votos na convenção nacional do PMDB, que vai escolher o candidato à presidência. É a segunda maior delegação na convenção. Portanto, essa é uma questão preliminar e decisiva.
– E se não for resolvida?
Se não houver uma boa vontade do PT em relação a Minas Gerais, eu diria que nem adianta conversar mais. Daí pra frente tende a piorar. O Hélio Costa está bem à frente nas pesquisas. Não precisamos tomar uma decisão hoje. Mas é preciso ajustar uma data e um modelo de convivência.
– Qual seria a data e o modelo?
A data depende dos acertos. Nem sei se o PT aceitará a sugestão do PMDB. Funcionaria assim: Quem estiver mais bem colocado no mês tal, dia tal, será o candidato ao governo. E o outro vem para o Senado, com uma composição.
– E se o PT não aceitar?
Se o PT aceitar esse tipo de critério, facilitará muito o entendimento. Se não aceitar, se não negociar conosco, pode jogar tudo por água abaixo.
– Por que os acertos estaduais são tão vitais?
A coligação do PMDB com a candidatura da ministra Dilma dependerá da vontade dos convencionais do PMDB. São pessoas que vem dos Estados. É preciso que cheguem motivados para apoiar essa coligação.
– Quantos peemedebistas há na convenção nacional?
São pouco mais de 500 delegados. Alguns tem direito a mais de um voto. O total de votos é 820. Essa gente tem que chegar motivada para a parceria. Se eles vem dos seus Estados brigando com o PT, é melhor nem realizar a convenção.
– Se a convenção fosse feita hoje haveria o risco de vitória do Serra?
Digo que seria imprevisível o resultado porque as questões estaduais estão distantes de um bom entendimento. Não esperávamos tratar disso agora. Mas, ao admitir que a ministra Dilma é sua candidata, o presidente Lula provocou, ainda que inconscientemente, a aceleração desse processo nos Estados.
– Quais foram os efeitos da antecipação do calendário?
Isso está deixando as nossas bases muito preocupadas. Em todo lugar tem candidato do PMDB e do PT. Hoje, esse conflito está muito latente. Seria imprevisível o resultado de uma convenção do PMDB. Os atritos só ajudam o Serra, não a ministra Dilma. Por isso é importante conversarmos logo.
– Levarão o problema a Lula?
Sim.
– Quando?
Estávamos apenas esperando o presidente voltar da viagem ao exterior. Precisamos agir imediatamente, para que esses conflitos não permaneçam. Do contrário, pode ser comprometido um projeto nacional que nós queremos realizar com o presidente Lula, apoiando a candidatura Dilma. Quanto mais rápido acontecer essa conversa melhor para o PT, para o PMDB e para a ministra Dilma.
– Acha que Lula resolve?
A liderança do presidente Lula junto ao PT é decisiva. Ele será o grande condutor da campanha eleitoral de 2010. Queremos que o PT entenda o seguinte: se a prioridade do partido é eleger a ministra Dilma presidente, precisam respeitar as nossas prioridades. As forças estaduais são o grande patrimônio político do PMDB.
– Consideram a hipótese de Dilma não ser candidata?
Essa é uma possibilidade que ninguém pode descartar. Mas as notícias que nós temos sobre o estado de saúde da ministra são muito boas.
– E se a troca for inevitável?
Seja a ministra Dilma ou seja outro nome, precisamos ter uma candidatura que interprete esse governo, do qual fazemos parte e que tem um grande apoio popular. A idéia é dar continuidade. Hoje, quem representa esse projeto é a ministra Dilma. Mas se houver um bom entendimento com o PT, respeitadas as questões estaduais do PMDB, o mais importante é a continuidade do governo Lula, independentemente do nome que venha a ser apresentado pelo PT.
– Pretendem discutir com Lula o risco de saída de Dilma do páreo?
Não é o momento para isso. Seria até um desrespeito à figura da ministra Dilma. Seria também um desserviço à candidatura dela. O que nós queremos é fortalecê-la. Desde que, evidentemente, nossas pré-condições estaduais sejam respeitadas pelo PT.
– A demora conspira a favor de um PMDB pró-Serra?
Tem esse risco. Estou muito preocupado. Sabemos que há vários PTs. Temos que respeitar todas as tendências. Mas, em alguns Estados, o PT tem posições muito arraigadas. Temos o receio de que o presidente Lula e a ministra Dilma não tenham condições de conduizir esse processo como esperamos. É um receio muito agudo.
– Com que prazo trabalham?
Queremos definir tudo até o final do ano, para entrar em 2010 já sabendo o rumo que vamos tomar e o projeto que vamos construir –nacionalmente e nos Estados.
– Por que prefere Dilma a Serra?
Estamos participando do governo Lula. O apoio a uma candidatura de oposição, que se propõe a mudar os rumos do governo que ajudamos a fazer, seria incoerente. Mas, se houver demora, não posso negar que poderá haver desvio de conduta e a coisa se agravar. Daí a necessidade urgente de uma conversa com o presidente.
Fonte: Escrito por Josias (Folha de São Paulo)

Presidente Lula

Deu no Blog do Josias
Lula: deixo ao sucessor um ‘país mais estruturado’
‘Feliz do país que terá uma disputa entre o Serra e Dilma’
‘No ano que vem, eu apresento um PAC para 2010 e 2014’
‘Quando eu cheguei aqui, não tinha um projeto aprovado’
‘Ouso dizer: nenhum país toca tantas obras como o Brasil’

Foto: Wilson Dias/ABr

Lula falou aos repórteres Helio Gurovitz e Paulo Moreira Leite. Conversaram mais sobre o para-brisa do que sobre o retrovisor.

A idéia era arrancar de Lula impressões sobre o Brasil de 2020. O resultado foi às páginas da última edição de “Época”. Vão abaixo algumas das declarações feitas por Lula:
– País do futuro: Meu governo sempre pensou no futuro e faz isso até hoje ]…]. Ouso dizer que não existe no mundo hoje nenhum país com a quantidade de obras simultâneas que tocamos no Brasil. Estou falando de eclusas, hidrelétricas, saneamento básico, rodovias, aerovias e aeroportos, de internet, do programa habitacional… Posso pegar o Rio de Janeiro como exemplo. Duvido que, em algum momento nos últimos 30 anos, o Rio tenha tido tantas obras feitas com dinheiro federal. Não quero que, daqui a dez anos, o Rio continue conhecido como a cidade que tem a favela da Rocinha, o Complexo do Alemão, a favela Pavão e Pavãozinho. Quero que esses lugares sejam vistos como bairros. Isso é pensar no futuro.

– Legado bendito: No ano que vem, eu quero apresentar um PAC para 2010 e 2014. Não estarei mais no governo. Será uma prateleira de projetos aprovados para quem vier depois. A pessoa pode até não querer fazer. Mas, se quiser fazer, eles estarão lá. Não vai acontecer o que aconteceu comigo. Quando cheguei aqui, o Ministério do Planejamento não tinha um projeto aprovado. Tivemos de começar do zero: projeto básico, projeto executivo, licença prévia, uma série de providências que demoram três anos […]. Eu quero deixar este país preparado […]. Se cada presidente deixar um conjunto de obras estruturantes para o sucessor, o país dará um salto de qualidade nos próximos 20 anos […].

– Legado bendito 2:
Quero deixar uma nova relação que o governo conseguiu estabelecer com a sociedade. Parte da sociedade se sente responsável pelo meu governo. Nestes sete anos, já fiz mais de 50 conferências nacionais: conferência de habitação, da saúde, de GLTB [Gays, Lésbicas, Transexuais e Bissexuais], de educação. A única conferência que falta fazer é a de comunicação, que vamos fazer neste ano. Vai ser muito difícil mudar a relação que construí com a sociedade. É uma relação de confiança. As pessoas têm de perceber que um governo não é feito para quem governa. As ideias não têm de ser suas, necessariamente. Talvez essa seja uma vantagem minha. Quando o cara é bem formado intelectualmente, acha que já sabe tudo o que se apresenta a ele. Não tem nem ouvido. Como eu não sei muita coisa, tenho uma capacidade de ouvir muito grande. Seria muito melhor para o mundo se os governantes aprendessem a ouvir.

– Petróleo: O Brasil não pode, no futuro, imaginar que vai exportar petróleo e participar da Opep. O Brasil tem de ser exportador de derivados. Vamos extrair e refinar a gasolina de qualidade, o diesel de qualidade e, assim, gerar riqueza aqui dentro. Também vamos desenvolver uma forte indústria petroquímica. Se não for a melhor do mundo, estará entre as primeiras. Terceiro: vamos criar um fundo para cuidar da educação e da pobreza. Daqui a 20 anos, a gente poderá saber o que esse petróleo que nós encontramos deu de qualidade de vida para o povo brasileiro.
– Reforma política: Já é quase um consenso entre as pessoas que fazem política que precisamos de uma reforma profunda. Os partidos não podem ser aquilo que são hoje. A reforma é inexorável. A coisa mais barata para uma eleição neste país é você aprovar o fundo público de campanha. Não dá para você ficar numa promiscuidade entre o político e a classe empresarial. As coisas têm de ser mais transparentes. Os partidos têm de ter força. Você tem de negociar com o partido, não com pessoas. Eu acerto uma coisa com um deputado em nome do partido, aí vem um (outro) deputado e diz: ‘Não, não era isso’. Você precisa de instrumentos de negociação. E para isso a questão da lista [fechada de votação] é importante. Porque aí o presidente tem com quem negociar. Nós mandamos sete propostas para o Congresso. Eu não queria. Passei muito tempo achando que não era uma coisa do Executivo, mas do Legislativo. Quando vi que eles não faziam, decidi que devia mandar. Se quiserem utilizar, utilizam.
– Lado bom da crise: […] Fico muito feliz que a teoria do Estado mínimo e do mercado máximo ruiu. E isso não foi na Venezuela, na Bolívia ou no Paraguai. Foi nos Es-ta-dos-Uni-dos-da-A-mé-ri-ca-do-Nor-te. Na Alemanha. Na França. Na Inglaterra. Quando o Lehman Brothers quebrou, quem se tornou o salvador da pátria? O Estado. A GM já não sabe mais nada. A Ford já não sabe mais nada. Os banqueiros também não. Quem sabe? O Estado. Isso aconteceu por uma providência de Deus, que restabeleceu a normalidade do papel de cada um.
– Educação: Estou feliz com o que fazemos em educação, mas eu poderia estar mais feliz. Entre 1909, quando Nilo Peçanha fez a primeira escola técnica do país, em Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro, e 2003, foram feitas outras 140 escolas técnicas. Isso em 94 anos. Em oito anos, nós vamos fazer 214. Só neste ano vou inaugurar cem. Outra coisa: basta imaginar o significado para o futuro do ProUni [programa de crédito para financiar alunos carentes em universidades privadas], com 535 mil alunos. Ou o significado do ReUni [programa de expansão de vagas das universidades federais].
– Impostos: Defendo menos impostos se isso não contribuir apenas para aumentar o lucro empresarial, mas também para a geração de empregos e a distribuição de renda. Em todos os países mais pobres, a carga tributária é muito baixa. Em todos os países com a melhor qualidade de vida, é muito alta. Você pode pegar da Finlândia até a Inglaterra. Em alguns lugares, você taxa menos a produção e taxa muito a pessoa física, o rendimento. Não existe outro jeito de fazer justiça social. […] O debate sobre Estado mínimo é uma bobagem. Ou você tem um Estado que funciona ou aquele que não funciona […].
– Previdência: Sou defensor da ideia de que, a cada 30 anos, deveríamos fazer uma reforma da Previdência. Uma geração tem de preparar a aposentadoria da geração seguinte. […]Agora, é bom esclarecer que a Previdência não tem déficit […]. O que acontece é outra coisa. O Tesouro joga nas costas da Previdência os gastos com a Seguridade Social […].

– 2010: Outro dia eu disse: ‘Feliz do país que terá em 2010 uma disputa entre Serra e Dilma’. Você vai ter duas pessoas que têm divergências, concepções diferentes, mas duas pessoas que têm passado político. Foi importante eu e o Fernando Henrique Cardoso disputarmos, sabe? Foi uma melhora no quadro espetacular […]. Eu acho que quem vier depois de mim vai pegar o país mais elaborado, mais estruturado. Aí, fica mais fácil. E quero que quem vier depois de mim, o outro ou a outra, deixe o país muito mais preparado para 2022, que são 200 anos de independência.

Mega-Sena acumula e vai a R$ 30 milhões
Dezenas sorteadas neste sábado (23) foram 04, 10, 19, 32, 33 e 42.Próximo sorteio será na quarta-feira, dia 27 de maio.
Mega-Sena acumula e vai a R$ 30 milhões
Ninguém acertou as seis dezenas da Mega-Sena sorteadas neste sábado (23) no concurso de número 1.076. Com isso, o prêmio pode chegar a R$ 30 milhões no próximo concurso.
As dezenas sorteadas neste sábado foram
04, 10, 19, 32, 33 e 42.
O prêmio estava em R$ 25 milhões e renderia por mês se fosse aplicado na poupança, segundo a Caixa Econômica Federal, R$ 105 mil.
Cento e duas apostas acertaram cinco dezenas e ganharão R$ 21.442,45 cada.
Acertaram quatro dezenas 8.656 apostas, que receberão R$ 360,96 cada.
No próximo concurso, que será realizado na quarta-feira, dia 27 de maio,
a estimativa do prêmio é de R$ 30 milhões, de acordo com a Caixa.

Prefeituras do RN recebem segunda-feira dinheiro da compensação do FPM
O Tesouro Nacional depositou na contas das 167 prefeituras do Rio Grande do Norte os R$ 23,3 milhões do apoio financeiro aos municípios, instituído pela Medida Provisória nº 462, de 14 de maio, sancionada na semana passada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
O dinheiro, que será liberado nesta segunda-feira(25), corresponde às diferenças do FPM entre o primeiro trimestre deste ano e igual período do ano passado.
O depósito foi feito na rubrica AFM (Apoio Financeiro aos Municípios), sobre a qual não incidem os descontos para o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) nem para a Saúde. Mas será cobrada a parcela de 1% do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep).Para os municípios com população até 10.188 habitantes (coeficiente 0.6) foram depositados R$ 69.033,33, conforme previsto pelo Tesouro Nacional.Com o desconto de R$ 690,03 do Pasep, sobram R$ 68.343,30.
Já os de coeficiente 0.8, caso de Acari, Angicos e outros, o valor líquido é de R$ 91.124,02.
Os de coeficiente 1.0 receberão, brutos, R$ 115 mil. Mossoró e Parnamirim, com mais de 180 mil habitantes – coeficiente 4.0 – receberão R$ 1,5 milhão.
Natal, R$ 6,1 milhões; São Gonçalo do Amarante R$ 299 mil, Macaíba e Ceará-Mirim R$ 276 mil; Currais Novos R$ 207 mil.Seis municípios que mudaram de coeficiente este ano não tiveram queda de arrecadação e, conseqüentemente, estão fora do alcance da MP-462. São eles: Baraúna, Caicó, Espírito Santo, Ipanguaçu, João Câmara e São José do Mipibu.
Reunião com Mantega – A proposta de compensar os municípios pelas perdas de receita do FPM foi uma sugestão da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn) apresentada à bancada federal na reunião de março, em Natal, que contou com a presença de onze dos doze parlamentares com assento no Congresso Nacional.O apoio financeiro aos municípios é tema de um encontro dos prefeitos com os ministros Guido Mantega, da Fazenda, e José Múcio, das Relações Institucionais, terça-feira(26), em Brasília.A reunião foi convocada pelo Comitê de Assuntos Federativos. Além do apoio financeiro, a pauta inclui a crise econômica e o parcelamento das dívidas previdenciárias.O Rio Grande do Norte será representado pelo presidente da Femurn, Benes Leocádio, que no dia seguinte participa da solenidade de posse da nova diretoria da Confederação Nacional dos Municípios (CNM).
Benes assume o cargo de segundo vice-presidente da entidade.

Deu na Folha de S.Paulo
Renan vai indicar Romero Jucá para a relatoria da CPI
De Vera Magalhães:
O líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros, vai indicar o líder do governo na Casa, Romero Jucá, para relator da CPI da Petrobras. O nome de Jucá será levado por Renan ao presidente Lula em reunião prevista para segunda-feira.
O PMDB também concorda em fechar um acordo para que a presidência da CPI seja cedida ao DEM, que nomeará Antonio Carlos Magalhães Jr.
Renan evita anunciar oficialmente, antes do encontro com Lula, a estratégia para a composição da CPI, selada recentemente. O PMDB avalia que um acordo com a oposição na largada das investigações é importante para estabelecer limites e evitar que a CPI degringole.
O PSDB também já disse aos aliados do DEM que manterá o nome de Álvaro Dias como indicado para presidir a CPI, já que ele é o autor do requerimento que motivou a investigação, mas que vai referendar o nome de ACM Jr. caso o governo aceite a nomeação.
Renan e aliados querem fechar um cerco que evite que o líder do PT, Aloizio Mercadante, assuma a presidência da CPI.
Segundo um senador próximo a Renan, ele prefere dar a presidência para o DEM a dar para o Mercadante. Nos últimos dias o petista tem tentado, sem sucesso, conversar com o líder do PMDB para fechar uma estratégia comum na CPI. Assinante do jornal leia mais em: Renan vai indicar Romero Jucá para a relatoria da CPI

Deu na Folha de S.Paulo
28% dos jovens abandonam cursos para trabalhar

Dos 14 milhões de analfabetos do país, 547 mil frequentavam cursos de alfabetização de adultos em setembro de 2007
Para André Lazaro, do MEC, é preciso melhorar a qualidade dos cursos, ainda pouco atraentes e com metodologia ultrapassada
De Antônio Gois:
Para um país que ostenta altas taxas de repetência e evasão, um caminho natural para acelerar a escolarização seria a educação de jovens e adultos (antigos supletivos).
No entanto, uma pesquisa divulgada ontem pelo IBGE mostra que 43% dos 8 milhões de brasileiros que já frequentaram esses cursos não os concluíram.
Os motivos mais citados para o abandono foram a falta de horário compatível com o trabalho (28%) ou com os afazeres domésticos (14%).
Esta foi a primeira vez que o instituto investigou, a partir da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios de 2007, especificamente este segmento, além da educação profissional.
A pesquisa informa que a frequência a cursos de alfabetização de adultos em setembro de 2007 era de apenas 547 mil pessoas. O país tem 14 milhões de analfabetos.
Para o secretário de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade do MEC, André Lazaro, é natural que a evasão em supletivos seja maior do que em outros níveis, pois se trata de um público que precisa conciliar o horário de trabalho com os estudos.
Mas ele admite que é preciso melhorar a qualidade dos cursos, ainda pouco atraentes e com metodologia ultrapassada, e, mais importante, atrair mais pessoas de volta à sala.
“O que mais preocupa não é a evasão, mas o fato de haver pouca procura pela educação de jovens e adultos, já que temos uma população adulta ainda pouco escolarizada”, diz.
Sobre o pequeno número de matriculados na alfabetização de adultos, Lázaro afirma que, por serem cursos de curta duração, a pesquisa do IBGE -cujo mês de referência é setembro- não capta o total de matriculados num ano.
Para ele, é preciso considerar que a frequência cresceu. Do total de 1,9 milhão de adultos que afirmaram já terem feito esses cursos, 991 mil cursaram entre 2003 e 2007.

Exposição em Nova Cruz

EXPOSIÇÃO DE CAICÓ
Começa hoje, com previsão de bater recorde em negócios, a XXXVI Exposição Agropecuária do Seridó, no Parque de Exposições Monsenhor Walfredo Gurgel. Todos os currais oferecidos foram vendidos, incluindo inclusive, as raças caprina e ovina. A expectativa no volume de negócios em Caicó é acima de R$ 3 milhões de reais, um crescimento de mais de 40% em relação a 2008.

EXPOSIÇÃO EM NOVA CRUZ
A cidade de Nova Cruz, será sede de um parque de Exposição Agropecuária no mês de setembro segundo informações da prefeitura municipal.

SOLUÇÃO NO FGTS
A Medida Provisória aprovada pela Câmara dos Deputados, que teve como relator o deputado Henrique Eduardo, pode ser a solução para a aquisição dos terrenos para o programa habitacional do governo. O próprio trabalhador saca o seu FGTS para financiar sua moradia. O problema é a especulação com os preços dos terrenos.

PROJETO “ROSALBA 2010” MONTA EQUIPE
Os jornalistas Adriano de Souza e Cassiano Arruda são nomes de peso já alinhados para trabalho, que visa alavancar o nome da senadora Rosalba Ciarlini (DEM) ao governo do estado em 2010. Outros nomes devem ainda compor a equipe. Contudo esse detalhamento e convites vão estar afinados só no próximo ano.No topo dessa pirâmide estelar aparece (ou não precisa aparecer) o consultor Antônio Lavareda, nome de conceito nacional no marketing político.

BRASILEIRO PAGA MAIS IMPOSTO
O brasileiro continua trabalhando cinco meses para pagar impostos. Segundo o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), o brasileiro compromete 40,15% do rendimento bruto para o pagamento de tributos. Até o dia 27 próximo (quarta-feira), o brasileiro irá trabalhar apenas para pagar tributos. O trabalhador comprometeu 40,51% do seu rendimento bruto para o pagamento de tributos, ao passo que, em 2009, este índice teve queda de 0,36 ponto percentual, chegando a 40,15% do salário.

COMPENSAÇÃO DO FPM
O Tesouro Nacional deve liberar na próxima segunda-feira (25) o repasse de aproximadamente R$ 700 milhões para recompor as perdas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de janeiro a abril deste ano. O anúncio foi feito ontem pelo ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo, durante o programa Bom Dia Ministro, da Rádio Nacional. Para os municípios do RN, serão R$ 23 milhões.

EMATER
A Emater-RN está capacitando a segunda turma para atuar no Projeto Cultivando Saberes, com 40 servidores de prefeituras municipais de todas as regiões do Estado. O curso, que prepara pessoal para atuar em diversas áreas da agricultura familiar, será encerrado hoje, no Centern. O patrocínio é do Governo do Estado e o Ministério do Desenvolvimento Agrário.GOVERNO
O Governo Federal abre crédito para os agricultores familiares das regiões Norte, Nordeste e Sul do país. Serão R$ 950 milhões para minimizar os efeitos da seca e das enchentes dos últimos meses. Os recursos destinados pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário beneficiarão mais de 300 mil famílias inclusive no RN.

NORDESTE ESQUECIDO
O jornal O Estado de S. Paulo deu destaque ao noticiário sobre os desabrigados das chuvas nas várias regiões do país:“Nordeste recebeu menos auxílio do que Santa Catarina, apesar de ter 4 vezes mais desalojados . A região conta com menos doações e verba pública só foi liberada ontem”. Completa a notícia:
– Comparando números da tragédia de novembro do ano passado em Santa Catarina com a da que acontece agora em nove estados do Nordeste, devastados por chuvas desde abril, parece que as coisas ocorrem em país diferentes.
– Santa Catarina teve 63 cidades afetadas, 137 mortes, 51 mil desalojados e 27 mil desabrigados. No total, a estrutura de ajuda contou com 24 helicópteros e 4 aviões da FAB. Doação da sociedade de mais de R$ 34 milhões e o governo federal prometeu liberar R$ 360 milhões.
– Apesar de registrar um número menor de mortos até o momento, 45, o Nordeste tem 299 cidades afetadas, 200 mil desalojados e 114 mil desabrigados. Mesmo assim, com um número 4 vezes maior de pessoas que precisam urgentemente de ajuda, só 3 helicópteros e 3 aviões atuam na região. E as doações não alcançam R$ 4 milhões.Aí o Ibope passa pelo Nordeste e a pesquisa da 90% de aprovação para Lula.

LOBBY NA CPI
Cidade natal do ex-ministro Antonio Palocci, Ribeirão Preto (SP) vai “brilhar” novamente em uma comissão parlamentar de inquérito: usineiros paulistas, grande parte sediados no município, estão se preparando para uma “guerra de guerrilha” na CPI da Petrobras. Eles não querem que os senadores façam muitas perguntas sobre a operação de R$ 178 milhões da estatal – investigada pelo Ministério Público – que os beneficiou.

GAROTO SALTADOR
O ex-governador Anthony Garotinho, que já passou por três partidos, está na iminência de ingressar no quarto: deve se filiar ao PR em junho.PRESENTAÇOA operação que beneficiou os usineiros paulistas teria pago R$ 178 milhões por subsídios atrasados pela produção de álcool.

PICARETAGEM
Foi só surgir a hipótese de terceiro mandato e logo apareceu uma proposta ainda mais picareta: a prorrogação dos atuais mandatos.

OLHO GRANDE
O PMDB pressiona o governo ocupar a diretoria da Petrobras que vai furar poço no mar. Como se vê, pré-sal também faz subir as pressões.

PMDB COMEÇA A ABRAÇAR A TESE DO TERCEIRO MANDATO
Matéria da revista Veja, edição que chega as bancas nesse final de semana, aponta que o PMDB começa a “abraçar” a tese do terceiro mandato para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo a reportagem, foi na casa do deputado federal Henrique Eduardo Alves, líder do PMDB, que o assunto voltou a ser discutido com mais contundência.
“Na noite de quarta-feira, em um jantar na casa do líder do PMDB, Henrique Eduardo Alves, o partido decidiu abraçar a tese do terceiro mandato e acelerar a tramitação do projeto de Jackson Barreto, aquele amigo do presidente. ‘Lula diz que não quer, não vai se mexer publicamente, mas não desautoriza ninguém a defender o terceiro mandato. Se cair no colo dele, não vai reclamar’, afirma um líder da base”, diz a matéria publicada na revista de maior circulação do país.

GESANEMARINHO É A AUSÊNCIA PEDETISTA NA
FILIAÇÃO DE CARLOS EDUARDO
A deputada Gesane Marinho, que está licenciada da Assembleia Legislativa por estar grávida, não compareceu a solenidade de filiação do ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo ao PDT.
Independente das limitações devido aos cuidados especiais de saúde, Gesane Marinho já havia dito que não iria mesmo ao evento. Ela se queixa da falta de atenção do partido. Em recente entrevista a parlamentar afirmou que foi comunicada do ingresso de Carlos Eduardo no PDT “por telefone e depois de ter lido em toda imprensa”.
Fonte:Colunas TN

MONTE ALEGRE
Polícia prende quadrilha e recupera R$ 1,5 milhão em cargas roubadas
Foram apreendidos 20 mil chips de celular 3G, 50 maquinetas de cartão de crédito, uma carga de fogões e de lavadora de roupas, além de cargas de medicamentos e cosméticos.

Por Redação, Sesed
Uma operação conjunta das polícias civis do Rio Grande do Norte e da Paraíba resultou, no final da tarde de quarta-feira (20), na prisão de seis integrantes de uma quadrilha interestadual de roubo de cargas e na apreensão de mercadorias avaliadas em R$ 1,5 milhão. O desmonte da quadrilha aconteceu num galpão na zona Rural de Monte Alegre, na localidade conhecida como Alto da Castanha, acerca de 30 quilômetros de Natal. Foram recuperadas cargas de cosméticos, medicamentos, alimentos, calçados, colchões, eletrodomésticos e peças de caminhões. A polícia continua em diligência a procura de outros integrantes do bando. A investigação que levou a prisão da quadrilha teve início na Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas e Veículos da Polícia Civil da Paraíba.
O delegado Jean Bezerra explicou que há seis meses o grupo era investigado com apoio da Gerência de Inteligência (Gintel) e do Grupo de Operações Especiais (GOE).
A investigação foi batizada com o codinome “Carga Pesada”. “Essa quadrilha atuava em Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará”, contou o delegado.Segundo o delegado do GOE, Wallber Virgílio, o último assalto do bando aconteceu há cerca de dez dias em Mamanguape, na Paraíba. “Eles roubaram uma carga de cosméticos avaliada em R$ 800 mil”, disse. A polícia monitorou o bando e chegou à pista de que o grupo estaria entre Monte Alegre e Parnamirim. A polícia paraibana pediu apoio das autoridades do Rio Grande do Norte. O delegado de Parnamirim, Graciliano Lordão, foi acionado e passou, junto com sua equipe, os últimos dois dias à procura dos bandidos. A localização do bando aconteceu às 17h.

Dentro do enorme galpão foram encontradas as cargas e detidas oito pessoas, sendo que duas delas acabaram liberadas porque ficou provado que elas estavam apenas ajudando no transbordo da carga e não tinham ligação com o crime.Foram presos os pernambucanos Luiz Alves dos Santos e Luiz Antônio da Silva, apontados como líderes do grupo, além de Augusto de Lima, Alan Márcio Sales, Luciano Nogueira de Araújo e Jonas Manoel da Silva. Todos, segundo o delegado Graciliano Lordão, seriam autuados em flagrante delito pelos crimes de receptação de roubo qualificada e formação de quadrilha.

No local foram apreendidos cerca de 20 mil chips de celular 3G, 50 maquinetas de cartão de crédito, uma carga de fogões e de lavadora de roupas, além de cargas inteiras de medicamentos, colchões, peças de caminhão, achocolatado em pó, embalagens e cosméticos. A polícia ainda apreendeu uma pilha de notas fiscais de cargas supostamente roubadas. O galpão e as mercadorias foram periciados pelo Itep.
Fonte:nominuto.com

Acordo dá mais seis meses para troca de partido
Com a constatação entre os líderes da base aliada de que não há consenso para levar a reforma política adiante, o PMDB saiu na frente e propôs reduzir de um ano para seis meses o prazo mínimo de filiação partidária para concorrer às eleições. O projeto, apoiado por líderes governistas, foi apresentado nesta quarta pelo deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), com pedido de tramitação em caráter de urgência. Se aprovado a tempo, poderá valer já para 2010.
Em reunião na noite de terça-feira, os líderes dos partidos aliados também praticamente sepultaram a proposta de adoção do sistema de voto em lista fechada para as eleições proporcionais. O destino da reforma política será decidido nesta quinta, em reunião dos líderes com o presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP).
Segundo parlamentares de diferentes partidos, a lista fechada “está morta”. A avaliação é que o assunto racha a base e que nada deve ser feito para aprofundar essa divisão num momento pré-eleitoral. Leia mais em: Base do governo quer reduzir de um ano para seis meses prazo de filiação partidária

Proposta que acelera o divórcio é aprovada na Câmara
A Câmara aprovou nesta quarta emenda constitucional que permite que casais se divorciem sem ter que passar antes pela etapa da separação judicial. A emenda foi aprovada, em primeiro turno, por 375 votos sim, 15 não e uma abstenção, e terá que ser apreciada em segundo turno na Casa antes de seguir para a votação no Senado.
Além de dar celeridade à opção pelo divórcio – que poderá ser feito diretamente num cartório -, a proposta elimina custos processuais, pagamento de honorários a advogados e desafoga a Justiça. Hoje, um casal que se separa tem que seguir, necessariamente, um dos caminhos: permanecer separado judicialmente por um ano ou manter o casamento no papel por dois anos e provar, na Justiça, depois deste prazo, que está separado de fato, morando em casas diferentes.
Esta última alternativa exige que amigos testemunhem a separação, e o juiz concede o divórcio. No primeiro caso, depois de um ano separados judicialmente, os dois podem fazer a conversão para divórcio. Leia mais em: Proposta que acelera o divórcio é aprovada na Câmara

Natal e mais 15 municípios do RN perdem verbas federais para saúde
Corte, referente a abril, se deu em virtude de irregularidades no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES).
Por Ana Paula Oliveira

Natal e os municípios de Parnamirim, Afonso Bezerra, Areia Branca, Ceará-Mirim, Espírito Santo, Governador Dix-Sept Rosado, Guamaré, Jardim do Seridó, Jucurutu, Lagoa Nova, Lagoa Salgada, Luís Gomes, Porto do Mangue, Tibau e Touros tiveram repasses suspensos dos programas Saúde da Família, Saúde Bucal e Agentes Comunitários.
A perda, referente a abril, se deu em virtude de equipes apresentarem duplicidade no registro de profissionais no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES). As equipes que apresentaram essas irregularidades não receberão a verba.
Os municípios mais prejudicados foram Natal, com o corte de 15 equipes; Ceará-Mirim, com 16 equipes cortadas; e Espírito Santo, com 14.
Confira a lista de equipes cortadas dos programas, por município:
Município
Equipe de Saúde da Família
Equipe de Saúde Bucal 1
Equipe de Saúde Bucal 2
Agentes Comunitários de Saúde
Afonso Bezerra
0
0
0
2
Areia Branca
0
0
0
1
Ceará-Mirim
2
1
0
13

Parnamirim

2
1
0
9
Espírito Santo
2
1
0
11
Governador Dix-Sept Rosado
1
1
0
7
Guamaré
1
1
0
3
Jardim do Seridó
0
1
0
0
Jucurutu
1
1
0
5
Lagoa Nova
1
1
0
6
Lagoa Salgada
1
1
0
6
Luís Gomes
0
1
0
0
Natal
2
2
0
11
Porto do Mangue
0
1
0
0
Tibau
1
1
0
5
Touros
1
1
0
4
Outros estados, como Bahia, Ceará, Maranhão e Espírito Santo também tiveram suspensão nos repasses.A lista completa com os municípios que tiveram suspensa a transferência do repasse para as atividades dos programadas está disponível no Diário Oficial da União desta

Deputado sai mais caro no Brasil do que no 1º mundo

Parlamentar brasileiro custa à Viúva R$ 1,3 milhão por ano
Valor é maior do que o de um colega alemão: R$ 1 milhão
Sai quase o dobro de um parlamentar francês: R$ 699 mil
Custa quase o triplo de um deputado italiano: R$ 469 mil
Em salário e benefício, só perde para EUA: R$ 3,8 milhões

Stock Images


Os integrantes da Mesa diretora da Câmara manuseiam um estudo revelador. Encomendou-o o primeiro-secretário Rafael Guerra (PSDB-MG).

Traz a assinatura de três técnicos (veja os nomes na nota de rodapé). Traça uma análise comparativa do custo de um deputado em diferentes países do mundo.

O blog obteve cópia do documento. Os números revelam que um deputado brasileiro custa mais ao erário do que os seus congêneres de nações ricas e desenvolvidas.

Entre os países listados no estudo, os EUA figuram como única exceção. Em todos os outros o parlamentar custa ao contribuinte menos do que no Brasil.

O levantamento leva em conta o salário e as chamadas verbas de representação, que cobrem as despesas relacionadas com o exercício do mandato.

Considerando-se o custo individual do deputado, a coisa ficou assim:

EUA: até R$ 3.814 milhões por ano;
Brasil: até R$ R$ 1.274 milhão anuais;
Alemanha: R$ 1.004 milhão;
França: R$ 736 mil;
Grã-Bretanha: R$ 699 mil;
Chile: R$ 545 mil;
Itália: R$ 469 mil.

Fez-se também uma comparação do custo de um deputado considerando-se a população de cada país. Estimou-se quanto sai do bolso de cada contribuinte.

É esse o pedaço do estudo mais festejado pelos dirigentes da Câmara. O Brasil, por populoso, desceu ao último lugar do ranking. Ficou assim:

Grã-Bretanha: o deputado custa R$ 7,37 para cada mil habitantes;
Alemanha: R$ 7,37 por grupo de mil habitantes;
França: R$ 6,63 por mil;
EUA: R$ 4,88 por mil;
Chile: R$ 3,94 por mil;
Brasil: R$ 3,29 para cada mil habitantes.

O estudo da Câmara eximiu-se de fazer uma comparação que talvez seja a mais relevante. Deixou-se de levar em conta as diferenças de renda dos cidadãos de cada países.

Tome-se o exemplo da Grã-Bretanha, acomodado no primeiro lugar do ranking de gastos no recorte que leva em conta o número de habitantes.

O PIB per capita dos 61,1 milhões de britânicos é quatro vezes mais alto do que o dos 198 milhões de brasileiros.

Se tivesse esmiuçado esses dados, o trabalho da Câmara teria concluído que o custo de um deputado brasileiro supera em dez vezes o de um colega britânico.

Elaborado no calor do noticiário sobre a farra das passagens aéreas, o estudo também informa como os deputados estrangeiros utilizam os bilhetes aéreos.

Nos EUA, o Tesouro banca os vôos de parlamentares, assessores ou prestadores de serviço em missão comprovadamente oficial.

Viagens ao exterior, só quando autorizadas pelos presidentes da Câmara ou da comissão a que pertence o deputado. São proibidas as viagens de caráter pessoal, político ou de campanha. Cônjuges e familiares podem acompanhar o deputado em missões oficiais.

Na Grã-Bretanha, o erário cobre as viagens entre o distrito de origem do deputado e Londres. Fora disso, só com autorização prévia. Vôos para outros países da União Européia, só a serviço. Três por ano. Cônjuges e filhos menores de 18 anos dispõem de uma cota de 30 bilhetes por ano para viagens entre o distrito eleitoral do deputado e Londres.

Na França, há uma cota anual de 40 passagens (ida e volta) entre Paris e a circunscrição eleitoral do deputado. Fora desses limites, seis bilhetes anuais. Nada de parentes.

No Chile: cota anual de 60 passagens. Desse total, 48 são nominais. Só podem ser usadas pelo deputado. Doze podem ser cedidas terceiros, por indicação do titular do mandato.

Na Alemanha, são reembolsadas as despesas feitas pelos deputados em vôos domésticos. Há uma cota de R$ 16,5 mil para viagens de trem.

Na Itália, os deputados dispõem de passes para viajar de graça de avião, trem e navio. Recebem auxílio anual o deslocamento até os aeroportos: entre R$ 9,3 mil e R$ 11,2 mil.

Nesta terça (19), os deputados brasileiros foram apesentados a uma novidade. Em vez da miríade de cotas (indenizatória, postagem, telefone, impressão, assessores, etc) vão dispor de uma supercota. Os valores continuam os mesmos –entre R$ 23 mil e R$ 34 mil mensais, a depender do Estado de origem do deputado.

Desfraldou-se uma promessa de cortes. Não chegará ao bolso do parlamentar. Se levada a efeito, afetará o custeio da Câmara. Pretende-se podar R$ 291 milhões do orçamento de 2009.

– PS1.: São os seguintes os autores do estudo da Câmara: Antônio Octávio Cintra, consultor Legislativo, PhD em Ciência Política pelo MIT; Ricardo Rodrigues, diretor da Consultoria Legislativa da Câmara, PhD em Ciência Política na New York University; e Francisco José Pompeu Campos, especialista em políticas públicas e gestão governamental, mestre em Economia pela Universidad Rey Juan Carlos, de Madrid.
– PS2: As cifras mencionadas no documento foram convertidas para o Real levando-se em conta a cotação de 8 de maio de 2009.
Escrito por Josias de Souza

Henrique Alves inclui cidade com até 50 mil habitantes em MP do programa Minha Casa, Minha Vida
Foto: Divulgação
Henrique Alves leu relatório da MP do programa Minha Casa, Minha Vida
O relator da Medida Provisória 459/09, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB), propôs a inclusão de municípios com até 50 mil habitantes no programa habitacional Minha Casa, Minha Vida.A mudança já havia sido anunciada pelo relator, que negociava com o governo uma fórmula para atender à reivindicação dos pequenos municípios.

O governo havia deixado esses municípios de fora do programa criado pela MP e que deve atender famílias com renda de até dez salários mínimos por meio da construção de novas moradias ou aquisição com subvenções e garantias para o sistema financeiro.
Recursos exclusivosEm seu relatório, lido na manhã de hoje, o Henrique Alves também propôs que R$ 1 bilhão do programa seja destinado exclusivamente aos pequenos municípios ou a famílias com renda até 3 salários mínimos. “Espero que essa Casa faça justiça a todos os que querem ter uma casa, não importa o município em que vivam”, disse Henrique.
O relator também facilita a atuação de outros agentes financeiros no programa, além da Caixa Econômica Federal (CEF).Cada agente só poderá receber até 15% dos subsídios e garantias ofertados pelo governo em cada lote do programa. “A Caixa sozinha não seria capaz de operar um programa tão grande e com tanta capilaridade”, avaliou Henrique.

Moradias rurais
Entre outras modificações, o líder do PMDB ainda limita o programa de moradias rurais aos agricultores familiares e trabalhadores rurais, de acordo com a definição da lei.
Henrique Eduardo também amplia a exigência de registro eletrônico.
A MP previa a obrigatoriedade desse tipo de registro apenas para imóveis. O relator propõe que a medida seja obrigatória para todos os registros públicos.
O prazo de cinco anos para que os cartórios façam a migração dos registros para o meio eletrônica foi mantido por Henrique.
A votação da MP deve ocorrer na sessão extraordinária da tarde desta quarta-feira(20), cuja Ordem do Dia está marcada para as 16 horas.
*Com informações da Agência Câmara

Wilma recebe Robinson e prefeitos de Pedro Velho, Goianinha e Lajes

Governadora Wilma de Faria com o deputado Robinson Faria e prefeitos
O deputado Robinson Faria foi ontem ao gabinete da governadora Wilma de Faria.
O presidente da Assembléia acompanhou os prefeitos Jalmir Macedo, de Pedro Velho; Júnior Rocha, de Goianinha, e Benes Leocádio, de Lajes, a uma audiência acompanhada dos secretários Raimundo Fernandes e Fátima Morais, Wilma recebeu o deputado e os prefeitos. Que foram pedir apoio do governo para ações, em seus municípios, nas áreas de Saúde, estradas…
Presidente da Federação dos Municípios, Benes chegou à Governadoria de relatório na mão.
Para sua cidade Lajes ele solicitou a construção de uma ponte na RN 129, em um trecho que foi destruído pelas chuvas…e a instalação de um pelotão da PM.
Em tom de brincadeira, Benes disse à governadora que não desse tempo dela resolver o problema…o “futuro governador” Robinson Faria resolveria.
Fotos: João Gilberto

Robinson, Wilma, Jalmir Macedo (Pedro Velho) e Raimundo Fernandes
Benes Leocádio levou relatório com fotos da estrada destruída, em Lajes

Fonte:Blog Thaisa Galvão

Municípios do Rio Grande do Norte vão receber R$ 16,3 milhões de FPM
O repasse financeiro feito pelo governo federal através da Medida Provisória 462, publicada na edição de ontem do Diário Oficial da União, resultará em aproximadamente R$ 59,3 mil (valor bruto) para cada município de coeficiente 0.6 no Rio Grande do Norte. Sobre esse valor não incidem os descontos referentes à saúde (15%), educação (20%) e Pasep (1%) porque a MP não considera os recursos como Fundo de Participação (FPM). Ou seja, uma média de R$ 19,6 mil/ mês para cada município de menor coeficiente.
Os 167 municípios do Rio Grande do Norte receberão um total de R$ 16,377 milhões. No Estado, 105 municípios têm população de até 10.188 habitantes (índice 0.6). O texto da MP 462 garante que o valor correspondente à variação negativa acumulada no primeiro trimestre deste ano será repassado aos municípios em parcela única até o dia 25 de maio.
De acordo com levantamento realizado pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), o total que será repassado às prefeituras neste mês é de R$ 658,7 milhões.

Em relação à variação negativa dos meses de abril e maio, o valor será entregue em parcela única até o décimo quinto dia útil do mês de junho, no caso de haver disponibilidade orçamentária, ou até o quinto dia útil após a aprovação dos respectivos créditos orçamentários.
Do total repassado aos municípios potiguares, Natal ficará com a maior parcela — R$ 2 milhões na soma dos três meses. Já os municípios de Mossoró e Parnamirim (ambos coeficiente 4.0) receberão R$ 658 mil, por prefeitura. O presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN), Benes Leocádio, disse ontem que recebeu a garantia da assessoria da Secretaria de Assuntos Federativos de que não incidem descontos.
O repasse é considerado “Apoio Financeiro aos Muncípios”, por isso não incidem sobre ele as deduções às quais está sujeito o FPM.
Benes Leocádio explica que o valor anteriormente repassado pelo governo federal — R$ 23,6 milhões para os municípios do Rio Grande do Norte — corresponderia ao cálculo para os quatro primeiros meses do ano.
“Os valores são um pouco melhores que os divulgados anteriormente, quando não ficou claro se incidiam os descontos. Vamos aguardar os repasses referentes à segunda parcela, que segundo Benes Leocádio devem ser liberados até o 15º dia útil de junho. “O valor, no entanto, deve voltar à votação pelo Congresso Nacional”.
Valor para o trimestre:
R$ 59,3 mil (0.6)
R$ 79,1 mil (0.8)
R$ 98,8 mil (1.0)
R$ 118 mil (1.2)
R$ 138 mil (1.4)
R$ 154 mil (1.6)
R$ 237 mil (2.4).

Ministério da Saúde credencia 38 equipes do Programa Saúde da Família no RN
O Rio Grande do Norte contará com mais 38 equipes da estratégia do Programa Saúde da Família. Portaria publicada nesta quarta-feira (13), no Diário Oficial da União, credencia as equipes de Saúde da Família e autoriza o pagamento de incentivo financeiro para a contratação de 217 novos agentes comunitários de saúde, nos municípios de Ceará-Mirim, Pedro Velho e São Miguel do Gostoso. O Programa Saúde da Família está presente nos 167 municípios do Rio Grande do Norte. No estado são ao todo 853 equipes e 5.224 agentes comunitários de saúde em atividade, responsáveis pelo atendimento de mais de 2,4 milhões de pessoas.

A partir da implantação, os municípios passam a receber um incentivo mensal que varia de R$ 6 mil a R$ 9 mil. Todos recebem ainda R$ 581 por agente comunitário de saúde em atividade.
No mesmo dia, foi autorizada ainda a implantação de 38 novas equipes de saúde bucal (ESB) no estado, nos mesmos municípios. Rio Grande do Norte conta, atualmente, com 781 ESB. Para a implantação de cada equipe, os municípios recebem R$ 7 mil e, depois, um incentivo financeiro mensal de R$ 1,9 mil a R$ 2,4 mil por equipe.
Como funciona
Cada equipe do Saúde da Família fica responsável por uma população de 3,5 mil a 4 mil habitantes, ou mil famílias. Elas são responsáveis pelas ações de promoção da saúde, prevenção, recuperação, reabilitação de doenças e agravos mais frequentes, e na manutenção da saúde das pessoas atendidas. A composição mínima de cada equipe é de um médico, um enfermeiro, um auxiliar de enfermagem e até 12 agentes comunitários de saúde.Para credenciar equipes do Saúde da Família, os municípios precisam apresentar ao Conselho Municipal de Saúde uma proposta, com definição do território a ser coberto, estimativa de população residente e número de equipes que vão atuar, entre outras informações. Depois de aprovada pelo conselho, a proposta é encaminhada à Secretaria Estadual de Saúde (SES), que terá um prazo de 30 dias para análise e envio à Comissão Intergestores Bipartite (CIB). Após a aprovação na CIB, cabe à SES informar ao Ministério da Saúde o número de equipes e de agentes comunitários de saúde a que faz jus cada município.Fonte: Ministério da Saúde.
Fonte: FEMURN

Agripino revela que vai tirar licença do Senado e seridoense que é fã de Collor vai assumir vaga em janeiro de 2010
A notícia já começa a ganhar as grandes rodas políticas do Rio Grande do Norte. O senador José Agripino Maia (DEM) vai tirar licença do Senado Federal em janeiro do próximo ano. O Líder do DEM revelou a decisão no último final de semana ao seu primeiro suplente, o empresário José Bezerra de Araújo Júnior (Ximbica), que também é filiado ao DEM.
Ximbica (foto) é seridoense de Currais Novos. Seu pai, José Bezerra de Araújo já foi prefeito da segunda maior cidade do Seridó de 1937 a 1943, época da ditadura Vargas. O empresário em janeiro de 2008, admitiu em entrevista a Tribuna do Norte que é admirador do ex-presidente Fernando Collor, seu futuro colega no Senado. “Collor foi o governo menos corrupto que o país já teve”, disse ao jornal na época.
Agripino quer tirar uma licença de princípio quatro meses, para se dedicar a campanha pela reeleição, já que enfrentará páreo duro com o senador Garibaldi Filho (PMDB) e a governadora Wilma de Faria (PSB). O último senador seridoense eleito foi Agenor Maria. Filho de São Vicente, ele cumpriu mandato de 1975 a 1983. Já o parelhense Dario Pereira Macêdo, também suplente de José Agripino, foi convocado em 1991, quando Agripino renunciou para assumir o Governo do Estado. Dario Pereira cumpriu seu mandato até 1995. O ex-senador morreu em janeiro de 2003.

AFASTAMENTO – NOVAS ELEIÇÕES

São José de Campestre: TRE afasta prefeito, determina que presidente da Câmara assuma a Prefeitura e vai marcar novas eleições
Na sessão desta terça-feira(19) o Tribunal Regional Eleitoral(TRE) decidiu pelo afastamento imediato do prefeito de São José de Campestre, Laércio José de Oliveira.

Na mesma decisão o TRE decidiu que haverá novas eleições no município.Também determinou que o presidente da Câmara Municipal, Vereador Dedé Mendonça, assuma o comando do município até a realização de novas eleições.

O TRE entendeu que Laércio não poderia ter sido candidato a prefeito em 2008, pois teve suas contas desaprovadas pelo Tribunal de Contas quando governou o município em gestões passadas.

O relator do processo foi o juiz Fábio Hollanda, que teve seu parecer favorável à cassação do prefeito acompanhado pelos demais membros do TRE.

PF deflagra operação contra a pedofilia na internet

A Polícia Federal deslanchou, ontem segunda (18), a Operação Turko.
O nome é um anagrama de Orkut, rede de relacionamento da web.
A ação visa combater a pedofilia e a difusão de material pornográfico na rede.
Os agentes da PF foram a campo em 20 Estados e no DF.

Já foram para trás das grades oito pessoas, cujos nomes são mantidos em sigilo.
Quebraram-se os sigilos de 3.265 perfis de usuários do Orkut.

Foram denunciados anonimamente a uma ONG chamada Safernet.
A Safernet administra uma Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos.
Numa primeira fase, a PF esquadrinhou 805 perfis do Orkut.

Tinham em comum a suspeita de difundir imagens de pornografia infantil.
Identificaram-se 118 endereços de potenciais pedófilos.

Desse total, a PF selecionou 107 alvos. E obteve na Justiça 92 mandados de busca e apreensão.
Os mandados autorizam a polícia a vasculhar os computadores dos suspeitos.

Por ora, dez pessoas foram para trás das grades.
Deve-se a operação a uma parceria da PF com a CPI da Pedofilia do Senado.
Uma evidência de quem nem tudo é inutilidade no universo das CPIs do Legislativo.
Escrito por Josias de Souza

Equipe de apoio a semana do Projeto dia 18

Crianças e adolescentes na caminhada por várias ruas de Nova Cruz

PREFEITURA DE NOVA CRUZ
EVENTO DO PROJETO 18 de MAIO
ENCERRA HOJE

Estudantes, conselheiros, secretários e autoridades participaram do evento

Com objetivo voltado para atender as políticas direcionadas aos direitos da criança e do adolescente, foi dessa maneira que a Prefeitura Municipal de Nova Cruz, desenvolveu um Projeto 18 de maio, junto com os integrantes do Conselho Tutelar, secretarias municipais, Poder Judiciário, polícia Militar, escolas e outros seguimentos da sociedade novacruzense promoveram uma vasta programação, que teve inicio desde o dia 11 e finaliza nesta segunda-feira dia 18 de maio.

Veja a Programação promovida pela Prefeitura Municipal de Nova Cruz.
12/05/2009 – Terça-Feira
· Palestras nas escolas da Zona Urbana
· Palestrantes: CMDCA, Conselho tutelar, Ação Social, Educação e Saúde

13/05/2009 – Quarta-Feira
· Gincana no Ginásio Geovana de Azevedo Targino com participação das Escolas: Antônio Peixoto Mariano, Marcio Marinho, Rosa Pignataro, Nestor Marinho e do PROJOVEM – 8:00h
· Entrega das redações para a comição local: Secretária de Educação até 13:00h
14/05/2009 – Quinta-Feira
· Audiência Publica no Fórum Djalma Marinho – Palestrante: Dr. Pedro Lopes Lima Junior – 16:00h
15/05/2009 – Sexta-Feira
· Apresentação de filmes na Praça de Eventos Mauro da Cunha Pessoa – 19:00h
16/05/2009 – Sábado
· Visita em alguns bairros da cidade
17/05/2009 – Domingo
· Mobilização das Igrejas de Nova Cruz
18/05/2009 – Segunda-Feira
· Caminhada pelas ruas da cidade – Concentração: Praça de São Sebastião – 15:00h
· Show cultural no Ginásio Geovana de Azevedo Targino – 16:00h
· Apresentações Culturais:
– Show de Piadas
-Show de Calouros
– Divulgação e premiação do concurso de redação
1° Lugar: Uma bicicleta
2° Lugar: Um MP3
3° Lugar: Um Celular
-Sorteio de Prêmios
Origem do 18 de Maio – O 18 de Maio foi instituído pela Lei Federal Nº 9970/00 como do Dia Nacional de Luta contra o Abuso e a Exploração sexual. A data foi escolhida porque em 18 de maio de 1973 em Vitória-ES um crime bárbaro chocou o país e ficou conhecido como o “Crime Araceli”.Esse era o nome de uma menina de apenas 08 anos de idade que foi raptada, drogada, estuprada, morta e carbonizada por jovens de classe média alta daquela cidade.
O crime, apesar de sua natureza hedionda, prescreveu e ficou impune.Criação do 18 de Maio – O dia 18 de maio foi criado em 1998, quando cerca de 80 entidades públicas e privadas, reuniram-se na Bahia para o 1º Encontro do Ecpat no Brasil.
Organizado pelo CEDECA/BA, representante oficial da organização internacional que luta pelo fim da exploração sexual e comercial de crianças, pornografia e tráfico para fins sexuais, surgida na Tailândia, o evento reuniu entidades de todo o país.
Foi nesse encontro que surgiu a idéia de criação de um Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Infanto-Juvenil.De autoria da então deputada Rita Camata (PMDB/ES) – presidente da Frente Parlamentar pela Criança e Adolescente do Congresso Nacional -, o projeto foi sancionado em maio de 2000.
Desde então, a sociedade civil em Defesa dos Direitos das Crianças e Adolescentes promovem atividades em todo o país para conscientizar a sociedade e as autoridades sobre a gravidade da violência sexual.
Página 718 de 736« Primeira...102030...716717718719720...730...Última »