Nova Cruz/RN -

Começa votação para definir indicados ao Oscar

Os 5.810 integrantes da Academia definirão quem disputa o prêmio.O anúncio dos indicados será em 22 de janeiro; festá é um mês depois.

As cédulas que revelarão os nomes dos indicados ao Oscar foram enviadas na terça-feira (23) pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood para serem preenchidas por 5.810 membros, informou a entidade em comunicado.
Esses documentos devem ser recebidos na volta pela auditora Pricewaterhousecoopers antes das 17h locais (23h de Brasília) de 12 de janeiro para serem contabilizados. O anúncio dos indicados será feito em 22 de janeiro.
A 81ª cerimônia de entrega do Oscar, que contará com o australiano Hugh Jackman como apresentador, será realizada em 22 de fevereiro no Kodak Theater de Hollywood (Los Angeles), e será retransmitida ao vivo em mais de 200 países

LEI

A governadora Wilma de Faria, sancionou a nova Lei de Divisão e de Organização Judiciária do Estado, que estabelece o número de 110 Juízes de Direito para Natal; Mossoró ficando com 22 Juízes; Parnamirim com 12; Assu, Caicó, Ceará Mirim, Pau dos Ferros, Macaíba e São Gonçalo com quatro Juizes; Currais Novos, João Câmara, Macau, Nova Cruz, Apodi, Areia Branca e Santa Cruz, três Juízes e demais Comarcas do Estado com um Juiz de Direito com Jurisdição plena.

SECRETARIADO – NOVA CRUZ

O prefeito Flávio Azevedo de Nova Cruz, está quebrando a cabeça para montar o seu secretariado. São vários nomes bons para poucas secretarias. Ainda mais compromissos de campanha que deverá ser assumido. Nomes que estão nos bastidores para a pasta da Educação a mais cotada e a professora Cilene esposa de Vital Catolé, Luis Antonio de Aguiar ou Marcelo Lapenda na Agricultura, Diretor do Hospital será o vice-prefeito João Paulo, Procurador Geral do Município o nome deverá ser o do advogado José Moraes Neto, Dr. Iraldo Guerra na Saúde, Ana Ângelo ou Ana Carla a primeira Dama, para a Secretaria de Ação Social, Romildo Barbosa na secretaria de Serviços Urbanos e Transportes, Henrique Tomaz, deverá ir para a Secretaria de Infra – Estrutura, Sérgio Pimentel será o Chefe de Gabinete, Serginho de Bezerra deverá assumir a Secretaria de Administração e a pasta das finanças o nome mais cotado será Venceslau Braz, já a secretaria de Planejamento e Meio Ambiente dois nomes circulam fortíssimos falo de João Peixoto Mariano e Francisco de Assis (Dr.Chiquinho), da cota do Partido Verde, são nomes que estão nos bastidores da política de Nova Cruz, como prováveis secretários da nova administração, tudo indica que o prefeito Flávio Azevedo, deverá anunciar os nomes reais no próximo sábado.

Pequena Mensagen de Natal

Natal…É o mês de confraternização Agradecimento pela vidaBênçãos ao filho de DEUSUnião, amor, reflexão!Que o bom velhinho traga um saco cheinho de paz,harmonia, fraternidadeQue o gesto de ternura se estenda de várias mãos Que ao som dos sinos O amor exploda em toda direção!FELIZ NATAL! UM ANO NOVO DE FÉ E SUCESSO!

Saudações natalina do Blog Lenilson do Agreste

DEU EM O ESTADO DE S.PAULO

Deu em o Estado de S.Paulo

De Marcelo de Moraes:
Após fracasso, governo prepara nova ação para jovem
Programa Praça da Juventude prevê complexos esportivos na periferia
Depois do fracasso do programa Primeiro Emprego, o governo federal fará uma nova tentativa para atender os jovens de baixa renda da periferia e evitar seu envolvimento com o crime organizado. A idéia agora é apostar no Praça da Juventude, programa conduzido pelo Ministério do Esporte. Serão instalados minicomplexos esportivos em áreas metropolitanas consideradas críticas em termos de violência.Cada unidade do Praça da Juventude custará cerca de R$ 1,5 milhão e terá ginásio poliesportivo, rampa de skate, pista para caminhadas, entre outros atrativos, num espaço de 8 mil metros quadrados. A previsão é inaugurar 19 unidades no início de 2009 – falta apenas a definição exata dos locais.

NOVA CRUZ – VICE- MAX

O vice-prefeito Max Andrade, que tem como vice-prefeito seu irmão João Paulo, eleito companheiro de chapa do prefeito Flávio Azevedo nas eleições de 2008. Não irá assumir nenhum cargo na gestão de Flávio Azevedo, mas em compensação Max, será sondado nas indicações dos cargos na nova administração.

APERTADA

A eleição mais acirrada do estado do RN, ocorreu na cidade de Espírito Santo, que contou com três candidatos a prefeitos. Na qual a atual prefeita Daíze Correia, conseguiu se reeleger com apenas 6 votos de diferença. Já o pleito de 2004, o ex-prefeito Chico Araújo perdeu por apenas 7 votos. Mas, a briga continua na justiça eleitoral.

REELEIÇÃO

A deputada estadual Márcia Maia, já contabiliza vários apoios de novos prefeitos no Agreste, somando-se a mais de quatro prefeitos que já definiram pela sua reeleição rumo à assembléia legislativa. Aguarde os nomes… Com a lacuna deixada pelo deputado Robinson Faria, que não será mais candidato a deputado estadual. Vários outros deputados estão penetrando na região. Além de Márcia Maia em alguns municípios do Agreste, o deputado Ezequiel Ferreira, já marcou presença nas cidades de Canguaretama e Nova Cruz contando com o apoio dos novos prefeitos eleitos Wellinson e Flávio Azevedo.

CARGO

Quem ficará a frente do Programa Desenvolvimento Solidário, a partir de janeiro tudo indica será o prefeito José Lins da cidade de Currais Novos. Ele é ligadíssimo a deputada Márcia Maia. O cargo está sem seu comandante, desde a saída do Coordenador Gesino Saraiva, que por motivo da Lei do Nepotismo teve que deixar o cargo. Uma vez que seu filho é secretário estadual da secretaria de ação social.

VERTICALIZAÇÃO

Emenda Constitucional No. 52, de 08/03/2006

Dá nova redação ao § 1º do art. 17 da Constituição Federal para disciplinar as coligações eleitorais.AS MESAS DA CÂMARA DOS DEPUTADOS E DO SENADO FEDERAL, nos termos do § 3º do art. 60 da Constituição Federal, promulgam a seguinte Emenda ao texto constitucional:Art. 1º O § 1º do art. 17 da Constituição Federal passa a vigorar com a seguinte redação:”Art. 17………………. § 1º É assegurada aos partidos políticos autonomia para definir sua estrutura interna, organização e funcionamento e para adotar os critérios de escolha e o regime de suas coligações eleitorais, sem obrigatoriedade de vinculação entre as candidaturas em âmbito nacional, estadual, distrital ou municipal, devendo seus estatutos estabelecer normas de disciplina e fidelidade partidária……………” (NR) Art. 2º Esta Emenda Constitucional entra em vigor na data de sua publicação, aplicando-se às eleições que ocorrerão no ano de 2002.Brasília, em 8 de março de 2006.
Fonte: Coluna Walter (Correio da tarde)

Relembre os dez casais que mais se destacaram em 2008

Veja quem se casou, quem se separou e quem brilhou durante o ano.

Mallu Magalhães e Marcelo Camelo

“Estou loucamente apaixonada”. Foi com essa frase que Mallu Magalhães, a revelação teen da música brasileira em 2008, deu a primeira mostra de que estava de fato envolvida com Marcelo Camelo, ex-Los Hermanos. A grande diferença de idade entre os dois –ela tem 16 anos e ele, 30– não foi empecilho para o casal, que assumiu o romance em novembro, após se apresentar junto no Morro da Urca, no Rio.

Madonna e Guy Ritchie

Após quase oito anos de casamento, Madonna e Guy Ritchie anunciaram o divórcio em outubro deste ano. Em nota oficial divulgada pela assessoria de imprensa da loira, eles pediram que a mídia tivesse respeito pela família. O casal tem um filho, Rocco, e em 2006 Madonna deu início ao processo de adoção de David Banda, um garoto do Malauí. Muito se falou na imprensa britânica sobre a diva do pop estar tendo um relacionamento com o jogador de basebol Alex Rodriguez. No entanto, durante sua temporada de shows aqui no Brasil, ela foi vista aos beijos com o modelo Jesus Luz, de 21 anos.


Luana Piovani e Dado Dolabella

O casal reatou o namoro e já fazia planos de se casar e ter filhos quando virou notícia por uma briga que acabou como caso de polícia. Dado Dolabella é suspeito de ter agredido Luana Piovani e a camareira Esmê de Souza, em outubro, durante uma discussão em uma boate no Rio. Segundo a delegada Adriana Pereira, o ator nega a agressão à Luana e diz que a camareira teria se ferido acidentalmente. Dado lamentou o acontecido, mas Luana não quis saber. Atualmente é vista circulando com Felipe Simão.

Grazi Massafera e Cauã Reymond

Um dos casais mais bonitos da televisão brasileira, os dois brilharam neste ano. Grazi ganhou seu primeiro papel de protagonista, como a mocinha de “Negócio da China”. Já Cauã Reymond conquistou espaço em “A favorita” como o impagável mulherengo Halley.

Carla Bruni e Nicolas Sarkozy

Se desde a morte da princesa Diana o mundo sofria com a ausência de uma mulher tão poderosa quanto elegante, Carla Bruni está aí para isso mesmo: cantar e encantar multidões de todas as partes do mundo por onde passa, ao lado do marido, o presidente da França Nicolas Sarkozy. A ex-modelo casou-se com o político em fevereiro e, além do posto de primeira-dama, vem investindo na carreira de cantora.

Britney Spears e Kevin Federline

Sozinha ou acompanhada Britney Spears foi notícia o ano todo. Seu acerto pelo divórcio e guarda dos filhos foi notícia em 2007 e seguiu firme em 2008. Entre surtos e faltas em audiências judiciais, ela perdeu o direito de visitar as crianças, e depois retomou-o. “As pessoas nos põem num pedestal, mas na verdade a nossa maneira de resolver os problemas é a mesma que a do resto do mundo”, disse Federline.

Ellen Degeneres e Portia de Rossi

As duas se casaram em agosto, meses depois que a Suprema Corte da Califórnia derrubou a proibição estadual para casamento entre pessoas do mesmo sexo. A cerimônia contou com a presença de apenas 19 pessoas, e foi realizada na casa de Ellen. As duas vivem juntas há mais de quatro anos e já disseram em entrevistas que sonham em ter filhos.

Beyoncé e Jay-Z

Os astros da música formam o casal mais rico e poderoso de Hollywood, segundo a revista “Forbes”. Juntos, Beyoncé e Jay-z faturaram em 2008 US$ 162 milhões. O rapper foi sozinho responsável por US$ 82 milhões, enquanto ela ganhou US$ 80 milhões com a venda de CDs, participações em filmes e contratos de publicidade.

Glória Menezes e Tarcisio Meira

Um dos casais mais queridos das telenovelas brasileiras não poderia ficar de fora desta lista. Queridos fora de cena, agora a torcida é para que eles fiquem juntos também em “A favorita”. Por mais que o público goste de Gonçalo (Mauro Mendonça), é inegável que a química que une Glória Menezes e Tarcísio Meira é mais forte e acaba sempre conquistando o público. No site da novela, o ator torce para que os dois terminem juntos: “Eles se gostam muito, então, tudo leva a crer que ficarão juntos no final”.
Fonte:G1

Governadora reúne 120 prefeitos no Olimpo

A governadora Wilma de Faria conseguiu reunir no dia 23 (terça) o maior número de prefeitos desde o início de sua gestão. O encontro de confraternização ocorreu no Olimpo Recepções com mais de 120 prefeitos, entre eleitos, reeleitos e atuais administradores municipais. Aqui do Agreste vários prefeitos estiveram presentes, a nova prefeita da cidade de Montanhas Maria Eliete Coutinho (a Letinha), Jalmir Macedo de Pedro Velho, Tito da cidade de Lagoa Danta, Getúlio do município de Várzea, Pedro Augusto Lisboa de Passa e Fica, Junior Rocha de Goianinha, Dr. Gilson de Santo Antonio. O evento contou com a presença do vice – governador Iberê Ferreira de Souza, deputado federal Henrique Alves e o Presidente da Assembléia Robinson Faria e a deputada estadual Márcia Maia.

Governo quer conceder aposentadoria por idade em 30 minutos no ano que vem

Trabalhador precisará apresentar apenas a identidade.
Atualmente, tempo de espera médio é de um ano e meio.
O governo anunciou nesta terça-feira (23) um novo sistema para quem vai se aposentar em 2009. A partir do dia 2 de janeiro, a União quer conceder a aposentadoria por idade em até meia hora, apresentando apenas a identidade. Atualmente, o tempo médio de espera pelo benefício é de um ano e meio. Hoje, quem entra com o pedido de aposentadoria precisa de um saco de documentos: certidão de nascimento ou casamento, PIS/PASEP, carteira de identidade, CPF, carteira de trabalho ou documento que comprove tempo de serviços, entre outros.

VEREADOR

Os vereadores mais votados da cidade de Nova Cruz, José Jeconias Barbosa, (Nia) e Gelson Vitor. O primeiro com 1700 votos e o segundo com quase 1660 votos. Os dois estão fora do páreo para as eleições da câmara municipal. E, olhe que o critério adotado pelo Regimento Interno da Câmara Municipal de Nova Cruz, em caso de um empate, o vitorioso será o mais votado. Em alguns municípios o regulamento é o mais idoso.

DEPUTADO FEDERAL

O empresário Marcelo Alecrim da empresa ALE Distribuidora de combustíveis, poderá ser um dos nomes a deputado federal nas eleições de 2010, caso o deputado federal João Maia, seja escolhido para compor a chapa de senador ou governo do Estado. Marcelo Alecrim, é hoje um mega-empresário de destaque a nível Nacional.

ROBINSON

Já está definida a decisão do deputado estadual Robinson Faria, de não mais disputar a uma cadeira rumo à Assembléia Legislativa. O sonho do deputado e voar mais alto em direção ao Palácio Potengi. Só que no caminho existem Iberê de Souza, Rosalba, João Maia e Carlos Eduardo.

RECURSOS

O novo prefeito Flávio Azevedo da cidade de Nova Cruz, espera contar com o prestigio dos deputados federais e senadores ligado ao seu sistema político para atrair emendas para o seu município. Flávio, já conversou com Garibaldi, Rosalba, Henrique e João Maia. As esperanças em emendas aprovadas para Nova Cruz são imensas, ele promete que já conta com um volume bom de recursos já para o ano de 2009.

ELEIÇÃO

Mais um processo de eleição continua a todo vapor até o dia primeiro de janeiro. Falo das eleições da mesa diretora das câmaras municipais. Haja disputa acirrada nas cidades. No município de Nova Cruz, dois pré-candidatos já foram lançados, falo dos vereadores Marcelo Pessoa da Cunha Lima e Antonio Gomes. O primeiro é ligado ao G5 ( Marcelo, Manga Rosa, Beto Martins, Fernando Bezerra e Jeconias, grupo dos vereadores da futura oposição) e o segundo faz parte do G4 (Antonio Gomes, Gelson Vitor, Luís da Verdura e o Dinho, grupo dos vereadores da futura situação). Vamos aguardar pelo resultado. Mas, poderá acontecer uma surpresa no entrar do novo ano.

O voto de cada senador no ‘projeto dos vereadores’

Apenas seis senadores ousaram acomodar o interesse do contribuinte acima da conveniência dos vereadores.
Na votação da proposta que recriou 7.343 vagas nas câmaras municipais, anotaram “não” no painel eletrônico:
1) Álvaro Dias (PSDB-PR); 2) Cristovam Buarque (PDT-DF); 3) Kátia Abreu (DEM-TO); 4) João Pedro (PT-AM); 5) Raimundo Colombo (DEM-SC); e 6) Tião Viana (PT-AC).
Os outros senadores presentes à sessão votaram “sim”. Gilvan Borges (PMDB-AP), que pressionara a tecla “abstenção”, foi ao microfone para retificar o voto: “sim”.
Aloizio Mercadante e Eduardo Suplicy, ambos do PT de São Paulo, criticaram a ausência de imposição de limites para as despesas das câmaras municipais.
Na hora de votar, porém, a dupla disse “sim”. A votação foi feita em dois turnos. Houve senadores que votaram apenas num round.
Na turma do “não”, por exemplo, Álvaro Dias só votou no primeiro turno. Cristovam, só no segundo.
Na turma do “sim”, Renan Calheiros só deu as caras no painel na rodada final.
A lista abaixo, organizada por Estado, traz os nomes de todos os senadores que ajudaram a aprovar a proposta no segundo turno (58 no total).
O signatária do blog optou por essa lista por que ela é mais completa do que a do primeiro turno. Eis os nomes da turma do “sim”:
1. Alagoas: Ada Mello (PTB) e Renan Calheiros (PMDB);
2. Amazonas: Arthur Virgílio (PSDB) e Jefferson Praia (PDT);
3. Amapá: Gilvam Borges (PMDB) e Papaléo Paes (PSDB);
4. Bahia: Antônio Carlos Junior (DEM) e César Borges (PR-BA);
5. Ceará: Inácio Arruda (PCdoB), Patrícia Saboya (PDT) e Tasso Jereissati (PSDB);
6. Distrito Federal: Adelmir Santana (DEM) e Gim Argello (PTB):
7. Espírito Santo: Gerson Camata (PMDB), Magno Malta (PR) e Renato Casagrande (PSB);
8. Goiás: Demóstenes Torres (DEM), Lúcia Vânia (PSDB) e Marconi Perillo (PSDB);
9. Maranhão: Roseana Sarney (PMDB);
10. Mato Grosso: Serys Slhessarenko (PT), Gilberto Goellner (DEM) e Jayme Campos (DEM);
11. Mato Grosso do Sul: Delcídio Amaral (PT) e Valter Pereira (PMDB);
12. Minas Gerais: Eduardo Azeredo (PSDB) e Wellington Salgado (PMDB);
13. Pará: Flexa Ribeiro (PSDB) e José Nery (PSOL);
14. Paraíba: Cícero Lucena (PSDB);
15. Paraná: Flávio Arns (PT) e Osmar Dias (PDT);
16. Pernambuco: Marco Maciel (DEM);
17: Piauí: Heráclito Fortes (DEM), João Vicente Claudino (PTB) e Mão Santa (PMDB);
18. Rio de Janeiro: Francisco Dornelles (PP), Marcelo Crivella (PRB) e Paulo Duque (PMDB);
19. Rio Grande do Norte: José Agripino (DEM) e Rosalba Ciarlini (DEM);
20. Rio Grande do Sul: Paulo Paim (PT), Pedro Simon (PMDB) e Sérgio Zambiasi (PTB);
21. Roraima: Augusto Botelho (PR), Mozarildo Cavalcanti (PTB) e Romero Jucá (PMDB);
22. Rondônia: Expedito Júnior (PR), Fátima Cleide (PT) e Valdir Raupp (PMDB);
23. Santa Catarina: Ideli Salvatti (PT) e Neuto do Conto (PMDB);
24. São Paulo: Aloizio Mercadante (PT) e Eduardo Suplicy(PT);
25. Sergipe: Antônio Carlos Valadares (PSB) e Virgílio de Carvalho (PSC);
26. Tocantins: João Ribeiro (PR) e Leomar Quintanilha (PMDB).
O placar a favor da emenda só não foi mais elástico por que houve 19 ausências.
Vale recordar: A proposta que recria 7.343 vagas de vereador havia sido votada na Câmara em 28 de março.
Entre os deputados, apenas dez se animaram a votar contra. Houve 359 votos a favor. Anotaram-se quatro abtenções.
O texto da Câmara incluía um artigo que reduzia as despesas das prefeituas com as câmaras de vereadores.
No Senado, esse pedaço do texto foi suprimido. Converteu-se num projeto à parte, chamado tecnicamente de “PEC (Proposta de Emenda à Constituição) Paralela”. Para ser votada sabe Deus quando.
Escrito por Josias de Souza

‘Caso vereadores’: STF pede informações a Chinaglia

O STF solicitou a Arlindo Chinaglia (PT-SP) que explique o porquê de ter se recusado a assinar a promulgação da proposta que recria 7.343 vagas de vereadores.
O pedido de informações foi enviado ao presidente da Câmara pelo ministro Celso de Mello, decano do Supremo.
Esse é o primeiro despacho formal do ministro no mandado de segurança impetrado pelo presidente do Senado, Garibaldi Alves (PMDB-RN). .
Garibaldi pedira, por meio da Advocacia do Senado, que o STF lhe concedesse
Uma decisão provisória, que lhe permitisse promulgar imediatamente a proposta de emenda à Constitucição que amplia o número de vereadores no país. Proposta aprovada por ampla maioria no Senado
Porém, Celso de Mello entendeu que, antes de tomar qualquer decisão, é essencial ouvir as razões que inspiraram a recusa da Mesa da Câmara.
Como o Supremo entrou em recesso, a decisão pode ficar para fevereiro. Eis o que diz, em síntese, o despacho de Celso de Mello.
1. O mandado de segurança de Garibaldi é cabível. O passivo envolve uma questão constitucional. E cabe ao Supremo dirimir controvérsias dessa natureza.
Celso de Mello anotou: “Esse particular aspecto da controvérsia parece afastar o caráter ‘interna corporis’ do procedimento em questão…”
“…Legitimando-se, desse modo, o exercício, pelo Supremo Tribunal Federal, da jurisdição que lhe é inerente, em face da natureza jurídico-constitucional do litígio”.
2. Quanto ao pedido de liminar, o ministro decidiu pautar-se pela “prudência”. Considerou que é “altamente recomendável que se ouça previamente” a Câmara.
Daí o pedido de informações enviado a Chinaglia, que preside a Mesa diretora da Casa.
Celso de Mello esclareceu, de resto, que o deferimento do pedido de liminar “implicaria o esgotamento do próprio objeto” do mandado de segurança.
Em jurisdiquês, a linguagem dos advogados, é o que se chama de decisão “satisfativa”.
Significa dizer que, se fosse atendido antes que a Câmara pudesse se manifestar, Garibaldi poderia promulgar a proposta dos vereadores.
E não haveria mais o que ser discutido quando o Supremo fosse julgar o mérito da ação do Senado.
Um julgamento que precisa passar pelo pleno do tribunal, composto por onze ministros.
Não há no despacho de Celso de Mello referência a prazos para que a Câmara envie uma resposta ao STF.
O relator do caso é o ministro Carlos Alberto Direito, que já havia saído em férias quando o mandado de segurança de Garibaldi aportou no STF, nesta sexta (19).
Por isso o processo foi às mãos de Celso de Mello.
Escrito por Josias de Souza

Página 762 de 763« Primeira...102030...759760761762763