Nova Cruz/RN -

Governadores do NE mantém defesa do ‘isolamento social’ para enfrentar coronavírus

Governadores do NE mantém defesa do ‘isolamento social’ para enfrentar coronavírus

Do Jornal da Paraíba:

O isolamento social ainda é a estratégia que deverá ser adotada pelos governadores do Nordeste para tentar reduzir o índice de contaminação da população pelo novo coronavírus (Covid-19). A análise das ações de enfrentamento ao vírus foram debatidas nesta quinta-feira (16), por meio de videoconferência, entre o governador governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), com os demais governadores do Nordeste e representantes do Comitê Científico de Combate ao Coronavírus (CCCC).

O debate teve como base os estudos realizados pelo grupo que reúne cientistas, físicos e médicos. Dentre os temas debatidos na reunião, foi destacada a importância do isolamento social para reduzir o índice de contaminação da população pelo novo vírus.

O Nordeste é a segunda região do Brasil com o maior número de casos confirmados da doença, com 21,4%, perdendo apenas para o Sudeste, que concentra 56,6% dos casos no país.

O comitê é coordenado por Miguel Nicolelis, neurocientista e referência mundial na pesquisa da interface entre cérebro e computadores, e por Sérgio Rezende, físico formado pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) e ex-ministro da Ciência e Tecnologia e conta com a colaboração de representantes de todos os Estados do Nordeste.

O grupo ainda conta com a participação de mais de 700 membros e 50 instituições, que atuam de forma voluntária em estudos voltados para o combate à Covid-19, formulando indicativos por cada Estado.

O CCCC foi criado pelo Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste (Consórcio Nordeste) para dar suporte às tomadas de decisões dos gestores estaduais em relação à pandemia do novo coronavírus.http://www.al.rn.gov.br/portal/

Wesley Safadão bate próprio recorde ao cantar 10 horas seguidas em live show

Foto: reprodução/YouTube

Wesley Safadão bateu o próprio recorde ao cantar por 10 horas seguidas durante live show. No ano passado, o artista interpretou canções por 7 horas ininterruptas, em alta mar, no projeto “WS On Board”. Neste sábado, 18, o cearense deu início à transmissão pouco depois das 20 horas, e encerrou às 6 horas deste domingo, 19.

Primeiro exibiu um clipe em que mostrou ações sociais da plataforma “W Solidário”. Na sequência, com uma edição de imagens de shows, o cantor enviou uma mensagem de esperança aos fãs.

O cearense também aproveitou o momento para gravar o DVD “WS em Casa 2”. Com isso, Wesley lançou músicas novas. Foram elas: “Vai lá”, “Toque na tela” e “Hoje é dia”. O convidado para interagir com o público foi o humorista Tirulipa.

Na primeira hora, cerca de 2 milhões de usuários simultâneos acompanharam a live de Wesley Safadão. No Twitter, três dos dez assuntos mais comentados do Brasil tinham referência à transmissão: “Safadão”, “#LiveDoSafadão”, e “WSEmCasa2”.

Com direito a café da manhã, com cuscuz e pão, Safadão é Tirullipa viram o sol raiar e entregaram para quem ficou até o final uma espécie de “Garota Vip”, projeto do cantor que percorre várias cidades brasileiras.

Durante a transmissão, Safadão anunciou a próxima live, o WS Sunset, marcada para o dia 16 de maio. Neste live show, o cearense cantará ao lado da banda Raça Negra.

Jornal O POVO

OMS pede cautela a países no relaxamento de isolamento social em reunião do G20

Foto: Denis Balibouse

Durante vídeoconferência com os ministros da Saúde do G20, grupo das 20 maiores economias do planeta, realizada nesta manhã, o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, pediu cautela aos países-membros nas decisões de relaxar as medidas de quarentena e isolamento social e pleiteou ajuda para países mais pobres, onde a doença começou a se espalhar.

“É encorajador que vários países agora estejam planejando como diminuir as restrições sociais, mas é crítico que tais medidas sejam tomadas de maneira escalonada”, disse Tedros. “Relaxar a quarentena não é o fim da epidemia no país, é só o começo da próxima fase. É vital que os países eduquem, engagem e empoderem sua população para prevenir e responder rapidamente a qualquer ressurgência do vírus.”

O mandatário da OMS reiterou que é importante que países só comecem a retomar a normalidade quando estiverem certos que seus sistemas de saúde têm capacidade de “detectar, testar, isolar e cuidar de cada caso, além de tracar todo contato que o paciente teve”. “É necessário garantir que os sistemas de saúde tenham capacidade de absorver qualquer aumento nas infecções.”

Para Tedros, o próximo passo é garantir a ajuda dos países mais ricos do mundo a regiões como a África, onde o desafio é superar a “falta crítica de equipamentos e entregá-los de forma organizada por conta da sua infraestrutura frágil”.

UOL

Eleitores podem regularizar ou transferir título online

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) alterou as regras das eleições de 2020, permitindo que eleitores façam a regularização da situação eleitoral, bem como transferência e alistamento de novos votantes por meio da internet. Também fica dispensada a coleta de biometrias e suspensos os cancelamentos de títulos decorrentes da falta desta.

No entanto, o TSE manteve o prazo previsto inicialmente para mudanças e regularizações, que poderão ser feitas apenas até o próximo dia 6 de maio. O comparecimento aos cartórios eleitorais poderá ser substituído por identificação digital, quando for possível, ou então ser adiada para quando os atendimentos presenciais forem retomados.

Uma das opções oferecidas aos tribunais eleitorais estaduais será o envio de selfies dos eleitores ao lado do seu documento de identificação pela plataforma Título Net. Esse tipo de procedimento é adotado, por exemplo, por bancos digitais durante o processo de abertura de contas.

Neste momento, a Justiça Eleitoral decidiu manter a data atual para o fim das restrições, que é o dia 30 de abril. O TSE também frisou que os títulos de eleitores cancelados por fraudes permanecerão invalidados e que aqueles títulos que deveriam ser suspensos por falta da biometria e serão mantidos provisoriamente, voltarão a perder a validade após as eleições municipais deste ano.

Eleições de 2020 poderão ser realizadas em dezembro

Cresceu nos últimos dias entre ministros do Tribunal Superior Eleitoral a avaliação de que a eleição não poderá ser realizada em outubro.

A corte, entretanto, defende que seria inconstitucional prorrogar mandatos, o que colocaria como limite para a realização da eleição o mês de dezembro.

Um ministro sugere que, se for feita em dezembro, haja um espaço mínimo de 15 dias entre o primeiro e o segundo turno

ASSEMBLEIA SUGERE MEDIDAS DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES DURANTE O TELETRABALHO

Com a pandemia do Coronavírus e a suspensão dos trabalhos presenciais na Assembleia Legislativa até o próximo dia 30 de abril, o teletrabalho se tornou uma opção para deputados e servidores. Dessa forma, a Casa adaptou a Campanha Abril Verde – que visa melhores condições de trabalho para os colaboradores – e sugeriu medidas de prevenção de acidente para quem tá praticando o isolamento social, prevenindo também de acidentes domésticos.

A Coordenadoria de Gestão de Pessoas fez as adaptações com o objetivo de contribuir com a segurança das famílias e propõe medidas e orientações de ergonomia e de prevenção aos acidentes domésticos, que podem acontecer com mais frequência devido o maior tempo em que as pessoas têm ficado em casa.

“O objetivo principal da campanha é prevenir. Nesse caso, como os servidores da Assembleia Legislativa e demais trabalhadores estão exercendo suas atividades em casa, vimos a necessidade de fazer uma adaptação à campanha. Já que as pessoas estão em casa, ajustamos no sentido de prevenir quanto aos acidentes domésticos”, explicou o Coordenador de Gestão Pessoas da ALRN, Thyago Cortez.

Thyago Cortez também explicou que os servidores da Coordenadoria de Gestão de Pessoas estão trabalhando em casa, por meio de teletrabalho e comunicação via aplicativos de celular para promover a campanha. De acordo com ele, o objetivo maior é evitar que os acidentes ocorram, mas, em ocorrendo, a campanha também orienta como proceder para minimizar os efeitos.

Nesse sentido, a primeira orientação é ligar para os telefones de emergência do Corpo de Bombeiros (193), SAMU (192) e Polícia Militar (190), antes de realizar qualquer procedimento. Em caso de necessidade, a campanha disponibiliza orientações de como proceder e realizar primeiros socorros em casos de engasgo e asfixia de adultos, crianças e bebês; queimaduras; intoxicação; escoriações; fraturas; hemorragia; desmaios; convulsões; choque elétrico; ataques de animais peçonhentos; entre outras complicações.

Quanto à ergonomia, é importante definir um lugar para o trabalho, observando se o ambiente oferece algum ruído que possa atrapalhar a concentração. A luminosidade e a ventilação também devem ser levadas em consideração, assim como os horários de pausas.

A posição do corpo deve ser observada para que, ao sentar em frente à mesa, os joelhos, quadris e cotovelos fiquem em um ângulo de aproximadamente 90º em relação aos apoios.

Esses são alguns cuidados para quem não está acostumado a trabalhar de forma remota não prejudicar a saúde. Realizar alongamentos simples e aplicar a ergonomia de forma correta podem fazer uma grande diferença no dia a dia, tanto para movimentar o corpo quanto para garantir uma boa circulação sanguínea.

Bolsonaro aponta locais para hospital de campanha federal no RN; veja

O Ministro Paulo Guedes, da Economia, encaminhará um ofício ao novo ministro da Saúde, Nelson Teich, com uma lista de 81 imóveis “que poderão servir a hospitais de campanha em todo o território brasileiro”. O documento deve ser a primeira correspondência oficial entre Guedes e Teich.

No Rio Grande do Norte, o ministro da Economia indicará três locais que poderão servir como hospital provisório durante a pandemia. São os seguintes:

1 – Terreno de 19 mil m² em Natal, localizado na rua Satiro Dias/Nova Central, no bairro Alecrim. Próximo à via férrea, com acesso aos municípios da região metropolitana, distante 550 metros do Hospital da Marinha. Bairro comercial, com alto fluxo de circulação de pessoas.

2 – Terreno de 4,1 mil m² em Natal, localizado na Avenida Almirante Alexandrino de Alencar, S/N, no bairro Tirol. Localizado em região central, próximo ao maior hospital do estado (Walfredo GUrgel). Bairro comercial, com alto fluxo de circulação de pessoas.

3 – Terreno de 14,2 mil m² em Mossoró, localizado na RNBR 110, 330, no bairro Alto de São Manuel. Mossoró é a segunda maior cidade do estado, localizada entre Natal e Fortaleza (CE).

A lista de locais por estado, divulgada pela CNN, foi elaborada pela Secretaria de Coordenação e Governança do Patrimônio da União (SPU/ME), a pedido do presidente Jair Bolsonaro. O órgão listou imóveis com potencial para instalação de hospitais de campanha “nas capitais dos estados e centros urbanos com maior densidade populacional”, diz o documento.  A instalação dos hospitais será analisada pelos Ministérios da Defesa e da Saúde, conforme a necessidade da população local.

 

Lives deste sábado (18): Festival One World, The Killers, Wesley Safadão e mais shows para ver em casa

Na onda das lives, o bastidor virou o show. Casas de músicos são os palcos possíveis no isolamento para conter o coronavírus.

Lives deste sábado (18) e como assistir:

Festival One World: Together at Home – Rolling Stones, Lady Gaga, Paul McCartney, Elton John , Billie Eilish e Finneas, Lizzo, Stevie Wonder, Chris Martin, Eddie Vedder, Kacey Musgraves, J Balvin, Keith Urban, Alanis Morissette, Andrea Bocelli, Billie Joe (Green Day), The Killers e mais – 16h no Globoplay e Multishow e após o “Altas Horas” na TV Globo.

Alexandre Pires – 16h – Link

Mano Walter – 16h – Link

The Killers – 16h – Link

Festival Queremos – 16h – Clarice Falcão, Tássia Reis, Duda Beat e Silva – Link

Cavaleiros do Forró – 17h – Link

Fernando e Sorocaba – 17h – Link

David Guetta – 19h – Link

Moska e Kevin Johansen – 19h (Festival Mucho) – Link

Rashid – 20h – Link

Wesley Safadão – 20h – Link

Pablo – 22h – Link

G1

RN tem 98 leitos de UTI para pacientes de coronavírus; 22 estão ocupados

Rio Grande do Norte tem 98 leitos de UTI (unidade de tratamento intensivo) exclusivos para pacientes confirmados e suspeitos do novo coronavírus – causador da Covid-19.

Desse total, 22 estão ocupados. Os dados são da Secretaria Estadual de Saúde, atualizados até a tarde desta sexta-feira (17). Neste sábado (18), o estado anunciou um acordo para implantar mais 35 UTIs em Mossoró, na região Oeste potiguar.

Ao todo, de acordo com a pasta, até agora, o Estado possui 555 leitos de UTI. Desse total, 384 são disponibilizados para o Sistema Único de Saúde. Dos 384, 232 são leitos públicos e 152 privados ou filantrópicos, disponibilizados ao sistema público.

Ainda de acordo com a secretaria, a taxa de ocupação de leitos de UTI para os casos que não são de Covid é “praticamente 100%”. “É importante entender que a Sesap vem abrindo leitos para atendimento de casos Covid e que os leitos citados acima são para atendimento geral. Hoje, existem 98 leitos de UTI exclusivos para atendimento de pessoas com casos confirmados ou suspeitos de coronavírus”, informou.

Até a tarde desta sexta-feira (17), 22 leitos de UTI para Covid-19 estavam ocupados, sendo 11 por pacientes confirmados e 11 de pessoas com suspeita da doença.

O governo ainda prevê implantação de novos leitos, através do Plano de Contingência Estadual, nos hospitais da rede própria, como nos Hospitais da Polícia e João Machado, e também contratados. “Seguindo essa proposta de ampliação dos leitos, na última quinta-feira (16), foi estabelecida parceria com a Liga Contra o Câncer, que durante seis meses, disponibilizará 60 leitos pacientes Covid, sendo 40 leitos de UTI”.

Neste sábado, o estado ainda anunciou a implantação de 100 novos leitos hospitalares destinados ao enfrentamento da Covid-19 em Mossoró, que vão ficar sob a gestão da APAMIM (Associação de Proteção à Maternidade e à Infância de Mossoró). Desse total, 35 são de UTI. O contrato é válido por quatro meses.

Mais de 640 casos

O Rio Grande do Norte registrou 63 novos casos de Covid-19 em um dia, entre a quinta-feira (16) e a sexta (17). Até então, o estado potiguar tem 463 casos confirmados de coronavírus e 23 mortes pela doença. Dos 63 novos casos, 32 são em Natal – mais da metade. E 14 são em Parnamirim. Nesse boletim, a Sesap começou a divulgar também o número de recuperados, que é de 124.

G1 (RN)

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA MANTÉM RITO DE TRAMITAÇÃO DE PROCESSOS LEGISLATIVOS

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte tem mantido o ritmo de trabalho mesmo nesse período de pandemia, quando as atividades presenciais foram suspensas até o dia 30 de abril. Os processos legislativos continuam tramitando através da Diretoria Legislativa que está em teletrabalho. As demandas dos deputados continuam a ser encaminhadas para os órgãos da Administração Direta e entes da Administração Indireta. Além disso, foram elaborados cerca de 290 documentos para assinatura da Diretoria Legislativa entre certidões processuais e despachos diversos.

“Estamos efetivamente em teletrabalho e dando expediente todos os dias, tal como faríamos se as nossas atividades fossem presenciais. Agradeço todo o esforço da equipe que trabalha fortemente para enfrentar esse momento e estamos prontos para organizar as sessões ordinárias e tudo mais o que for necessário para dar continuidade à atividade legislativa”, disse Tatiana Mendes Cunha, diretora legislativa da Casa.

Também foi elaborada uma via de comunicação com os municípios, através do e-mail [email protected], para que fossem sanadas dúvidas sobre as medidas necessárias ao reconhecimento pela Assembleia Legislativa da situação de calamidade pública, bem como para o envio da documentação necessária. Nas duas últimas semanas a Diretoria Legislativa organizou duas sessões extraordinárias para deliberar os decretos de calamidade dos municípios.

Setenta municípios do Estado já enviaram seus Decretos de Calamidade para reconhecimento pela Assembleia Legislativa. Na primeira sessão remota da Casa foram 29 decretos apreciados, sessão esta realizada dia 7 de abril, e outros 17 municípios tiveram o estado de calamidade pública reconhecidos na sessão remota do dia 14 de abril. A Assembleia Legislativa já recebeu mais 24 ofícios de decretação de calamidade pública que serão apreciados e votados na próxima sessão, que será realizada na quarta-feira (22).

COVID – 19 NO RN

O Rio Grande do Norte possui 516 confirmados, 2.171 suspeitos, 2.363 descartados, 24 óbitos e 124 recuperados. É importante lembrar que o dado de pessoas recuperadas está sujeito a alteração a partir da evolução dos casos e à medida que os municípios enviarem seus dados.
O boletim epidemiológico com o detalhamento de todas as informações está disponível em saude.rn.gov.br
Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.

Governo lança campanha RN+Protegido e atualiza ações de combate à covid-19

O Governo do RN lança nesta sexta-feira, 17, às 11h, na Escola de Governo, no Centro Administrativo, em Natal, a campanha RN+Protegido, ação liderada pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico em parceria com o setor produtivo do estado para distribuição gratuita de máscaras no combate à pandemia.

Em seguida, o secretário de Estado da Saúde, Cipriano Maia, atualizará a imprensa sobre as ações do Governo para o combate ao novo coronavírus (Covid-19).

TRANSMISSÃO AO VIVO:

 TV Assembleia –  Canal aberto 51.3 na região Metropolitana de Natal

TV Câmara Natal – Canal aberto 51.4 para a grande Natal / canal 10 pela Cabo Telecom

You Tube

Canal do Governo do RN

Canal da Sesap RN

Instagram

@governodorn

Facebook

/GovernodoRN

/Sesap-RN

Projeto de Beto prevê ampliação de prazos e suspensão de encargos do Fies

O deputado federal Beto Rosado (Progressistas) apresentou  Projeto de Lei 1962/2020 que sugere a ampliação de prazos e a suspensão de encargos financeiros do Fies em favor dos alunos beneficiários do financiamento estudantil previsto na Lei nº 10.260, de 12 de julho de 2001.

De acordo com o texto do PL, ficam suspensos, para os estudantes beneficiários do Fundo Fies e de seus fiadores, enquanto perdurar a pandemia do novo coronavírus, as contagens de prazos, os encargos financeiros relacionados a juros, multas, taxas, oferecimento de garantias, parcelas de amortização do saldo devedor, renegociações de dívidas e outras obrigações de pagamento junto ao agente financeiro do Fundo.

O deputado entende que diante dos impactos severos que a pandemia trouxe para toda a sociedade brasileira, é necessário que os Poderes Públicos adotem medidas excepcionais para diminuir os efeitos da crise.

Os efeitos sobre a educação foram os primeiros a serem mais visíveis, com a suspensão das aulas de todos os níveis e etapas de ensino. “Os alunos, em função da queda geral de renda e do desemprego decorrentes da crise sanitária, podem ser obrigados a simplesmente cancelar suas matrículas. No entanto, no caso dos estudantes beneficiários do Fies, é possível adotar medidas que aliviem as dificuldades temporárias desses jovens e de suas famílias”, reforça Beto.

O documento segue para despacho do presidente da Câmara Federal designando as comissões que irá tramitar.

RN+Unido firma parceria para leitos e gestão com a Liga Norte-riograndense contra o Câncer

RN+Unido firma parceria para leitos e gestão com a Liga Norte-riograndense contra o Câncer

O “RN+Unido”, programa do Governo do RN que visa o enfrentamento e combate ao Covid-29 no âmbito do Estado, anuncia a parceria para leitos e gestão com a Liga Norte-riograndense contra o Câncer. O acordo foi firmado na manhã desta quinta-feira (16), após videoconferência com a presença da governadora Fátima Bezerra, dos órgãos de controle e de representantes da instituição médica de filantropia.

A cooperação institucional entre os entes faz parte do plano de ação do Governo do Estado, que age em diversas frentes no intuito de consolidar, com a máxima transparência e o cuidado com os recursos públicos, o aparato necessário para combater a pandemia e salvar vidas. Neste sentido, é importante ressaltar que são muitas as rotas de atuação para ampliação da estrutura disponível. No caso da Arena das Dunas importa dar transparência às razões pelas quais restou infrutífera a chamada pública que ergueria um hospital de Campanha na Arena das Dunas.

A principal delas é:

– Afora as desclassificadas por fugirem ao objeto do contrato, as empresas habilitadas apresentaram valores superiores aos praticados no mercado, algumas delas superiores aos R$ 60 milhões. Além de não serem inadequadas com a racionalização da despesa pública, seria incompatível diante da realidade orçamentária do estado.

Por outro lado, o caminho alternativo em torno da Liga Contra o Câncer, instituição reconhecida pela missão que desempenha com primor na área da saúde, apresentou um caminho que coaduna com as ações a se entrelaçarem no âmbito do Governo do Estado.

A contratação com a instituição de filantropia se dará, em todos os seus serviços, pelo período de 6 meses e um valor total de até R$ 40 milhões. Isso não quer dizer que o Estado importará a totalidade dos valores, uma vez que somente pagará pelo serviço prestado. Serão disponibilizados 60 leitos, sendo 40 de UTI.

Com isso, o Governo do Rio Grande do Norte consolida mais um passo nas ações de acolhimento a pacientes acometidos pela pandemia, na região metropolitana de Natal, a mais populosa da cidade. O mesmo exemplo está se dando com as medidas de regionalização de hospitais no interior do Estado.

Nossas tratativas estão em andamento, ao lado dos órgãos de controle, com transparência, legalidade e espírito público.

Esta é também uma luta contra o tempo. E nós estamos envidando todos os esforços para salvar vidas e o Rio Grande do Norte.

Anvisa proíbe venda de Annita sem receita especial, remédio “secreto” teve bons resultados em testes de laboratório contra o coronavírus

Imagem: ilustrativa/REB Images/Getty Images

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) publicou nesta quinta (16) uma norma proibindo a venda de medicamento à base de nitazoxanida sem receita médica especial. A droga é comercializada em forma de vermífugo com o nome de Annita.

O medicamento é o remédio cujo nome não foi divulgado pelo ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, na quarta (15), quando ele informou que a pasta começará a testar em pacientes com o novo coronavírus um medicamento que, em laboratório, reduziu em 93,4% a carga viral em células infectadas pelo vírus.

“Fiz questão de não saber este nome para evitar uma correria em torno deste medicamento enquanto não temos certeza de que ele vai funcionar para isso”, afirmou o ministro Marcos Pontes.

A nova regra da Anvisa incluiu medicamentos à base de nitazoxanida na lista de substâncias controladas. Com isso, a sua entrega ou venda nas farmácias e drogarias só poderá ser feita para pessoas com a receita especial em duas vias —uma ficará retida na farmácia e outra, com o paciente.

Mônica Bergamo

Polícia apreende 2.779 frascos de álcool em gel clandestinos no RN

Responsáveis pela fábrica e pela pousada foram identificados e serão investigados

Apreensão foi nesta quinta-feira (16) em Parnamirim. Material estava sendo produzido em uma fábrica clandestina em Lagoa de Pedras, no interior do estado

Por Redação – AgoraRN

Policiais civis da Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (DECON) realizaram, nesta quinta-feira (16), após recebimento de denúncias do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), a apreensão de 2.779 frascos de álcool em gel produzidos irregularmente em uma fábrica localizada no município de Lagoa de Pedras.

O material, que foi encontrado pelos policiais civis armazenado em uma pousada, na cidade de Parnamirim, estava sendo vendido em estabelecimentos comerciais e em condomínios residenciais.

Segundo as investigações realizadas pela Polícia Civil, a empresa estava fabricando álcool em gel de maneira irregular e revendendo para mercadinhos potiguares, sem garantia de qualidade do produto, omitindo informações, descumprindo o Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Ao longo das investigações, os policiais civis notaram que a cada nova embalagem do produto o rótulo vinha alterado, com informações divergentes umas das outras, que já haviam sido repassadas. Além disso, o rótulo constava endereço inexistente, sendo um galpão abandonado, há aproximadamente, 5 anos, e site inacessível.

No local, foram encontrados 2.779 frascos contendo 500 ml de álcool em gel, além de algumas outras embalagens, contendo 5l do mesmo material, quando o máximo permitido por embalagem é 1l, seguindo às medidas sanitárias. O material foi encaminhado para o Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP), onde será realizada a avaliação quanto à formulação química do álcool em gel comercializado de forma irregular.

Os responsáveis pela fábrica e pela pousada foram identificados e serão investigados pelos crimes de fazer afirmação falsa sobre produto, estelionato e falsificação de produtos destinados a fins terapêuticos ou medicinais. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Bolsonaro anuncia Nelson Teich como ministro da Saúde

O presidente Jair Bolsonaro e o novo ministro da Saúde, Nelson Teich, durante pronunciamento no Palácio do Planalto

© Marcello Casal JrAgência Brasil

Médico oncologista substitui Henrique Mandetta

Por Pedro Rafael Vilela – Repórter da Agência Brasil – Brasília

O presidente Jair Bolsonaro anunciou, na tarde desta quinta-feira (16), o médico Nelson Teich como novo ministro da Saúde, no lugar de Luiz Henrique Mandetta, que ficou pouco mais de 16 meses no cargo. Teich assume o cargo em meio à pandemia do novo coronavírus, que já infectou mais de 30 mil pessoas no país, levando cerca de 1,9 mil pacientes a óbito. Em um pronunciamento no Palácio do Planalto, ao lado do novo auxiliar, Bolsonaro ressaltou que é preciso combinar o combate à doença com a recuperação econômica e garantia de empregos, e defendeu uma descontuidade gradativa do isolamento social em vigor em todo o país.

“O que eu conversei com o doutor Nelson é que gradativamente nós temos que abrir o emprego no Brasil. Essa grande massa de humildes não tem como ficar presa dentro de casa, e o que é pior, quando voltar, não ter emprego. E o governo não tem como manter esse auxílio emergencial e outras ações por muito tempo”, afirmou.

De acordo com Bolsonaro, houve um “divórcio consensual” entre ele e Mandetta, e destacou que o ex-ministro “se prontificou a participar de uma transição a mais tranquila possível, com a maior riqueza de detalhes que se possa oferecer”.

Em seu discurso após o presidente, Nelson Teich disse que não haverá uma definição “brusca ou radical” sobre a questão das diretrizes para o isolamento social, mas enfatizou que a pasta deve tomar decisões com base em informações mais detalhadas sobre o avanço da pandemia no país. Nesse contexto, ele defendeu um amplo programa de testagem para a covid-19 e ressaltou que está completamente alinhado ao presidente Jair Bolsonaro, na perspectiva de retomar a normalidade do país o mais breve possível.

“Existe um alinhamento completo aqui, entre mim e o presidente, e todo o grupo do ministério, e que realmente o que a gente está aqui fazendo é trabalhar para que a sociedade retome cada vez mais rápido uma vida normal”, disse.

Perfil

O novo ministro da Saúde é médico oncologista e empresário do setor. É natural do Rio de Janeiro, formado pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), com especialização em oncologia no Instituto Nacional de Câncer (Inca). Também é sócio da Teich Health Care, uma consultoria de serviços médicos.

Teich chegou a atual como consultor informal na campanha eleitoral de Bolsonaro, em 2018, e foi assessor no próprio Ministério da Saúde, entre setembro do ano passado e janeiro deste ano.

Edição: Narjara Carvalho

Ceará ocupa 100% dos leitos de UTI para coronavírus e fila de espera já chega a 48 pacientes

O Ceará atingiu, nesta quinta-feira (16), 100% da capacidade das Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) específicas para tratamento da Covid-19 na rede pública. Conforme a secretária executiva de Vigilância e Regulação da Secretaria da Saúde (Sesa), Magda Almeida, o estado já possui 48 pacientes na fila de espera por uma vaga, até a manhã desta quinta.

O índice de pessoas com o novo coronavírus no estado chegou a 2.386 nesta quinta. O número de pacientes mortos pela doença permanece em 124.

Até a noite desta quarta (15), o Ceará tinha 169 pessoas hospitalizadas em UTIs por causa do coronavírus, de acordo com a Sesa. Desse total, 113 estavam em Fortaleza.]

Segundo Magda, é o perfil maior gravidade de pacientes com Covid-19 que demanda as estruturas especializadas. Cada paciente fica, em média, de 7 a 14 nesses leitos.

“A pressão assistencial, independente dos números, é muito grande sobre os leitos de UTI porque não conseguimos abrir todos os 800 leitos que a gente projetava. Nossos respiradores não foram entregues, e estamos com muitos problemas em relação a isso. Nesse momento, apesar de não estarmos no pico esperado da epidemia, estamos com leitos de UTI em ocupação máxima”, explica Magda.

O cenário é de alerta porque, pelas projeções matemáticas utilizadas pela pasta, a ocupação das UTIs foi atingida uma semana antes do esperado. “Se pegarmos todos esses modelos, nossos números reais estão sempre um pouquinho maiores do que o computador calculou, e isso acaba preocupando a gente”, afirma Magda.

Conforme a secretária executiva, ainda há disponibilidade em leitos de enfermaria. Contudo, seguindo os cálculos, essa capacidade também pode ser esgotada no dia 21 de abril, quando todos os leitos estariam ocupados.

“Não significa o pico da epidemia, que pode ser muito depois, mas uma saturação do sistema de saúde antes do pico. É a hora que não tem mais leito para internar”, diz Almeida.

Projeção de mais casos

A Secretaria da Saúde projeta que em 23 de abril o Ceará tenha 3.734 casos de Covid-19 e 373 pacientes internados em UTIs. O prognóstico, divulgado na noite de quarta-feira, considera que 10% dos casos da doença necessitem de UTI e 20%, de enfermarias.

O documento previa que os leitos das UTIs atingiriam a ocupação total no dia 21 de abril, com 310 pessoas internadas. A previsão levou em consideração que na data 3.100 pessoas vão estar contaminadas com a doença (10% delas precisando estar em UTI).]

G1

Mandetta anuncia saída do Ministério da Saúde

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta; participa de coletiva de imprensa no Palácio do Planalto

© Marcello Casal JrAgência Brasil

Ele anunciou a demissão em publicação no Twitter

Por Jonas Valente – Repórter Agência Brasil – Brasília

Em sua conta oficial no Twitter, Luiz Henrique Mandetta anunciou na tarde de hoje (16) sua demissão pelo presidente Jair Bolsonaro do cargo de ministro da Saúde. Na publicação, Mandetta agradeceu pelo tempo à frente da pasta. “Quero agradecer a oportunidade que me foi dada, de ser gerente do nosso SUS, de pôr de pé o projeto de melhoria da saúde dos brasileiros e de planejar o enfrentamento da pandemia do coronavírus, o grande desafio que o nosso sistema de saúde está por enfrentar.”

Ele também agradeceu os gestores que compunham a direção do ministério. “Agradeço a toda a equipe que esteve comigo no MS e desejo êxito ao meu sucessor no cargo de ministro da Saúde. Rogo a Deus e a Nossa Senhora Aparecida que abençoem muito o nosso país”.

Mandetta e o presidente Jair Bolsonaro já vinham divergindo sobre os caminhos para o combate à pandemia do novo coronavírus (covid-19). O ministro se alinhava às orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) pela adoção de um isolamento social mais forte, enquanto o presidente vinha defendendo a abertura do comércio como forma de evitar impactos na economia.

Médico, Mandetta foi secretário de Saúde de Mato Grosso do Sul e deputado federal pelo DEM. Ocupava o cargo de ministro da Saúde desde o início do governo Bolsonaro, em janeiro de 2019. As notícias sobre a possibilidade de ele deixar a pasta já vinham há duas semanas. O Palácio do Planalto anuncia ainda hoje o substituto.

Henrique Mandetta

@lhmandetta

Acabo de ouvir do presidente Jair Bolsonaro o aviso da minha demissão do Ministério da Saúde.
Quero agradecer a oportunidade que me foi dada, de ser gerente do nosso SUS, de pôr de pé o projeto de melhoria da saúde dos brasileiros e

41.1K people are talking about this

Henrique Mandetta

@lhmandetta

de planejar o enfrentamento da pandemia do coronavírus, o grande desafio que o nosso sistema de saúde está por enfrentar.

Henrique Mandetta

@lhmandetta

Agradeço a toda a equipe que esteve comigo no MS e desejo êxito ao meu sucessor no cargo de ministro da Saúde. Rogo a Deus e a Nossa Senhora Aparecida que abençoem muito o nosso país.

7,584 people are talking about this

Ministro Luís Roberto Barroso é eleito o próximo presidente do Tribunal Superior Eleitoral

Durante a sessão administrativa desta quinta-feira (16), realizada por meio de videoconferência, o ministro Luís Roberto Barroso foi declarado eleito o próximo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ele sucederá a ministra Rosa Weber ao final do mês de maio. O ministro Luiz Edson Fachin foi eleito vice-presidente da Corte. A eleição foi realizada nesta quarta-feira (15), com o uso de uma urna itinerante.

O ministro Luís Roberto Barroso comandará o processo eleitoral das Eleições Municipais de 2020 e cumprirá o mandato até 28 de fevereiro de 2022, quando chega ao fim seu segundo biênio como ministro efetivo do TSE.

Ao anunciar o resultado, a presidente do TSE, ministra Rosa Weber, parabenizou o ministro Barroso pela eleição e desejou a ele felicidades no novo cargo. “Tenho absoluta certeza que o TSE estará nas melhores e mais qualificadas mãos que esta Casa poderia almejar para levar a cabo, com todo êxito, as eleições municipais previstas para outubro deste ano”.