Nova Cruz/RN -

Abuso sexual contra crianças no Brasil cresce 70% em 2023

Foto: Agência Brasil

Sinais sutis como agressividade, falta de apetite e isolamento social podem indicar que algo errado está ocorrendo na vida de uma criança ou adolescente. É o que afirma Carol Cianni, pedagoga e diretora de uma escola em Brasília.

O abuso sexual é uma das causas de tais comportamentos. Só nos 4 primeiros meses deste ano, 17.500 violações sexuais contra crianças ou adolescentes foram registradas pelo Disque 100. Os dados são do Ministério dos Direitos Humanos e Cidadania e indicam um aumento de quase 70% em relação ao mesmo período de 2022.

Nos 4 primeiros meses de 2023, foram registradas, ao todo, 69.300 denúncias e 397 mil violações de direitos humanos de crianças e adolescentes, das quais 9.500 denúncias e 17.500 violações envolvem violências sexuais físicas –abuso, estupro e exploração sexual– e psíquicas.

A casa da vítima, do suspeito ou de familiares está entre os piores cenários, com quase 14.000 violações. Ainda no 1º quadrimestre, foram registradas 763 denúncias e 1.400 violações sexuais ocorridas na internet. Em todo o ambiente virtual, houve registros de exploração sexual, com 316 denúncias e 319 violações; estupro, com 375 denúncias e 378 violações; abuso sexual físico, com 73 denúncias e 74 violações; e violência sexual psíquica, com 480 denúncias e 631 violações.

Os dados foram consolidados pelo Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania por ocasião do Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, lembrado na 5ª feira (18.mai.2023).

Mais importante do que identificar que uma criança ou adolescente está sofrendo algum tipo de violência sexual, é saber orientar os jovens sobre como se defender desse tipo de situação.

PREVENÇÃO

Carol Cianni destaca que a família e a escola têm papel fundamental na prevenção. Para ela, levar o tema para a sala de aula de forma leve e assertiva, explicando que o corpo é algo íntimo e sagrado, ajuda no entendimento dos alunos. Ela diz, também, que a escola precisa ficar atenta a qualquer mudança no comportamento dos alunos para intervir de forma rápida.

“Na escola, os professores observam tudo: como a criança brinca, como ela se alimenta, como ela deita para relaxar na hora do descanso e como se relaciona com os colegas. Então, temos uma observação atenta a todos os detalhes do comportamento da criança para que a gente possa ajudá-la. Isso porque os pedidos de socorro dos pequenos vêm de forma muito sutil”, afirma.

ALERTA

Já a psicóloga Caroline Brilhante afirma que a maior parte dos abusos contra crianças e adolescentes é praticada por pessoas próximas da vítima e em ambientes conhecidos da família. Por isso, é importante estar sempre alerta.

Ela frisa que monitorar e restringir o acesso à internet pode evitar que a criança se exponha a situações de risco.

“Uma das formas de prevenir é restringir o tempo de tela da criança [na internet] e até mesmo do adolescente. Implantar filtros no acesso a conteúdos que estejam fora da faixa etária. Ter atenção ao comportamento da criança ou jovem em relação a sexo porque o interesse súbito sobre o assunto pode indicar algum problema”, diz a psicóloga.

As denúncias de qualquer abuso sexual ou outro crime contra os direitos humanos podem ser feitas –de forma anônima e gratuita– pelo Disque 100.

Poder 360 com informações de Agência Brasil

Italo Ferreira festeja sucesso do seu instituto em Baía Formosa

O Instituto Italo Ferreira foi criado através do sonho da Família Ferreira com intuito de devolver a Baia Formosa tudo que deu para o esportista. O município hoje conta com 9 mil habitantes e a maior atividade profissional da cidade é a pesca de onde vem o sustento das famílias. A Cidade de Baia Formosa vê no Italo, não só o campeão mundial e olímpico, mas a esperança de uma vida digna com sonhos, desafios e realizações. Como forma de retribuição, o atleta cedeu seu imóvel e não mede esforços para junto com seus parceiros contribuir com o desenvolvimento social e educação das nossas crianças, utilizando o esporte como ferramenta de inspiração e motivação.

Instituição atende aproximadamente 500 crianças e jovens

Instituição atende aproximadamente 500 crianças e jovens

O projeto desenvolvido pela instituição tem como principal objetivo colaborar com a educação da criança, do jovem e do adolescente da comunidade, oferecendo-lhes outras oportunidades. O Instituto Italo Ferreira tem três pilares principais: a colaboração com a educação das crianças e adolescentes da região; sustentabilidade que leva em conta a prática de conduta sócio educativa que contribui para o aprendizado dos jovens, por meio de aulas que desenvolvam aspectos como proteção ao meio ambiente, responsabilidade socioambiental; e o esporte como principal ferramenta de transformação social.  Além das aulas de surfe, os participantes do projeto recebem apoio educacional, aulas de idiomas, informática e sustentabilidade. O projeto educacional é construído pela equipe usando o surf como inspiração e motivação das aulas.

Leia mais no TN

Nova Cruz: ACOMPROD realiza mais um Sopão Solidário

ACOMPROD e Lenilson Costa levam o Programa Sopa na Mesa em Bairros de Nova Cruz

Pode ser uma imagem de 4 pessoas

Bairro Vista do Sol

Pode ser uma imagem de 4 pessoas

Bairro Santa Luzia

Pode ser uma imagem de 6 pessoas e texto que diz "REDMI NOTE 8 AI QUAD CAMERA"

Rua Campo Santo

Pode ser uma imagem de 5 pessoas e carro

Rua São Pedro

Pode ser uma imagem de 10 pessoas

A Associação Comunitária Acomprod da cidade de Nova Cruz, a frente Lenilson Costa, promoveu neste sábado, 20, mais um Sopão Solidário, desta vez nos Bairros: Santa Luzia, Vista do Sol, Ruas Campo Santo e São Pedro. Uma ação do Projeto Mão Amiga desenvolvida pela entidade que através do programa “Sopa na Mesa”, vem garantindo assim sopa, beneficiando varias pessoas carentes do município de Nova Cruz. O projeto além de contar com as ações da entidade, fez uma parceria com vários amigos, que fizeram pequenas doações, também outros parceiros amigos do Projeto Mão Amiga, como algumas empresas que fizeram pequenas doações:  empresa Master Odonto Clínica, Supermercado Curimataú, Mercadinho Santo Antonio, Supermercado Supercoop e Zeca da Pousada.

Vereador Wolney França é empossado presidente da Federação das Câmaras Municipais do RN

Wolney França, à esquerda, foi empossado como novo presidente da Fecam — Foto: Divulgação

Wolney França, à esquerda, foi empossado como novo presidente da Fecam — Foto: Divulgação

Parlamentar é presidente da Câmara Municipal de Parnamirim. Posse aconteceu nesta sexta-feira (19) no auditório da Fiern.

Por Inter TV Cabugi

O vereador Wolney França (PSC) foi empossado nesta sexta-feira (19) como presidente da Federação das Câmaras Municipais do Rio Grande do Norte (Fecam-RN). Wolney é o atual presidente da Câmara Municipal de Parnamirim.

A posse aconteceu na sede da Federação das Indústrias do RN (Fiern), no auditório Albano Franco.

Wolney França foi eleito presidente da Fecam por aclamação em assembleia realizada no mês de fevereiro. O novo presidente assumbe oficialmente a vaga ocupada por Ivanildo do Hospital, de Caicó.

Durante o discurso, Wolney disse que vai buscar fortalecer as Casas legislativas dos municípios.

Fonte: G1

Prefeitura de Nova Cruz realiza hoje uma mega inauguração em diversas ruas

A Prefeitura Municipal de Nova Cruz, através da administração do prefeito Flávio Cesar Nogueira, realiza nesta sexta – feira, 19, uma mega inauguração contando com diversas ruas que serão entregues totalmente beneficiados pelo Programa luz de Led e com o asfalto. É meta do gestor deixar a cidade de Nova Cruz totalmente iluminada e asfaltada.

Pode ser uma imagem de texto que diz "CONVITE INAUGURAÇÃO BAIRRO SÃO PLANALTO SEBASTIÃO BONIFACIO SEVERINO AUGUSTODE MORAIS- LED FELISMINO FRANCISCO MARIA TRECHU RUAPROF LED JUSCELINO CIDADE DO SOL RUA MARQUES MOREIRA (CONTINUAÇÃO) LED ALTO DAS FLORES ESPERANÇA REGINALDO TAB. ERNESTOBELN SALGADO RUA MAURICIO HENRIQUE ARAUJO LED RUA MAURICIO BARRETO JOAO ASILIO DA SILVA PRIOE FONORAROCHA LED LE NOVA ESPERANÇA ABDIAS GUEDES ASFALTO SANTA MARIA GORETE CORONEL LUIS MOREIRA SFALTO ARISTÓFANES FERNANDES LED RUA CÔNEGO LUIZ AFONSO- LED RUA ANTONIO PEDRO DA SILVA LED SEX 19 MAIO A PARTIR DAS 18H30 CONCENTRAÇÃO SEVERINO AUGUSTO DE MORAIS (PRÓXIMO CARMELITA) UNCIPALDE NOVACRUZ CRUZ"

Categorias ameaçam fazer greve no Estado

Várias categorias que integram o Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Indireta do RN – Sinai  avaliam a deflagração de uma greve por tempo indeterminado. A informação foi dita pelo diretor de imprensa, comunicação e memória sindical, Alexandre Guedes, durante uma parada de advertência realizada pelos servidores nesta quinta (18) em frente ao Centro Administrativo. Após a realização do ato unificado, uma audiência entre as categorias e o secretário de Administração, Pedro Lopes, foi marcada. A reunião, que está marcada para o próximo dia 25, discutirá a principal reivindicação dos servidores: o reajuste salarial.

Sobre a possível greve deflagrada, o diretor afirmou que esta não seria, obrigatoriamente, efetuada por todas as  categorias. “Não há como confirmar se a greve será unificada. O Detran, por exemplo, realizou uma parada hoje e avaliará os  próximos passos”, disse. Representantes do Departamento Estadual de Trânsito do RN irão se reunir para discutir as reivindicações dos servidores do órgão com o governo.

Leia mais TN

Instalação da CPI do ‘8 de Janeiro’ é adiada para 25 de maio

Foto: Joedson Alves/Anadolu Agency via Getty Images

A primeira sessão da CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquéritos) do 8 de Janeiro –formada por deputados e senadores– foi adiada para a próxima quinta-feira (25), às 9h.

Inicialmente, a instalação seria realizada na terça-feira (23). A pauta da primeira sessão foi publicada nesta quinta-feira (18) na página do Senado.

Eis a íntegra do documento. Além da instalação, os congressistas devem eleger o presidente do colegiado.

Poder 360

Polícia PF já fez 163 operações contra exploração sexual infantil em 2023

Foto: divulgação/PF

A Polícia Federal (PF) deflagrou, de janeiro a maio deste ano, em todo o país, 163 operações de combate a abusos e exploração sexual de crianças e adolescentes. Até o momento, 108 pessoas foram presas, 37 vítimas foram identificadas e 255 mandados de busca e apreensão foram cumpridos.

Nesta quinta-feira (18), Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, foram deflagradas oito operações: em Campina Grande e Patos, na Paraíba; São José dos Campos, em São Paulo; Paranaguá e Ponta Grossa, no Paraná; Florianópolis; Porto Velho e Rio de Janeiro.

Em nota, a PF afirma que a pornografia infantojuvenil é uma “grave violação dos direitos humanos e causa danos irreparáveis às vítimas”, e que, diante da “sofisticação e do crescimento” desse tipo de crime, criou uma força-tarefa capacitada para identificar crianças que forem vítimas e abusadores, por meio da análise das imagens compartilhadas pela internet.

A Polícia Federal informa que há também parcerias com agências nacionais e internacionais, como Interpol e Europol, para o compartilhamento de informações e o estabelecimento de estratégias conjuntas, o que torna possível rastrear as origens do material, identificar as rotas de distribuição e prender os envolvidos em diferentes países.

“É importante ressaltar que a atuação da PF no combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes não se restringe apenas à investigação e à repressão dos criminosos. Ela também se preocupa com o resgate e a proteção das vítimas desse tipo de exploração”, diz ainda a nota da PF.

Agência Brasil

Transporte na Grande Natal e política antimanicomial pautam horário dos líderes

Durante o horário dos líderes, em sessão ordinária nesta terça-feira (16) na Assembleia Legislativa, os parlamentares José Dias (PSDB), Terezinha Maia (PL) e Coronel Azevedo (PL), falaram sobre a política econômica adotada no Rio Grande do Norte, integração do transporte na Grande Natal e a resolução do Conselho Nacional de Justiça que modifica a política antimanicomial no judiciário brasileiro.

Em seu discurso o deputado José Dias falou sobre as consequências da administração pública na economia do Rio Grande do Norte. Ele citou o fato de o governo Estadual adotar a política econômica de aumento de impostos. “Considero esse um erro fatal. O que eles querem é empobrecer a sociedade. Essa política nunca nos levará ao crescimento, pelo contrário”, discursou José Dias.

O parlamentar voltou a cobrar o pagamento das emendas parlamentares pendentes e falou sobre o aumento da alíquota média do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), de 18 para 20%. “Essa é uma lei aprovada nessa Casa Legislativa e precisa ser respeitada e cumprida pela administração estadual. O que está acontecendo é um absurdo”, lamentou.

Já a deputada Terezinha Maia convocou a sociedade civil a participar da audiência pública que será realizada nesta terça-feira (16), na Assembleia Legislativa, às 14h, para tratar da integração do transporte público na Grande Natal. “A ideia é buscar soluções para essa problemática que tanto aflige a população trabalhadora desse Estado”, disse.

Na sequência o deputado Coronel Azevedo se mostrou preocupado com a resolução do Conselho Nacional de Justiça, sobre a nova política antimanicomial no judiciário brasileiro. De acordo com o parlamentar, essa resolução poderá colocar nas ruas assassinos, pedófilos e toda classe de criminosos que estão cumprindo pena nos hospitais psiquiátricos. “Com a nova resolução o sistema passará por uma interdição parcial e depois disso não poderá mais atender novos internos. Em um ano o sistema manicomial estará fechado por completo”, relatou.

Coronel Azevedo informou que o Conselho Federal de Medicina se manifestou contra a decisão do CNJ, seguida por várias outras associações. “Um perigo para a sociedade brasileira, já que estamos falando de pessoas doentes que cometeram crimes e estarão nas ruas depois dessa resolução. Não podemos nos calar. Não houve discussão com a sociedade brasileira, o que torna ainda mais absurdo”, justificou Coronel Azevedo.

Gás de cozinha cairá 21,3%; gasolina, 12,6%; e diesel, 12,8%, anuncia Jean Paul

Foto: PETROBRAS/REPRODUÇÃO – 2/3/2023.

O presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, anunciou nesta terça-feira (16) a redução nos preços da gasolina, do óleo diesel e do gás de cozinha (GLP). Os novos preços valem a partir desta quarta (17).

A afirmação foi feita ao lado do ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, após reunião entre os dois em Brasília.

Segundo Jean Paul Prates, as reduções nas refinarias serão as seguintes:

  • gasolina A: redução de R$ 0,40 por litro (-12,6%);
  • diesel A: redução de R$ 0,44 por litro (-12,8%);
  • gás de cozinha (GLP): redução de R$ 8,97 por botijão de 13 kgs (-21,3%).

Com essa redução, segundo a Petrobras, o preço do botijão de gás para o consumidor final pode cair abaixo dos R$ 100. O valor praticado na revenda, no entanto, não é controlado diretamente pelo governo.

As denominações “gasolina A” e “diesel A” se referem ao combustível puro – antes da mistura com álcool e biodiesel, respectivamente.

No início da manhã, a estatal anunciou uma nova política de preços para os combustíveis no mercado interno.

Com isso, fica revogada a fórmula da Paridade de Preço de Importação (PPI), baseada nas oscilações do dólar e do mercado internacional de óleo, e que contabilizava também os custos logísticos com transporte e taxas portuárias, por exemplo.

Preços seguirão ‘referência’ internacional, diz Prates

Em seguida, o presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, afirmou que a nova política de preços da estatal não se afastará da “referência internacional dos preços”.

Segundo ele, o preço global do petróleo será considerado, mas em outro modelo. A fórmula anterior, diz Prates, era uma “abstração”.

“Estamos comunicando ao mercado um ajuste na estratégia comercial de composição de preço e nas condições de venda. Esse modelo maximiza a incorporação de vantagens competitivas, sem se afastar absolutamente da referência internacional dos preços”, disse.

“Quando digo referência, não é paridade de importação. Portanto, quando o mercado lá fora estiver aquecido, com preços fora do comum e mais altos, isso será refletido no Brasil. Porque abrasileirar o preço significa levar vantagens em conta, sem tirar nossas vantagens nacionais”, disse.

“Paridade de importação era uma abstração. Pegar preço lá fora, colocar aqui dentro como se tivesse produzido lá fora, só que na porta da refinaria daqui”, continuou.

Por G1.

Decreto que suspende reajuste do ICMS tem parecer contrário na CCJ da ALRN

Foto: Assessoria de Comunicação.

O decreto legislativo que susta o reajuste da alíquota modal do ICMS no Rio Grande do Norte teve parecer contrário aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa do Estado. A decisão do colegiado ocorreu em reunião nesta quarta-feira (16). Mas, como o relatório apresentado pelo deputado estadual Hermano Morais (PV) teve dois votos discordantes, a matéria será analisada no plenário da Casa.

A proposta é de autoria do deputado estadual Gustavo Carvalho (PSDB) e mira em derrubar o decreto do Governo do Estado que aumentou o ICMS de 18% para 20%. No colegiado, 4 parlamentares ficaram a favor do relatório contra o projeto (Hermano Morais, Divaneide Basílio, Ubaldo Fernandes e Dr. Kerginaldo), enquanto dois deputados ficaram contra o relator e a favor da discussão da pauta em sessão plenária (Adjuto Dias e Galeno Torquato).

A CCJ ainda aprovou uma série de projetos em tramitação na Casa. Os dois primeiros reconhecem como de utilidade pública estadual a Associação Martinense de Comunicação e a Federação de Motociclismo do RN, ambos relatados pelo deputado Adjuto Dias (MDB), sendo o primeiro de autoria de Francisco do PT e o segundo de Ubaldo Fernandes (PV).

Em seguida, sob relatório do deputado Dr. Kerginaldo (PSDB), foram aprovadas mais três matérias. A primeira de autoria de Dr. Bernardo (PSDB), consolida as divisas territoriais entre os municípios de Umarizal, Apodi e Olho D’Água do Borges. Em seguida, de iniciativa de Nélter Queiroz (PSDB), a denominação de Antônio Pereira Filho ao trecho da RN-087 que liga os municípios de Lagoa Nova e Cerro Corá. E, por último, a denominação de Prefeito Antônio Assunção ao trecho da RN-203 que liga as cidades de Santana do Matos a Bodó.

Na sequência, foi a vez do deputado Galeno Torquato (PSDB) apresentar seus relatórios a mais três propostas. Foi aprovada matéria que estabelece princípios e diretrizes para ações de detecção de violência doméstica contra crianças e adolescentes, criado por Kleber Rodrigues (PSDB). Também passou no colegiado a classificação da surdez unilateral como deficiência auditiva, por sugestão de Nélter Queiroz (PSDB). O terceiro relatório de Galeno foi pela aprovação da Associação Comunitária Timbaubinha, em Jardim de Piranhas, como de utilidade pública estadual, por iniciativa de Ubaldo.

Sob responsabilidade do presidente da CCJ, Hermano Morais, também tiveram aprovação os relatórios favoráveis a tornar Patrimônio Imaterial e Cultural do RN a iguaria “filó”, tradicinal de Apodi; e a denominação da ala dos gabinetes da ALRN de “Deputado Raimundo Fernandes”.

Por fim, Ubaldo Fernandes também apresentou seus relatórios que foram aprovados por unanimidade. O primeiro, em relação a iniciativa do presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira, que reconhece como Patrimônio Imaterial, Histórico, Cultural e Turístico do RN o “Festival de Inverno de Serra de São Bento”. Também aprovado projeto do ex-deputado Sandro Pimentel (Psol) que dispõe sobre a construção de passagens para a fauna doméstica e silvestre nas rodovias do RN. A última análise foi em relação a uma iniciativa do Executivo, que prevê a reorganização administrativa do Governo, também aprovado.

A reunião da CCJ contou com as presenças dos deputados Hermano Morais, Adjuto Dias, Galeno Torquato, Ubaldo Fernandes, Dr. Kerginaldo e Divaneide Basílio.

MDS vai liberar RS 7,5 milhões para construção de barragens subterrâneas no RN

Visualização da imagem

Visualização da imagem

Ministro confirma liberação de recursos, volta do programa de cisternas e vinda ao Rio Grande do Norte no início de junho

O Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS) vai liberar R$ 7,5 milhões para a construção de barragens subterrâneas no Rio Grande do Norte. A garantia foi dada pelo ministro Wellington Dias em audiência com a governadora Fátima Bezerra no final da manhã desta terça-feira (16), em Brasília. Na audiência, o ministro confirmou a retomada do programa de construção de cisternas para famílias rurais de baixa renda atingidas pela seca ou por falta regular de água para consumo humano.

 “Tratamos de pautas muito importantes, porque são questões que dizem respeito à cidadania do povo do Rio Grande do Norte, seja no combate à fome, seja na questão da infraestrutura e segurança hídrica. A reivindicação que fizemos foi a de resgatar um convênio que diz respeito a questão das barragens subterrâneas”, explicou a governadora.

Fátima se referia ao Convênio Federal celebrado em 2017 entre o Governo Federal e a Secretaria Estadual da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape/RN) no valor de cerca de R$ 15 milhões para a construção de barragens submersas no Estado. De lá para cá, havia sido liberada apenas metade do valor total – R$ 7,5 milhões.

A governadora destacou a importância delas para o agricultor potiguar. “A gente que é do Nordeste sabe a necessidade de uma barragem submersa, basta levar em consideração a realidade climática da região. Isso significa garantir ao nosso agricultor, melhores condições de acesso à água”, afirmou a governadora.

A barragem subterrânea é uma tecnologia de inclusão social. Com ela, forma-se uma vazante artificial temporária na qual o terreno permanece úmido por até cinco meses após o fim da estação chuvosa, permitindo o plantio mesmo em época de estiagem.

 “Nossa equipe está empenhada para dar as condições da liberação. São R$ 7,5 milhões e também outros recursos para o Programa de aquisição de alimentos”, explicou o ministro, que confirmou a vinda a Natal no dia 02 de junho para formalizar a assinatura do Convênio das Barragens, além de outros protocolos, em razão da realização da próxima reunião da Câmara Técnica do Consórcio Nordeste, na capital potiguar.

Com a primeira parte do valor liberado, o Estado do RN conseguiu entregar 55% das barragens subterrâneas previstas no convênio com o Governo Federal. Segundo a Assessoria Técnica da Sape, está projetada a construção de 976 barragens. Até o momento, 59 municípios do Rio Grande do Norte foram contemplados com as barragens.

Participaram da audiência em Brasília o deputado federal Fernando Mineiro, a deputada estadual, Isolda Dantas, o deputado estadual, Francisco Medeiros, o secretário de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca, Guilherme Saldanha, o secretário executivo do MDS, Osmar Júnior, a chefe da assessoria especial para Assuntos Parlamentares e Federativa do MDS, Jane Matos.

Fotos: Fábio Duart – Assecom

WhatsApp terá novo recurso para proteger conversas. Saiba como ferramenta funcionará

Mark Zuckerberg anunciou um novo recurso do WhatsApp chamado Proteção de Conversas. A nova ferramenta permitirá que as conversas sejam protegidas através da criação de senhas e de uma pasta separada, mesmo que outras pessoas tenham acesso ao aparelho.

O recurso estará disponível nos próximos meses, incluindo a proteção de aparelhos adicionais e a criação de uma senha personalizada, para que o usuário possa utilizar uma senha diferente do aparelho.

Ao utilizar a proteção, será possível remover a conversa da caixa de entrada e coloca-lá em uma pasta própria, que só pode ser acessada com uma senha ou por biometria. O recurso também esconde automaticamente o conteúdo e a as notificações.

Veja como ativar a proteção:

  • Toque no nome da pessoa ou grupo;
  • Selecione a opção de bloqueio

Veja como revelar a conversa:

  • Arraste a caixa de entrada para baixo;
  • Insira a senha do telefone ou a biometria

Como a proteção só começa a ser implementada nos próximos meses, por enquanto é possível utilizar outros recursos do WhatsApp para proteger a privacidade, como a criptografia de ponta a ponta, bloqueio e denúncia, verificação em duas etapas, backups criptografados de ponta a ponta e mensagens que desaparecem.

Petrobras deve anunciar o fim da paridade de importação nesta terça (16), diz TV

A Petrobras deve anunciar nesta terça-feira (16), o fim da política de paridade de importação (PPI) para o estabelecimento do preço da gasolina e do diesel.

A informação é da CNN Brasil, citando duas fontes anônimas.

Estabelecida no governo Temer, a PPI pareia o preço dos combustíveis nas refinarias da Petrobras com os custos para importação, sendo, logo, vinculado aos preços internacionais e ao valor do dólar.

A estatal afirmou em nota ontem, domingo (14), que estava “discutindo internamente alterações em suas políticas de preço para diesel e gasolina” e que elas seriam avaliadas pela diretoria executiva no início desta semana, com possibilidade de “resultar numa nova estratégia comercial para definição de preços de diesel e gasolina”.

Em coletiva no início de março, o presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, anunciara que a largada para se discutir as mudanças na política de preços se daria com a posse do conselho e da diretoria da Petrobras, a partir do final de abril.

O Antagonista

Barroso revoga suspensão e libera pagamento do piso salarial da enfermagem

Foto: CARLOS MOURA/SCO/STF

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), revogou nesta segunda-feira (15) a suspensão do piso salarial da enfermagem – aprovado em lei pelo Congresso Nacional no ano passado. Com isso, fica liberado o pagamento do valor.

Em setembro do ano passado, Barroso atendeu a pedido da Confederação Nacional de Saúde, Hospitais e Estabelecimentos de Serviços (CNSaúde) e suspendeu a lei que determinava o piso salarial nacional da enfermagem. Barroso entendeu que deveria estar claro de onde sairia o dinheiro.

Na semana passada, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sancionou lei que liberou R$ 7,3 bilhões a serem enviados para estados e municípios e permitir o pagamento do piso.

Diante da sanção da lei, o ministro considerou haver valores mínimos a permitir o pagamento e suspendeu sua decisão de setembro, restabelecendo a validade da lei que criou o piso.

A decisão de Barroso será analisada pelos demais ministros no plenário virtual, em sessão que começa no dia 19 de maio.

No caso de estados e municípios, a remuneração deve ser feita dentro dos limites da verba repassada pela União. Já no caso das unidades particulares, o ministro previu a possibilidade de negociação coletiva, mantendo suspenso o trecho da lei que impedia o procedimento.

Barroso considerou que é possível liberar o pagamento da remuneração mínima porque o governo e o Congresso viabilizaram a transferência dos recursos.

“A situação aqui analisada torna-se mais próxima à de outros pisos salariais nacionais aplicáveis a servidores públicos que tiveram a sua constitucionalidade reconhecida por este Supremo Tribunal Federal”, escreveu.

O ministro ponderou, contudo, que o montante reservado para a medida não parece ser suficiente para o custeio do piso. Informações apresentadas no processo por instituições do setor estimam impacto financeiro, no primeiro ano, de R$ 10,5 bilhões somente para os municípios.

Barroso ressaltou que uma lei federal não pode impor a gestões locais o piso sem prever, de forma integral, a verba para cobrir os novos custos. Isso poderia comprometer a autonomia financeira de estados e municípios, violando o princípio federativo, que é cláusula pétrea da Constituição.

O ministro também pontuou que, para o setor privado, “subsistem os riscos dos efeitos nocivos mencionados na medida cautelar; quais sejam, a probabilidade de demissões em massa de profissionais da enfermagem, notadamente no setor privado e o prejuízo à manutenção da oferta de leitos e demais serviços hospitalares”.

Mas concluiu que não contemplar os profissionais dessa área poderia gerar questionamentos com base no princípio da igualdade. Por isso, para este setor permitiu as negociações coletivas e deu prazo para a implementação da decisão, com efeitos a partir de 1o de julho deste ano.

g1

TRE do Ceará cassa toda a bancada estadual do PL por fraude à cota de gênero

Foto: Alece/Divulgação

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) formou maioria nesta segunda-feira (15) para cassar o mandato dos quatro deputados estaduais eleitos pelo PL nas eleições de 2022. A justificativa é que o partido fraudou a legislação eleitoral e se valeu de “laranjas” para alcançar a cota de 30% de candidaturas femininas.

O caso está suspenso para pedido de vista, devendo ser concluído em 30 de maio. Até agora, há quatro votos para cassar e dois contra a cassação de Alcides Fernandes, Carmelo Neto, Dra. Silvana e Marta Gonçalves.

Após o último voto, eles podem recorrer da decisão ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sem precisar deixar os mandatos para isso.

O estopim das investigações foi a candidatura de uma mulher a deputada estadual sem que ela soubesse. Por mais que o partido tenha substituído sua candidatura por outra, os desembargadores consideraram que houve fraude.

Como a cassação envolve também os suplentes, o PL pode passar os próximos quatro anos sem bancada no estado.

O Antagonista

Petrobras desvalorizou R$ 84,8 bilhões desde o resultado do 2º turno das eleições presidenciais

A Petrobras perdeu R$ 84,8 bilhões em valor de mercado desde o resultado do 2º turno das eleições presidenciais. Passou de R$ 448,7 bilhões em 28 de outubro de 2022 para R$ 363,9 bilhões na sexta-feira (12). O levantamento foi feito por Einar Rivero, head comercial da TradeMap.

No 1º dia útil depois do 2º turno, a estatal teve uma desvalorização de R$ 34,2 bilhões, para R$ 414,5 bilhões. A queda nas ações da empresa na B3 (Bolsa de Valores de São Paulo) se intensificou, quando passou a ser avaliada a R$ 301 bilhões em 14 de dezembro do ano passado. Esse preço foi o menor registrado desde 4 de maio de 2021.

O levantamento do valor de mercado da companhia desconsidera o que foi pago de dividendo pela empresa no período.

Em termos percentuais, a queda no valor de mercado da Petrobras após a vitória do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi de 18,9% até sexta-feira (12). O Ibovespa, principal índice da B3, recuou 5,30% no mesmo período.

A Petrobras recuperou parte das perdas em 2023. O valor de mercado subiu de R$ 345,9 bilhões em 30 de dezembro para R$ 363,9 bilhões na sexta.

As ações preferenciais da companhia caíam 2,68% às 11h50 desta segunda-feira (15). As ordinárias recuavam 3,17%.

A Petrobras discutirá a metodologia de preços da gasolina e diesel nesta semana. As mudanças precisam do aval da diretoria executiva da estatal. Segundo comunicado, eventuais mudanças “estarão pautadas em estudos técnicos”.

Com informações de Poder 360

Governo abre a carteira e libera R$ 712 milhões em emendas em um único dia

Foto: Mateus Bonomi/O Antagonista.

Disposto acalmar a base no Congresso, o Palácio do Planalto repassou, na terça-feira (9), 712 milhões de reais em emendas para deputados e senadores.

O valor é o maior distribuído pelo governo de uma só vez desde o início da gestão. Como publicou o Poder 360, de fevereiro a 8 de maio, foram repassados 486 milhões de reais aos parlamentares.

O ministério da Saúde é o que mais empenhou recursos até momento, liberando 696 milhões de reais. Transportes (217 milhões de reais), Desenvolvimento (173 milhões de reais), Defesa (46 milhões de reais) e Integração (43 milhões de reais) completam o ranking das pastas que mais distribuíram verba.

A senadora Mara Gabrilli (PSD-SP) lidera a lista dos maiores beneficiados, com 28,2 milhões de reais, seguida por Daniella Ribeiro (PSD-PB), 23,3 milhões de reais, Jayme Campos (União-MT), 16,8 milhões de reais, Renan Calheiros (MDB-AL), 16,2 milhões de reais, e Jaques Wagner (PT-BA), 15,6 milhões de reais.

Os dados mostram que o PSD foi o partido que mais recebeu recursos, com 143 milhões de reais, seguido por PT, 136 milhões de reais; MDB, 91,3 milhões de reais; e União Brasil, 75 milhões de reais, todos da base aliada.

Após a Câmara ter sustado mudanças feitas por Lula no marco do saneamento, o presidente decidiu entrar pessoalmente na articulação política e ordenou o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, cobrar votos dos partidos aliados.

A expectativa dos parlamentares é que eles recebam mais dinheiro em breve, já que Lula liberou o pagamento de R$ 9 bilhões em emendas do orçamento secreto negociadas pela gestão Jair Bolsonaro (PL).

Por O Antagonista.

Ministro das Cidades Jader Barbalho Filho cumpre agenda oficial em Natal

Foto: Reprodução.

O ministro das Cidades, Jader Barbalho Filho, cumpre agenda em Natal (RN) nesta quinta-feira (11). Entre os compromissos está marcada para 12h30 uma reunião com a governadora Fátima Bezerra e secretários no gabinete da chefe do Executivo Estadual.

O ministro discutirá moradia, mobilidade e resíduos sólidos. Também participa da agenda, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

Sobre o ministro Jader Filho

Nascido em Belém, no Pará, o ministro das Cidades, Jader Barbalho Filho, é formado em Administração pela Universidade da Amazônia e pós-graduado em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Presidente do Movimento Democrático Brasileiro (MDB) do Pará, coordenou, em 2022, as campanhas do MDB no estado, que reelegeram Helder Barbalho, seu irmão, a governador de estado, com a maior votação proporcional de todo o País (70,41%), além de eleger nove deputados federais, 13 deputados estaduais e um senador.

O ministro administrou, até 2022, o grupo RBA de Comunicação, um dos maiores do Norte do Brasil. Sob sua gestão, o Jornal Diário do Pará se transformou no maior periódico em circulação na Região Norte, segundo o IVC, com mais 600 mil exemplares impressos por mês, em média. O jornal é o único do Norte do Brasil a ganhar os prêmios nacionais Libero Badaró de Jornalismo e Vladimir Herzog, em 2012 e 2013, por reportagens especiais sobre a Guerrilha do Araguaia e a luta pelos direitos humanos na Amazônia.

Jader Filho pertence a uma família tradicional na política nacional e paraense. É filho do senador Jader Barbalho (MDB/PA) e da deputada federal reeleita Elcione Barbalho (MDB/PA) e irmão do governador do Pará, Hélder Barbalho (MDB).

Por Ponta Negra News.

Suspeitos roubam equipamentos e deixam oito cidades sem água no Agreste

Suspeitos roubam equipamentos e deixam oito cidades sem abastecimento de água no Agreste Potiguar. Devido a ação, as cidades estão sem o serviço desde a madrugada desta quinta-feira (11), depois que criminosos estiveram em uma estação de bombeamento em Serra Caiada, e roubaram além dos equipamentos, a fiação.

Os suspeito levaram uma moto da Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern) e o veículo do operador que estava trabalhando no local durante a ação.

As cidades sem água são Tangará, Japi, Santa Cruz, Lajes Pintadas, São Bento do Trairi, Coronel Ezequiel, Jaçanã e Campo Redondo.

A Caern trabalha para levantar os danos e providenciar a reposição e conserto dos equipamentos para restabelecer o fornecimento de água para a região. Também tomou providências na esfera policial.